Sylvinho fala sobre pressão no cargo de técnico do Corinthians e ressalta respaldo da diretoria

1.9 mil visualizações 45 comentários

Por Giovanna Monteiro e Vitor Chicarolli

O Corinthians inicia a temporada de 2022 nesta terça-feira, quando estreia no Paulista diante da Ferroviária. No entanto, antes mesmo da competição começar a rolar, a torcida já tem um alvo de cobrança: Sylvinho. Em entrevista coletiva concedida na última sexta-feira, o técnico falou sobre o aumento de pressão após a chegada de Paulinho - assista o vídeo acima para mais detalhes.

"Quando você assume como treinador o Sport Club Corinthians Paulista, a régua já é alta. É sempre alta. Batemos quinto colocado, mas entendemos que é alta. Estou bastante contente no cargo, feliz com o resultado do Brasileiro, lutando com muito suor - e parte de sangue também, que veio da comissão e diretoria também. São horas de dedicação. O nível é alto e já estamos acostumado”, declarou.

Em retrospecto, Sylvinho assumiu o comando do Timão em meados de maio, após algumas tentativas frustradas da diretoria - como Diego Aguirre e Renato Gaúcho. Em meio à desconfianças e descontentamentos da Fiel, o técnico dirigiu o clube do Parque São Jorge em 40 jogos durante a temporada de 2021, com 15 vitórias, 13 empates e 12 derrotas. Ademais, viu o time encerrar o Brasileirão na quinta posição da tabela, com 57 pontos conquistados.

O que eu não gosto é de deslealdade. O Corinthians tem que jogar pra ganhar? Perfeito. Tem que jogar com garra, vontade e determinação? Sim. Cara e organização? Sim. Somos a segunda melhor defesa do Campeonato Brasileiro. Ah tá isolado o número, não, não tá. Mas somos o que menos falta fez. 'Eu fiz menos faltas, mas sou a 15º defesa'. Não, somos o time que mais proporcionou jogo’”, ressaltou.

“Não somente eu como ser humano, chateia todo mundo. Qual o limite? Tu sabe o limite. Sempre sabemos o limite. O jovem de 15 anos sabe o que é limite, um animal de estimação sabe o que é limite. O que é honestidade, aí a conversa está aberta. Temos que criar mais? Vamos criar. O que é leal, de frente, ok. É a função do treinador”, completou.

O comandante, que foi bancado por Roberto de Andrade para 2022 após o fim do Brasileirão, já havia comentado sobre o alto nível de cobrança para a nova temporada. Na ocasião, Sylvinho disse que já estava acostumado com essa situação, visto que também vestiu o manto alvinegro como jogador e trabalhou em outros grandes clubes como Barcelona, Arsenal e Manchester City.

Tenho respaldo da diretoria, nosso ambiente é ótimo. E nem falo de atleta. Se tiver que ficar de fora, vão ficar. Com 11 não vamos a lugar nenhum, com 13 também não. Precisamos de elenco. Eles aumentam o desejo que temos de vencer. E isso faz diferença. Em uma entrevista do Giulliano, não lembro a situação, e ele falou sobre isso, que precisamos qualificar e que quem for pra campo, vai. A campanha não foi boa? Foi ridícula? Não foi isso. Agora, temos que melhorar. O que é leal, eu bato de frente; o que não é, eu desprezo", finalizou.

Além de Paulinho, Sylvinho conta com mais duas chegadas ao elenco corinthiano em 2022: o lateral-esquerdo Bruno Melo e o zagueiro Robson Bambu. Ambos já estão regularizados no BID (Boletim Informativo Diário), da CBF, e já podem estrear com a camisa alvinegra.

Veja mais em: Sylvinho.

Veja Mais:

  • Ramiro está emprestado ao Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos; clube de Dubai terá de pagar US$ 4 milhões para ficar com o meio-campista

    Corinthians deve ter a volta de seis emprestados em junho, mas apenas três têm chance de ficar no CT

    ver detalhes
  • Boca Juniors vai pagar menos por casos de racismo do que Corinthians por infração a artigo que trata de propaganda no banco de reservas

    Conmebol multa Boca por racismo; valor é menor que pena ao Corinthians por propaganda no banco

    ver detalhes
  • Vítor Pereira foi anunciado há exatos três meses pelo Corinthians; seu primeiro jogo, porém, aconteceu dias depois

    Vítor Pereira completa três meses de Corinthians com 52.63% de aproveitamento; relembre trajetória

    ver detalhes
  • Caio Mello não faz mais parte do quadro de funcionários do Corinthians

    Fisioterapeuta deixa o Corinthians após mais de 13 anos

    ver detalhes
  • Abimael, à direita, assinou com o Corinthians por dois anos

    Corinthians acerta contratação de lateral-esquerdo ex-Palmeiras para o Sub-20

    ver detalhes
  • Fagner correu ao redor do gramado nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava

    Fagner inicia transição e elenco do Corinthians faz treino em casa após empate no Majestoso

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x