O que Corinthians e Montevideo Wanderers têm em comum?

Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

ver detalhes

O que Corinthians e Montevideo Wanderers têm em comum?

Coluna da Ana Paula Araújo

Opinião de Ana Paula Araújo

3.9 mil visualizações 56 comentários Comunicar erro

O que Corinthians e Montevideo Wanderers têm em comum?

Corinthians enfrenta o Montevideo Wanderers pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana

Foto: Montagem/Meu Timão

Hoje à noite, o Corinthians enfrenta mais um desafio pela Copa Sul-Americana. O adversário é o modesto e talvez desconhecido por vocês Montevideo Wanderers, do Uruguai.

Assim como o Corinthians, o Montevideo Wanderers tem raízes inglesas. Seu nome se deu devido uma excursão de dois de seus fundadores à Inglaterra. Naquela época, havia um clube chamado Wanderers fazendo grande sucesso por lá.

O Timão compartilha uma história parecida. Todos sabem que sua fundação e nome se deram após passagem de um clube inglês pelo Brasil. O Corinthian-Casuals, à época Corinthian FC, serviu de inspiração para o nosso Corinthians. Hoje os clubes mantêm estreita relação e respeito.

O uniforme de ambos também ilustra as mesmas cores. Preto e branco vestem os plantéis alvinegros que se enfrentam logo mais.

O Montevideo Wanderers tem o uniforme como homenagem ao Club Atlético Estudiantes, da vizinha Argentina e é preto e branco desde sempre. Já o Corinthians supostamente trajava bege e branco, mas quando a camisa era lavada, desbotava e ficava branca. Segundo o jornalista Celso Unzelte, isso é lenda. Já que na época seria difícil para um clube recém formado dispor de verba para um uniforme que não fosse branco e também porque - de acordo coma foto mais antiga do time - de 1913, a camisa era totalmente alva.

As coincidências param por aí.

Enquanto o clube uruguaio manda seus jogos em um estádio para dez mil pessoas, o Corinthians possui uma arena moderna e badalada para cerca de 45 mil fanáticos. No caso do jogo de volta, o Montevideo Wanderers vai usar o estádio Centenário, já que o seu não está de acordo com as exigências da Conmebol.

Ao contrário do Timão, o Los Bohemios, como é também conhecido, não sabe o que é vencer um campeonato expressivo desde a temporada 2013-2014, quando ganhou o Torneo Clasura. O clube também não é um dos mais vitoriosos do país, mas com certeza é um dos mais tradicionais. O Corinthians, por sua vez, é o atual campeão paulista, um dos maiores vencedores do Brasil e favorito no duelo.

Falando em favorito, essa história não tem dado certo para o time brasileiro nos torneios internacionais. O melhor é deixar de lado e aguardar o que rola nas quatro linhas com respeito.

Dois times de países distintos, mas que têm muita coisa em comum. Um duelo centenário e tradicional. Neste jogo charmoso, dois clubes disputam vaga em uma competição que ambos não possuem. Que vença o melhor e que este seja o Corinthians.

Veja mais em: Copa Sul-Americana.

Coluna da Ana Paula Araújo

Por Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

O que você achou do post da Ana Paula Araújo?