Embaixadinhas de Edilson e título do Corinthians no Dérbi completam 22 anos

560 visualizações 23 comentários

Por Meu Timão

Corinthians levou um memorável título paulista naquele ano

Corinthians levou um memorável título paulista naquele ano

Divulgação

Há exatos 22 anos, o Corinthians conquistava o Paulistão de 1999 contra o Palmeiras, no estádio do Morumbi, e o atacante Edilson protagonizava um dos lances mais marcantes da história do clássico: suas já famosas embaixadinhas, que renderam uma confusão generalizada entre os atletas dos dois clubes.

A epicidade do título começou na reação do Corinthians durante o campeonato, arrancando na reta final após um começo ruim e chegando à semifinal após um 5 a 1 sobre o Santos.

Já no mata-mata, diante do bom time do São Paulo, que liderou a fase de classificação, 4 a 0 para os alvinegro, gols marcados por Ricardinho, Dinei e Marcelinho, duas vezes. O triunfo encaminhou a vaga, consolidada com um 1 a 1 na volta.

Corinthians lembrou o gol decisivo de Edílson

Corinthians lembrou o gol decisivo de Edílson

Reprodução

Já no primeiro confronto da final, o Corinthians dominou a partida e garantiu uma vitória importante por 3 a 0, com gols marcados por Edílson, Marcelinho Carioca e Dinei. Os times haviam se enfrentado pouco antes pelas quartas de final da Libertadores.

No duelo decisivo, podendo perder por até dois gols de diferença, o Timão entrou com Maurício, Índio, Gamarra, Nenê, Silvinho, Rincón, Vampeta, Ricardinho, Marcelinho, Edílson e Fernando Baiano.

Marcelinho abriu o placar e forçou a expulsão de Cleber ainda no primeiro tempo. Muito superior àquela altura, o Timão relaxou e viu Evair virar o placar, mas Edilson matou o jogo ao fazer 2 a 2. Sua participação, porém, não terminava ali.

Conhecido pela torcida corinthiana como Capetinha, após garantir o empate, Edílson parou a bola no meio de campo do Morumbi para começar a fazer embaixadinhas. A atitude do camisa 10 do Timão gerou revolta entre os palmeirenses e acabou gerando uma briga entre membros das equipes.

A confusão, contudo, não impediu o Timão de levantar o 23º título Paulista de sua história e comemorar o feito com os torcedores presentes no estádio do Morumbi.

Veja mais tuítes da recordação do Corinthians sobre o título

Veja mais em: Jogos Históricos, História do Corinthians, Títulos do Corinthians e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Márcio Bittencourt e "Jaça", em partida da equipe Sub-23

    Desentendimento na base separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes
  • Sylvinho tem 16 jogos no comando do Corinthians, com mais derrotas (seis) do que vitórias (quatro), além de seis empates; saldo de gols também é negativo (12x16) e o aproveitamento é de 37,5%

    Pressão sobre Sylvinho aumenta no Corinthians; dois fatores jogam a favor do treinador

    ver detalhes
  • Renato Augusto fez primeiro treino com os companheiros de equipe nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta e Renato Augusto faz primeiro treino com elenco no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Entre 2016 e 2018, Léo Príncipe esteve presente em 24 partidas no profissional e marcou um gol

    Corinthians faz acordo na Justiça e quitará dívida com Léo Príncipe em 12 parcelas; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Bloqueio é referente a valores não pagos à Federação das Associações de Atletas Profissionais

    Corinthians tem quase R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça por dívida com programa social

    ver detalhes
  • Giuliano e Renato Augusto estiveram na Neo Química Arena e viram in loco a derrota para o Flamengo, por 3 a 1; dupla ainda não tem condições legal e física para entrar em campo

    Corinthians pode não ter Renato Augusto contra o Santos; Giuliano tem mais chances de atuar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x