Caetano

23 anos , de Sao Paulo

Caetano Camarez

Torcedor do site número: 559.670, cadastrado desde 02/02/2017

Aqui é Corinthians

male

Estatísticas no Meu Timão

Última atividade no site em 18/10/2018 às 14h01

Ranking do Fórum

3.221º lugar

Ver Ranking

Ranking de comentários

Faltam 37 comentários para o Caetano entrar no Ranking

Ver Ranking

13 Comentários

92% de aprovação

411 Posts

82% de aprovação

146 Tópicos

105.769 Visualizações

2.644 Views por tópico

Atividades do Caetano no Meu Timão

Última interação no site em 18/10/2018 às 13h42

  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Para quem está comparando os dois lances do VAR"

    há 1 mês

    Em primeiro lugar, o lance do pênalti é interpretativo. O juiz poderia ter dado o pênalti como poderia não ter dado. O Thiago Neves é imprudente e DÁ O CARRINHO e sim, tenta recolher a perna mas toca apenas o Ralf, que sairia limpo com a bola. Também não acredito que foi um toque suficiente pra derrubar e que o Ralf foi malandro, mas esse tipo de malandragem aconteceu o jogo inteiro.

    Sheik levou um cartão por chutar o vacuo e o maria simular.

    Agora já o lance do gol do Pedrinho não se compara. Jadson divide a bola com Dedé (que GANHA a dividida e espana a bola pra longe), e na dividida, no movimento do quadril os braços estão abertos. Não tinha como entrar naquela dividida com os braços recolhidos. O choque com Dedé é choque de jogo e não interfere na sequência da jogada, afinal ele já tinha ganho a jogada. Ele simula e como diz o Cássio, ele fica de cabeça levantada pra ver se seria gol antes de cair de novo.

    Em resumo, o pênalti poderia não ter sido dado. Mas esse gol não poderia ter sido anulado. E digo mais: essa anulação que matou o Corinthians, no emocional.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "O diferencial para o Corinthians contra esse Cruzeiro do Mano é só um"

    há 1 mês

    A Fiel.

    Esse Cruzeiro do Mano Menezes, copeiro, construiu essa mística de saber jogar com o resultado. O que é muito positivo pra eles, já que venceram a primeira partida.

    Mas até então decidiram todas em casa. Por consequência, jogaram as primeiras partidas como visitantes.

    Pode parecer besteira, mas faz toda diferença a times copeiros. A ida como visitante implica no adversário (mandante) mais agressivo, já que aquela é a oportunidade de construir um resultado pra volta como visitante. O contra-ataque do Cruzeiro é muito eficiente, sendo assim, eram os visitantes mais ingestos, arrancando vitórias de Flamengo e Palmeiras, e nas voltas como mandante apenas administravam.

    Mas percebam, ao 'administrar' e em casa, perderam para o Flamengo e empataram com o Palmeiras.

    Agora, pela primeira vez, terão de administrar como visitantes. E pior, numa final de campeonato com a Arena lotada na véspera e no dia em questão. É a atmosfera que eles não estão acostumados e é o que devemos usar ao extremo de nosso favor.

    Se o time entrar ligado, não afobado (e não vão, com a desvantagem de apenas 1 gol e um técnico precavido), e a Fiel presente na Arena carregar o time como sempre carrega, ao menos pros penais nós vamos. E aí, aguenta coração, porque se como corinthiano não tá preparado pra sofrer, melhor se cuidar.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Um detalhe na postura do Jair Ventura"

    há 1 mês

    É a primeira vez desde a volta do Tite que temos um técnico que esconde jogo.

    Tite tinha a filosofia pessoal e Carille foi cria dele. Até mesmo se falava do Carille ser falastrão demais em dado momento. Raramente fechava treino, dava escalação na véspera do jogo, entregava escalação no vestiário de rival e etc.

    Eu, por boa parte do tempo (e ainda partilho pouco disso em alguns casos), não gostava dessa postura. Achava que falar pouco é sempre bom e necessário. Ele não devia nada pra ninguém, a não ser para o Corinthians e pra nós, corintianos.

    A princípio já notei na véspera contra o primeiro jogo contra o Flamengo e me animei. Mas hoje já penso o seguinte: quem sabe o que faz não teme a ninguém.

    E não que Jair não saiba o que faz, ou se surtirá resultado só o tempo dirá, mas Carille era cristalino na transparência e raramente levava nó tático de treinador algum.

    Sou crítico da forma que ele saiu e tratou o Corinthians, não o condeno também, mas perdi alguma admiração e mesmo assim é preciso admitir, Carille, falem bem ou falem mal, ele sabia exatamente o que estava fazendo.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Pedrinho, Jadson e Vital"

    há 2 meses

    Eu tenho a impressão que o grande problema do Avelar tem sido a baixa confiança vinda dos tempos de Loss. Com o time crescendo e trabalhando a confiança, acredito que ele tenda a crescer também.

    Claro, ele ainda vai ser limitado tecnicamente, mas com consistência tática e dedicação ele pode vir a fazer o básico e útil até que tenhamos um novo nome.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Análise dos jogos, no tópico "Corinthians x Flamengo - Comente a partida aqui!"

    há 2 meses

    Na moral, até agora Gabriel muito bem na lateral.

    Claro, não tem cacuete de lateral, mas não tá arregando. Sempre bom ver ele vibrante.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Está faltando humildade pra Fiel em geral"

    há 2 meses

    Vejo muitos torcedores ostentando o título de 'maior das américas' e tudo mais e etc. Sinceramente, não vejo o porque dessa necessidade de afirmação, o Corinthians nunca precisou ser 'o maior das Américas', precisou apenas ser Corinthians.

    Hoje passamos pela segunda baixa do time na década. Elenco desfacelado mais uma vez, comissão técnica idem, e 3 meses de planejamento jogados fora por teimosia em um profissional (arrogante) que não estava preparado, e ainda vejo torcedor emburradinho porque empatou em casa com o líder do campeonato, porque não jogou feito o Barcelona de Guardiola.

    Amigos, o Corinthians é isso aí hoje. Pode ter passado longe de ser um primor, mas vem em evolução e cada dia mais consistente com a vinda do Jair. Não é diminuir o Corinthians assumir isso, mas reconhecer que estamos em baixa sim e o caminho de volta pras glórias não é instantâneo. Ainda temos a possibilidade (real) de levantarmos mais um caneco esse ano. O 17° título no século.

    Vamos aguardar, o trabalho vem sendo feito e empatando em casa ou ganhando, Corinthians é Corinthians e essa coisa de soberba de achar que devemos ser sempre imbatíveis e 'soberanos' (rs), esse último já entrega. Aqui não é Vila Sônia nem os imundos.

    'Quarta força', humildade e vamos passo a passo que o Corinthians tem a mística da superação ao nosso lado.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "A relação Pedrinho-Barcelona-Fórum"

    há 2 meses

    É obvio, evidente, que o Pedrinho não está rendendo o que se espera. É obvio, evidente, que a questão física é preocupante e sabe-se lá se será resolvida.

    Mas depois não me venham chorar igual fazem com Malcom (que hoje é o novo Messi daqui do fórum), nem de Marquinhos.

    Se a diretoria é incompetente, muitos de vocês tem sua parcela de culpa.

    Agora vão lá, comemorem a proposta e vendam por antecedência o menino. Agora se daqui a 2 anos ele aparecer voando no Barcelona com Malcom, não venham chorar as pitangas.

    Falam de Santos, de Flamengo, mas lá moleque muito mais mediano tem tempo pra se desenvolver.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Flamengo x Corinthians - Comente a partida aqui!"

    há 2 meses

    Em resumo, a ideia do Jair com esse 4-3-1-2 era até boa, mas faltou fôlego. Acabou que Romero e Clayson não conseguem se projetar a frente do Jadson saindo da linha de 5 e acaba isolando ele entre os zagueiros e tirando toda velocidade do contra-ataque.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico "Flamengo x Corinthians - Comente a partida aqui!"

    há 2 meses

    Não achei o time mal num todo. Faltou alguns detalhes que não nos são surpresa. Além do mais, não acredito que o Jair vá meter o louco no segundo jogo. O time estava todo bagunçado, fora de cabimento exigir o time redondo ofensivamente agora.

    Entendo a opção pelos 3 primeiros volantes e ela está surtindo efeito defensivo, mas assim dificilmente venceremos. Aí vai das intenções do Jair, se é segurar um empate ou buscar a vitória (que é possível) mas nesse caso seria primordial tirar o Gabriel e colocar o Arao ou Vital (neste caso perdendo consideravelmente o poderio defensivo). Quem sabe até arriscar o Diaz lá na frente fazendo o segundo atacante e eventualmente meter o Pedrinho no lugar do Jadson.

    Mas acho na atual conjectura do Corinthians, do jogo e da mentalidade do regulamento, isso muito mas muito improvável de acontecer. Jair se mostraria ousado, o que duvido.

    detalhes do post
  • Caetano

    Caetano postou em Bate-Papo da Torcida, no tópico ""Política de reciprocidade do Flamengo" o meu ovo"

    há 2 meses

    Vi que reservaram 2 mil ingressos pra Fiel baseado nessa falação de reciprocidade. Só esqueceram que cabe 45/46 mil na Arena, diferente dos 68 mil do Maracanã.

    Na volta o Corinthians devia se basear nessa mesma 'política', mas de forma honesta, em cima da porcentagem total de ocupação do estádio.

    Um Corinthians x Flamengo no Maracanã numa semi-final com apenas 2 mil ingressos pra Fiel é brincadeira.

    detalhes do post
`