Venha fazer parte da KTO
x

Tamires lembra primeira final do Corinthians contra o São Paulo e pede 45 mil na Arena

1.6 mil visualizações 19 comentários Reportar erro

Por Rafael Marcon

Tamires celebrando o gol marcado com o manto alvinegro

Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

As Brabas do Timão se preparam para jogar mais uma final de Campeonato Paulista Feminino. Neste domingo, o Corinthians enfrenta o São Paulo na grande decisão da competição. Este será o terceiro Majestoso em finais no Paulistão da modalidade. Para Tamires, olhar o passado, desde o primeiro duelo entre as duas equipes nas finais, em 2019, justifica o crescimento do futebol feminino.

"O que eu mais vejo foi o crescimento, para mim, o equilíbrio dessas duas equipes e a rivalidade que existe, ela se encontra desde 2019 e acontece até então. Por exemplo, na final de 2019, o São Paulo ganhou o primeiro jogo e a gente ganhou o segundo jogo. Ali nós fomos campeãs no saldo de gols e foi assim também em 2021 e espero que seja assim esse ano (risos)”, afirmou a craque do elenco alvinegro na última entrevista coletiva antes da final.

“De torcedores, o Corinthians coloca na Neo Química Arena mais de 40 mil pessoas e espero que na final de domingo tenha 45 mil pessoas. De 2019 até aqui, se você colocar 45 mil pessoas, a gente conseguindo bater para 28 mil pessoas que teve na primeira final do campeonato em 2019, é um crescimento gigantesco. O quanto isso foi sendo trabalhado durante os anos, o quanto as equipes foram planejando para melhorar e manter o alto nível de futebol", completou.

Nas outras duas oportunidades em que Corinthians e São Paulo se enfrentaram no Paulistão Feminino, a equipe alvinegra se consagrou campeã. A primeira, em 2019, teve 1 a 0 para o rival no jogo de ida, mas na volta, na Neo Química Arena, o Timão fez 3 a 0 e reverteu o placar. Já em 2021, o cenário foi bem parecido, 1 a 0 para o São Paulo no jogo de ida novamente e 3 a 1 para o Timão no estádio alvinegro.

É importante ressaltar que a equipe feminina do Corinthians tem um tabu histórico jogando em casa, em Itaquera. São 18 jogos e incríveis 18 vitórias na Neo Química Arena. O estádio também foi palco do recorde sul-americano de público na modalidade.

Se ganhar mais uma vez do rival, o Corinthians vai erguer a taça do Campeonato Paulista Feminino pela quarta vez em sua história. Isso porque, além dos títulos em 2019 e 2021, o Timão também foi campeão em 2020, quando bateu a Ferroviária na grande decisão.

As finais acontecem neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro e, pelo jogo de volta, no próximo fim de semana, dia 26, às 10h30, na Neo Química Arena.

Veja mais em: Tamires, Corinthians Feminino, Campeonato Paulista e Corinthians x São Paulo.

Veja Mais:

  • O Corinthians corre o risco de ser eliminado do Paulista ainda nesta semana

    Saiba o que tem que acontecer para o Corinthians avançar de fase no Paulista

    ver detalhes
  • Profissionais do Corinthians são citados em súmula de derrota sofrida para a Ponte Preta

    Árbitro cita profissionais do Corinthians em súmula de derrota sofrida para a Ponte Preta; confira

    ver detalhes
  • Corinthians se prepara para primeira semana livre sob o comando de António Oliveira

    Corinthians se prepara para primeira semana livre sob o comando de António Oliveira

    ver detalhes
  • Corinthians recebe a menor punição possível - e tem três reforços para estrear

    [Tomás Rosolino] Corinthians recebe a menor punição possível - e tem três reforços para estrear

    ver detalhes
  • Os dados foram computados pelo site especializado SofaScore

    Corinthians quebra próprios recordes em revés para a Ponte Preta; veja números

    ver detalhes
  • O Corinthians abre o mês de março com mais um compromisso pelo Paulistão

    Corinthians tem semana com Paulistão, estreia do sub-17 e basquete; confira a agenda

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: