Números mostram instabilidade do Timão

437 visualizações 0 comentários

Por Meu Timão

Se há uma explicação para o sofrimento do torcedor, nas últimas rodadas, para continuar vendo o Corinthians na liderança do Brasileirão, é só se atentar às notórias quedas de rendimento do time nos dois tempos das partidas e ao ‘tabu’ de não vencer dois jogos seguidas há quase quatro meses. Uma verdadeira gangorra de incertezas que, no momento, está para cima e, dessa vez, com uma eventual descida ainda mais perigosa por restarem apenas quatro jogos para o fim.

Não sabia desse tabu (de não vencer duas partidas seguidas desde julho), mas o pensamento agora é só de vencer. É o que time está buscando no campeonato. Não podemos pensar em outra coisa e o grupo vai pensando dessa maneira para conseguir a segunda vitória seguida contra o Ceará, declarou Emerson, depois de questionado pela reportagem se amanhã, contra o Ceará, às 21h50, no Presidente Vargas, enfim, o torcedor vibrará com a segunda vitória seguida do time — veja no infográfico que o Timão não vence duas seguidas desde a partida contra o Botafogo, no dia 20 de julho.

Com o Vasco na cola na tabela, com os mesmos 61 pontos do Timão, mas com uma vitória a menos (18 contra 17), nem passa pelo Fiel a hipótese de um eventual tropeço em Fortaleza, mesmo que para isso seja preciso rezar muito durante a partida, tendo em vista a queda de rendimento do time nos dois tempos. Na vitória por 2 a 1, contra o Atlético-PR, domingo, ficou evidente. Na primeira etapa, o Timão massacrou o rival, enquanto na volta do intervalo, foi o Furacão que pressionou o Timão. Explicação para isso? Sheik é sincero.

O Corinthians não é o metem time do mundo. Estamos buscando um equilíbrio (dos dois tempos), destacou. E não é de agora que o time apresenta esse problema. Contra o Avaí foi assim, mas a favor do Timão. No primeiro tempo, o time não foi bem e sofreu um gol. Depois, mostrou garra de campeão e deu sangue em campo para virar o placar.

Vamos encontrar um equílibrio, prometeu Tite.

A torcida agradece. Pois mesmo sendo maloqueiro e sofredor, ninguém gosta de exagero.

Fonte: Marca Brasil

Veja Mais:

  • Giovanny em ação na final da Copa do Brasil Sub-17, diante do Palmeiras, no Pacaembu, em novembro de 2017

    Chega ao fim contrato de atacante que não atuou pelo Corinthians por quase três anos

    ver detalhes
  • Corinthians fez vídeo para se posicionar contra o racismo

    Vidas negras importam: Corinthians destaca ídolos e vítimas recentes em vídeo contra o racismo

    ver detalhes
  • Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    VÍDEO: Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    ver detalhes
  • Gabriel fez o que poucos corinthianos (e brasileiros) fizeram

    [Vitor Chicarolli] Gabriel fez o que poucos corinthianos (e brasileiros) fizeram

    ver detalhes
  • Conflito entre policiais e grupo pró-democracia marcam domingo na Avenida Paulista

    PM explica uso de bombas para dispersar grupo onde protestavam corinthianos na Paulista

    ver detalhes
  • Cerca de 500 corinthianos marcam presença na Avenida Paulista neste domingo

    Torcida do Corinthians ganha apoio de rivais em ato pró-democracia na Avenida Paulista; veja vídeo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!