Maloqueira da Fiel e dez títulos na conta: relembre a trajetória de Cacau no Corinthians

640 visualizações 14 comentários

Cacau em final do Paulistão Feminino 2019, na Neo Química Arena; ex-jogadora do Timão conquistou dez títulos no clube

Cacau em final do Paulistão Feminino 2019, na Neo Química Arena; ex-jogadora do Timão conquistou dez títulos no clube

Bruno Teixeira/Ag. Corinthians

Na última terça-feira à noite, o Corinthians se despediu da atacante Cacau. Apesar de não seguir com o elenco de Arthur Elias em 2022, a jogadora fez história ao defender a equipe durante seis temporadas consecutivas.

Cacau vestiu a camisa do Corinthians desde 2016, quando o clube reativou a modalidade feminina em parceria com o Osasco Audax. Dessa forma, a atacante fez parte de todos os dez títulos conquistados pelo Timão desde então.

A saída de Cacau foi a sexta baixa confirmada do Corinthians para 2022. Além dela, o Timão se despediu de Ingryd, Poliana, Pardal, Andressinha e Vic Albuquerque.

Em homenagem aos feitos e a trajetória construída por Cacau com a camisa do Corinthians, o Meu Timão relembra ano a ano as conquistas da atleta no Timão. Confira abaixo!

2016

A história de Cacau e do Corinthians Feminino se confundem. A jogadora, que fez parte do elenco desde a reativação da modalidade, em 2016, rapidamente ficou marcada como símbolo daquilo que se entende por ser Corinthians: a raça.

Logo no primeiro ano de trabalho, o Corinthians conquistou o título da Copa do Brasil - aquele foi o último ano em que a competição foi disputada. Naquela temporada, Cacau disputou 28 jogos e marcou dois gols com a camisa do Timão - ambos no Campeonato Paulista contra Inter de Limeira e Guarani.

Cacau era uma das últimas jogadoras que estavam no clube desde 2016

Cacau era uma das últimas jogadoras que estavam no clube desde 2016

Agência Corinthians

2017

A conquista da Copa do Brasil garantiu o Corinthians na disputa pela Libertadores Feminina pela primeira vez, em 2017. Assim, Cacau ajudou o Timão a construir mais um degrau na marcante história do time no futebol feminino ao também levantar a taça da América.

Cacau fez parte do primeiro título do Corinthians na Libertadores Feminina; equipe é tricampeã da competição

Cacau fez parte do primeiro título do Corinthians na Libertadores Feminina; equipe é tricampeã da competição

Bruno Teixeira/Ag. Corinthians

Vale lembrar que, em 2017, o Timão também chegou até à semifinal do Campeonato Paulista, quando acabou eliminado pelo Rio Preto, e à final do Brasileirão, quando perdeu a taça para o Santos.

Naquela temporada, Cacau disputou 31 partidas pelo Timão e, com quatro tentos marcados, ajudou a equipe chegar aos 105 gols no ano.

2018

A cada temporada, Cacau se tornava ainda mais a "Maloqueira da Fiel", apelido dado pela torcida. Em 2018, quando o Timão desfez a parceria com o Audax pela obrigatoriedade da Conmebol em manter um time feminino, a atacante seguiu com o elenco comandado por Arthur Elias.

Abraçada por Paulinha, Cacau beija escudo do Corinthians após marcar gol contra o São José

Abraçada por Paulinha, Cacau beija escudo do Corinthians após marcar gol contra o São José

Bruno Teixeira/Ag. Corinthians

Em 2018, Cacau disputou nada menos do que 39 das 42 partidas do Corinthians. Além disso, a camisa 13 teve sua temporada mais artilheira pelo clube, marcando sete gols - cinco durante a campanha no Paulistão e dois no Brasileiro (a equipe, inclusive, sagrou-se campeã nacional pela primeira vez naquele ano).

2019

Em 2019, Cacau foi peça importante do "Time de Recordes", como o Corinthians ficou conhecido pela excelente temporada, inclusive pela FIFA. A atleta disputou 29 jogos e marcou quatro gols, além de ter conquistado o Paulista, a Libertadores e o vice do Brasileiro.

Pardal e Diany se emocionam com título do Paulista Feminino na Neo Química Arena

Pardal e Diany se emocionam com título do Paulista Feminino na Neo Química Arena

Bruno Teixeira/Ag. Corinthians

Vale lembrar que, na conquista do primeiro Campeonato Paulista Feminino de sua história, em 2019, Cacau estava presente na Neo Química Arena para a final contra o São Paulo. Na ocasião, as jogadoras de ambos os clubes se emocionaram com a presença de quase 30 mil pessoas em Itaquera.

Cacau em partida da Libertadores 2019

Cacau em partida da Libertadores 2019

Bruno Teixeira/Ag. Corinthians

2020

Já na temporada de 2020, foram 17 jogos disputados por Cacau. A atacante foi às redes em três oportunidades ao longo dos campeonatos Brasileiro e Paulista, ambos conquistados pelo Timão.

Cacau comemora gol com Vic Albuquerque, Gabi Nunes e Gabi Portilho

Cacau comemora gol de Gabi Nunes com Vic Albuquerque e Gabi Portilho, em partida contra o Nacional, pelo Paulistão 2020

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

2021

Em seu último ano pelo Timão, Cacau também entrou em campo em 17 oportunidades. Dessa vez, a camisa 13 marcou dois gols - nas goleadas por 4 a 0 contra o Internacional, pelo Brasileiro, e por 8 a 0 contra o Pinda, pelo Paulista.

Cacau comemorando seu último gol pelo Corinthians, contra o Pinda, pelo Paulistão 2021

Cacau comemorando seu último gol pelo Corinthians, contra o Pinda, pelo Paulistão 2021

Marco Galvão/Agência Corinthians

Cacau comemora o tricampeonato Brasileiro do Corinthians, contra o Palmeiras, em Itaquera

Cacau comemora o tricampeonato Brasileiro do Corinthians, contra o Palmeiras, em Itaquera

Danilo Fernandes/Meu Timão

Dessa forma, a atacante encerrou sua passagem pelo Corinthians também de forma histórica: ela ajudou o time a conquistar a inédita Tríplice Coroa no futebol feminino ao levantar os tricampeonatos do Brasileiro, Paulista e Libertadores.

Jheniffer e Cacau se tornaram grandes parceiras dentro do Corinthians em 2021

Jheniffer e Cacau se tornaram grandes parceiras dentro do Corinthians em 2021

Marco Galvão/Agência Corinthians

Veja mais em: Cacau, História do Corinthians e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians já mira o duelo contra o Always Ready, na quinta-feira

    Corinthians faz trabalhos táticos e conta com seis jogadores da base em reapresentação ao CT

    ver detalhes
  • Ramiro está emprestado ao Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos; clube de Dubai terá de pagar US$ 4 milhões para ficar com o meio-campista

    Corinthians deve ter a volta de seis emprestados em junho, mas apenas três têm chance de ficar no CT

    ver detalhes
  • Vítor Pereira ostenta um bom início de aproveitamento na Neo Química Arena

    Vítor Pereira tem segundo melhor início de um técnico do Corinthians na história da Arena

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta o América-MG pelo Brasileirão neste domingo, às 18h, na Neo Química Arena

    Corinthians inicia venda de ingressos para duelo contra o América-MG na Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x