Finazzi diz que Corinthians estava 'determinado' a cair em 2007

16 mil visualizações 60 comentários

Por Meu Timão

Finazzi terminou o Brasileirão de 2007 como o artilheiro do Corinthians

Finazzi terminou o Brasileirão de 2007 como o artilheiro do Corinthians

Danilo Augusto Junior

O ex-atacante Finazzi comentou sobre as partidas decisivas do Campeonato Brasileiro de 2007, que determinaram o rebaixamento do Corinthians para a segunda divisão. O jogador aposentado disse que a queda foi obra do destino e que nem sua presença nos dois últimos jogos poderia ter salvo o time.

"Eu tenho quase certeza que não. Tenho uma visão diferente da maioria porque vivi aquele ano. Acho que o Corinthians tinha que cair naquele ano. Difícil eu falar isso, mas prefiro me expressar dessa maneira. O cartão amarelo que eu tomei me tirou do jogo contra o Vasco e, depois, eu fiz um gesto com as mão e me tiraram do jogo contra o Grêmio. No jogo contra o Vasco, o Corinthians criou várias oportunidades. Eu vivia um momento muito bom e acho que poderia ter feito os gols e a gente ter ganho. Mas não sei. Eu acho que estava determinado que era pra cair. Em nenhuma outra ocasião o Goiás seria favorecido", afirmou Finazzi, em entrevista ao BandSports.

Até a 35ª rodada daquele Brasileirão, Finazzi era o artilheiro do Timão, com 12 gols. Na 36ª, a equipe alvinegra enfrentou o Goiás, rival direto na luta contra o rebaixamento. Além do empate em 1 a 1, que não resolvia a vida de ninguém, o atacante recebeu seu terceiro cartão amarelo, que o tirava do próximo compromisso, contra o Vasco.

Se já não bastasse, Finazzi deixou o campo fazendo um sinal de roubo com as mãos, se queixando da atitude do árbitro. O STJD julgou o jogador e aplicou mais um jogo de gancho, tirando-o das duas últimas partidas do Corinthians no Campeonato.

O Timão viria a perder o jogo para o Vasco, por 1 a 0, e empatar com o Grêmio em 1 a 1, resultados que rebaixaram o time pela primeira vez na história.

O favorecimento ao Goiás, citado por Finazzi, se refere à polêmica que envolveu o último jogo da equipe naquele Brasileirão. Na rodada derradeira, contra o Internacional, o Goiás teve duas cobranças de pênalti revertidas pela arbitragem. Após duas desperdiçadas, a terceira foi convertida e salvou o time do rebaixamento.

"Eu lutei demais para chegar num clube como o Corinthians, acabei pegando a fase ruim. Fiquei um pouco marcado, tem gente que liga o Finazzi ao rebaixamento. Mas eu sei o que eu fiz. Até falo pro pessoal ver quem é o maior artilheiro do Corinthians na história por aproveitamento. Eu tive 20 oportunidades e marquei 16 gols. Eu acho que estou entre os melhores por aproveitamento", completou Finazzi.

Veja mais em: História do Corinthians e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Giuliano concluiu a transição e deve ser relacionado para duelo com o Grêmio

    Corinthians faz treino tático para jogo contra o Grêmio e conta com retorno de Giuliano

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves (presidente) e José Colagrossi Neto (superintendente de marketing e comunicação) estão à frente das conversas com a empresa

    Corinthians e empresa do ramo de agronegócio negociam acordo de patrocínio; veja os detalhes

    ver detalhes
  • Róger Guedes defendeu o trabalho de Sylvinho no Corinthians

    Róger Guedes defende Sylvinho no Corinthians: 'Vai ser um dos melhores do Brasil'

    ver detalhes
  • Róger Guedes destacou ambições com a camisa do Corinthians para 2022

    Róger Guedes explica 'não' a clube árabe e destaca vontade de fazer história pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians lança camisa em homenagem a Sócrates; em 2021, completam-se dez anos sem o ídolo alvinegro

    Corinthians lança camisa em homenagem a Sócrates; veja fotos e detalhes

    ver detalhes
  • Brabinhas fazem final contra o São Paulo na Neo Química Arena

    Corinthians divulga orientações para reservas de ingressos para a final do Paulista Feminino Sub-17

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x