Venha fazer parte da KTO
x

Cássio indica novos líderes do Corinthians e pede jogadores chamando responsabilidade com sua saída

4.3 mil visualizações 39 comentários Reportar erro

Por Guilherme Célio, Vessoni, Vitor Chicarolli e Gustavo Lima

Cássio deixou o Corinthians com a marca de 712 jogos

Cássio deixou o Corinthians com a marca de 712 jogos

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians não conta mais com Cássio, que era seu principal líder e também capitão. Durante sua despedida, no último sábado, o goleiro comentou sobre os novos líderes que o elenco alvinegro pode ter daqui para frente e apontou que o Timão é um clube que precisa dessa liderança.

"(Líder) Não é só o cara que fala, é o cara que ajuda, que as vezes você abre mão de você pra poder ajudar o próximo pra vê as coisas acontecerem bem. Tem várias maneiras e creio que tem alguns jogadores do nosso elenco que tem esse perfil, tem o Raniele, o Gustavo (zagueiro), o Félix que chegou agora", inicou o jogador.

"Chegou o momento de alguns jogadores. Com a minha saída, ficaram poucos mais velhos e esses jogadores têm que assumir essa responsabilidade. O Corinthians é muito grande e precisa de líderes, às vezes a adversidade que faz um cara tranquilo se tornar um líder”, falou.

Cássio era a principal referência dentro do elenco alvinegro. Além de capitão, era o jogador com mais tempo de clube e ídolo da torcida. Agora, com sua perda, os jogadores mais experientes do Timão são Fagner e Paulinho, ambos em fim de contrato. O lateral tem vínculo até o final do ano e o volante até o meio da temporada.

O goleiro chegou ao Corinthians em 2012 com 25 anos e desde então fez 712 partidas com a camisa do Timão, se tornando o segundo jogador com mais jogos pelo clube. Cássio contou que aprendeu muito com os líderes daquele elenco vitorioso, que no mesmo ano conquistou a inédita Libertadores e o Mundial de clubes.

Eu aprendi muito. Sou o que consegui ser hoje porque convivi em um grupo com muitos líderes. Cheguei em 2012 e se pegar o time de 2012 eu era um menino. Aprendi muito com Alessandro, Paulo André. Acho que liderança não é só se posicionar, é de treinamento, posicionamento", disse.

"Por exemplo, o Gil era uma liderança, não era de falar muito, mas não peguei ninguém que treinasse mais que ele. Para um menino novo olhar o Gil e o posicionamento dele de dedicação, faz diferença", finalizou.

Veja mais em: Cássio, Raniele, Félix Torres e Gustavo Henrique.

Veja Mais:

  • Corinthians encaminha a chegada do volante Charles

    Corinthians acerta últimos detalhes por Charles e aguarda chegada do volante ao Brasil

    ver detalhes
  • Corinthians tenta fechar contratação de Cuellar, volante do Al Shabab; veja mais

    Corinthians negocia a contratação de volante ex-Flamengo, hoje na Arábia Saudita; saiba detalhes

    ver detalhes
  • Alex Santana recebe a camisa 80 das mãos de seu pai

    Alex Santana ganha surpresa do pai no Corinthians e dá entrevista cheia de emoção no CT

    ver detalhes
  • Fausto Vera foi apresentado no Atlético-MG nesta sexta-feira

    Fausto Vera esclarece motivo para saída do Corinthians mesmo com voto de confiança de Ramón Díaz

    ver detalhes
  • Você lembra quem vestiu a 5 do Corinthians nos últimos dez anos?

    Você lembra quem vestiu a 5 do Corinthians nos últimos dez anos? Confira os nomes!

    ver detalhes
  • Qual dupla de zagueiros do Corinthians você escalaria para enfrentar o Bahia?

    Qual dupla de zagueiros do Corinthians você escalaria para enfrentar o Bahia? Participe da enquete!

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: