Roberto de Andrade revela conversa entre Edenilson e Ramos no vestiário e dá respaldo ao corinthiano

42 mil visualizações 166 comentários

Por Giovana Duarte e Andrew Sousa

A denúncia de um suposto caso de racismo durante o empate entre Corinthians e Internacional segue tendo seus desdobramentos. Na zona mista, após o duelo, o diretor de futebol do Timão, Roberto de Andrade, afirmou que Edenilson e Rafael Ramos já conversaram nos vestiários - confira entrevista do dirigente no vídeo acima.

Nós acompanhamos o Rafael até o vestiário do Internacional e ele conversou com o Edenilson, explicou para ele que ele deve ter entendido errado, ele disse outra coisa. Até se vocês me permitirem, tem um palavrão nisso, por isso vou falar, ele falou ‘mano, caral**’, e ele pediu desculpa se ele entendeu outra coisa, que não é do feitio dele. O menino é bom, isso a gente assegura. O que o Edenílson também é, não estamos aqui dizendo nem que um tá mentindo nem que o outro. As vezes fala rápido, ele tem sotaque português, é um pouco diferente, ele deve ter entendido outra coisa. Aparentemente as coisas ficaram resolvidas”, afirmou Roberto.

O diretor alvinegro ainda destacou que os atletas pediram desculpas um para o outro e que Rafael Ramos pediu perdão ao volante caso ele tenha entendido a palavra "macaco". O caso ocorreu aos 30 minutos do segundo tempo e o jogo ficou parado por quatro minutos.

"Ele entendeu outra coisa, por isso teve esse fato. Acredito que sim, eles pediram desculpa, se ele tinha entendido outra coisa que o perdoasse porque ele não falou o que o Edenilson disse. Enfim, agora fica na consciência deles o que será feito”, ressaltou Roberto de Andrade.

O dirigente corinthiano destacou acreditar na palavra de Rafael Ramos e pediu calma para a sequência do caso. Roberto também afirmou que o lateral português tem respaldo da diretoria.

"Não sei, vamos esperar, não vamos adiantar nada porque na realidade a gente também acredita no que o Rafael disse. Ele repetiu as palavras que disse para o Edenilson, ele pode ter entendido errado, então vamos com calma, não vamos sair julgando ninguém sem antes das coisas estarem esclarecidas", disse.

“Não tenha dúvida (que o clube dá respaldo a Ramos). A gente está sempre apoiando, a gente acredita no atleta, naquilo que eu falei que ele falou, já repeti aqui, e pode ter sido um mal entendido mesmo”, completou.

Edenilson e Rafael Ramos ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o ocorrido no Beira-Rio. O jogador do Internacional e o lateral do Timão deixaram o gramado sem falar com a imprensa. O caso está sendo apurado.

Veja mais em: Roberto de Andrade e Rafael Ramos.

Veja Mais:

  • Corinthians publicou primeiro balancete de 2022

    Corinthians publica primeiro balancete de 2022 e registra superávit de R$7,7 milhões

    ver detalhes
  • Róger Guedes é um dos relacionados do Corinthians para a partida, mas Luan não é opção

    Corinthians divulga relacionados com desfalques para decisão contra o Always Ready; veja lista

    ver detalhes
  • Corinthians está pronto para enfrentar o Always Ready

    Corinthians finaliza preparação para enfrentar o Always Ready; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Fagner será desfalque em duelo decisivo pela Libertadores nesta quinta-feira

    Corinthians não relaciona Fagner contra o Always Ready; veja quando ele pode voltar a jogar

    ver detalhes
  • Torcedor foi identificado e punido pelo Corinthians

    Corinthians suspende torcedor que acendeu sinalizador no Majestoso e o bane da Neo Química Arena

    ver detalhes
  • Sandor Romanelli tem em seu currículo passagens por empresas como Disney e Warner Media

    Corinthians cria superintendência comercial e anuncia contratação de novo chefe para a área

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x