Venha fazer parte da KTO
x

Corinthians contrata youtuber que tem BO por ameaças a Cássio, mas volta atrás

17 mil visualizações 237 comentários Reportar erro

Por Victor Godoy e Mayara Munhoz

Edu Oliver foi citado no Boletim de Ocorrência aberto por Cássio em 2022

Edu Oliver foi citado no Boletim de Ocorrência aberto por Cássio em 2022

Reprodução / Instagram

O Corinthians contratou três influenciadores para atuarem como apresentadores em seu canal no YouTube, a Corinthians TV. Um deles é Carlos Eduardo Alves de Oliveira, mais conhecido como Edu Oliver, que teve sua chegada cancelada após a má repercussão da novidade. O influenciador possui um boletim de ocorrência em sua conta devido a ameaças feitas a Cássio e sua família em 2022.

Edu Oliver comanda o videocast "A Voz das Arquibancadas" em que fala sobre o Corinthians com outros convidados. Em 2023, declarou apoio a Augusto Melo durante as eleições. Sua contratação foi feita pelo superintendente de marketing Sérgio Moura. A informação foi inicialmente divulgada pela Central do Timão e confirmada pelo Meu Timão.

Instantes após a publicação da matéria, chegou a informação que o Corinthians estuda a demissão do influenciador.

Edu Oliver (centro) foi contratado junto do Capitão Corintiano e Wagner Marques

Edu Oliver (centro) foi contratado junto do "Capitão Corintiano" e Wagner Marques

Reprodução / Instagram

As ameaças feitas por Edu ao ídolo alvinegro foram em abril de 2022. O Corinthians acabava de ser eliminado do Campeonato Paulista pelo São Paulo no Campeonato Paulista e havia perdido para o Always Ready, da Bolívia, na estreia da Libertadores. Edu Oliver, então, ameaçou Cássio e sua esposa, Janara Sackl.

Na sequência, o Gigante e sua esposa o processaram. No entanto, o influenciador não foi punido pois Janara, Gil e Willian, que também sofreram ameaças, não compareceram ao julgamento nem enviaram um representante, segundo documento que o Meu Timão teve acesso - veja as imagens abaixo. Naquele mesmo ano, o youtuber apagou a conta utilizada para proferir os xingamentos e criou uma nova, que usa desde então. O processo foi arquivado em setembro de 2023.

O portal entrou em contato com o Corinthians questionando a contratação, mas não foi retornado até o momento. Se houver uma resposta, o texto será atualizado.

Confira o BO aberto pela família de Cássio e a mensagem enviada por Edu Oliver

BO em que aparece citação a Edu Oliver, assim como a Janara, esposa de Cássio, Gil e Willian

BO em que aparece citação a Edu Oliver, assim como a Janara, esposa de Cássio, Gil e Willian

Reprodução

Convocação para aparecer a uma audiência virtual

Reprodução

Print da conversa em que Edu Oliver aparece xingando Cássio e sua esposa

Print da conversa em que Edu Oliver aparece xingando Cássio e sua esposa

Relembre o caso das ameaças sofridas pelos jogadores do Corinthians em 2022

Cássio

O camisa 12 viveu a situação mais complicada entre os ameaçados. Entre abril e maio de 2022, o goleiro e sua família vinham sofrendo xingamentos nas redes sociais e chegou ao ponto de sua esposa dizer que estaria orando para que o Gigante deixasse o clube.

Isso serviu de estopim para que os xingamentos escalassem para ameaças de morte. Chegou ao ponto de um "torcedor" enviar fotos de um revolver e munições sobre uma camisa do Corinthians citando uma "mudança de tom" na cobrança.

Cássio chegou a abrir um Boletim de Ocorrência contra o indivíduo em questão e divulgou uma nota de repúdio nas redes sociais. Como mostram as imagens, o processo não foi levado até o fim.

Willian

No mesmo período, o ex-camisa 10 foi alvo das mesmas ameaças devido ao desempenho longe das expectativas criadas dentro de campo. Ameaçaram suas filhas e indicaram a possibilidade de queimar seu carro. Assim como o goleiro, abriu um BO, que atingiu sete responsáveis pelos ataques.

Vale lembrar que pouco depois Willian optou por deixar o Corinthians usando essas ameaças como justificativa.

Fagner

No mesmo ano, a família do lateral-direito também foi alvo de ameaças. Em agosto, após o camisa 23 falhar em um dos gols da vitória do Palmeiras sobre o Corinthians, seu filho de então 12 anos, Henrique Lemos, usou seu perfil no Instagram para pedir que esses "torcedores" parassem de lhe mandar ameaças direcionadas a seu pai. Pouco depois, a esposa do jogador fez o mesmo.

Veja mais em: Ações de marketing, Cássio, Diretoria do Corinthians, Gil e Willian.

Veja Mais:

  • Corinthians regulariza salários de jogadores às vésperas de clássico na Arena

    Corinthians regulariza salários de jogadores às vésperas de clássico na Arena; veja mais

    ver detalhes
  • A diretoria Gaviões da Fiel se reuniu com executivos da Caixa

    Torcida organizada do Corinthians tem reunião com a Caixa para tratar quitação da Arena; confira

    ver detalhes
  • Restaurante em Guaianases foi citado no suposto esquema de notas frias no Corinthians

    Proprietário de restaurante explica ao Meu Timão suposto caso de nota fiscal no Corinthians; veja

    ver detalhes
  • Os dirigentes do Boca Juniors chegam a São Paulo para negociar com o Corinthians a compra de Fausto Vera

    Dirigentes do Boca Juniors viajam a São Paulo para negociar compra de volante do Corinthians

    ver detalhes
  • Luiz Fernando marcou o segundo gol da vitória do Sub-20

    Jogadores mais jovens decidem em vitória do Corinthians sobre o EC São Bernardo pelo Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Pedro Henrique em ação no treino do Corinthians

    Atacante do Corinthians volta a sentir dores e retoma trabalho de fisioterapia

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: