Corinthians confirma 16ª participação na Copa Libertadores da América; veja retrospecto do clube

2.5 mil visualizações 38 comentários

Corinthiansfoi campeão da Libertadores em 2012

Corinthiansfoi campeão da Libertadores em 2012

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Depois da vitória contra o Athletico Paranaense e o empate do Internacional contra o Santos, o Corinthians confirmou a sua classificação para a edição de 2022 da Libertadores da América. Essa será a 16ª participação do Timão na maior competição continental.

Campeão invicto em 2012 sob o comando de Tite, o clube do Parque São Jorge tem um bom desempenho na Libertadores, apesar de eliminações dolorosas. No total, são apenas 122 jogos, com 64 vitórias, 27 empates e 31 derrotas, o que equivale a um aproveitamento de 61,36%.

Pré-oitavas

Antes mesmo das oitavas, o Corinthians foi eliminado em três oportunidades: uma na fase de grupos e duas na pré-Libertadores, Em 1977, quando o torneio não tinha a mesma importância dos dias atuais, o Timão caiu na fase de grupos, onde ficou em terceiro em um grupo com Internacional, Deportivo Cuenca e El Nacional (os dois últimos do Equador).

Em 2011, aconteceu a primeira eliminação antes mesmo da fase de grupos. Após empatar em 0 a 0 no Pacaembu, o Corinthians de Ronaldo perdeu por 2 a 0 na Colômbia e foi eliminado para o Tolima.

Nove anos depois, a repetição. O Corinthians até venceu o jogo de volta, na Neo Química Arena, por 2 a 1, mas foi eliminado por conta do gol fora, já que o Guaraní, do Paraguai, ganhou o jogo de ida por 1 a 0.

Oitavas

O grande calcanhar de Aquiles do Corinthians na Libertadores é a fase de oitavas de final. Das 14 eliminações do Timão na competição, oito delas foram no primeiro duelo depois da fase de grupos.

Nos últimos 21 anos, o Corinthians só passou das oitavas em duas oportunidades: 2000 e 2012. Ao total, foram sete eliminações: River Plate (2003), River Plate (2006), Flamengo (2010), Boca Juniors (2013), Guaraní-PAR (2015), Nacional-URU (2016) e Colo-Colo-CHI (2018).

Em três oportunidades, o clube do Parque São Jorge foi eliminado por conta do gol fora, critério que foi abolido e não será utilizado na Libertadores de 2022. No ano do Centenário, perdeu por 1 a 0 no Maracanã e venceu no Pacaembu por 2 a 1. Em 2016, empatou em 0 a 0, no Uruguai, e por 2 a 2 na Neo Química Arena. Por último, em 2018, o cenário foi o mesmo da eliminação de 2010: derrota por 1 a 0 no Chile e vitória de 2 a 1 em Itaquera.

Pós-oitavas

Das 15 vezes que disputou o torneio continental, o Corinthians só passou das oitavas de final em quatro oportunidades: 1996, 1999, 2000 e 2012. Em duas vezes, parou nas quartas, um na semi e a outra foi campeão.

Na primeira vez que superou o fantasma das oitavas, em 1996, foi eliminado para o Grêmio, nas quartas, em um agregado de 3 a 1 para o time do Sul. Depois disso, vieram as duas eliminações para o Palmeiras, em 1999 e 2000. De forma traumática, o Corinthians foi eliminado nos pênaltis nas duas ocasiões.

Campeão

Na única vez que chegou até a final da competição, o Corinthians venceu. De forma invicta, o Timão bateu o Boca Juniors e foi campeão da Libertadores. Isso aconteceu em 2012, ano mágico para a Fiel.

Na fase de grupos, com Cruz Azul, do México, Nacional, do Paraguai, e Deportivo Táchira, da Venezuela. A equipe de Tite terminou esta etapa da competição com 14 pontos conquistados em quatro vitória e dois empates.

Com o segundo melhor desempenho na fase de grupos, o Timão encarou o Emelec nas oitavas. O primeiro jogo acabou empatado sem gols, enquanto o segundo foi de vitória alvinegra por 3 a 0 no Pacaembu.

Nas quartas, o duelo inesquecível contra o Vasco. Depois de um empate em 0 a 0 no Rio, Paulinho subiu e fez o gol da classificação do Corinthians para a semifinal da Libertadores.

Pela segunda vez em sua história na semifinal, o Corinthians pegou outro rival: o Santos. Na Vila Belmiro, Sheik fez um golaço e garantiu a vitória pelo placar mínimo. Na volta, Danilo fez o do empate e levou o Timão para a final pela primeira vez.

Na decisão veio o tão temido Boca Juniors. De forma heroica, Romarinho fez o gol de empate nos minutos finais e fez o Corinthians voltar da Argentina com um empate. No dia 4 de julho de 2012, nos pés de Emerson Sheik, o Timão se libertou com uma vitória por 2 a 0.

Veja mais em: Libertadores da América.

Veja Mais:

  • Diego Costa está na mira do Corinthians

    Dirigente do Corinthians admite 'espera' por Diego Costa e descarta Arthur Cabral

    ver detalhes
  • Mylena é o novo nome para o ataque do Corinthians

    Mercado da bola do Corinthians: nova atacante, técnico demitido e lateral anunciado

    ver detalhes
  • Bruno Melo é o novo reforço do Corinthians

    Corinthians anuncia a contratação de Bruno Melo

    ver detalhes
  • Corinthians segue com pré-temporada forte

    Corinthians inicia segunda semana de pré-temporada com trabalhos em campo reduzido

    ver detalhes
  • Revelado pela base do Corinthians, Miullen rescindiu com o Gil Vicente, de Portugal, após descaso

    Cria da base do Corinthians relata descaso e rescinde contrato com clube europeu após lesão

    ver detalhes
  • Reifit anotou um belo gol nesta segunda-fera

    Meia emprestado pelo Corinthians marca golaço e classifica o Oeste na Copinha; veja o lance

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x