Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

ver detalhes

Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

Coluna da Ana Paula Araújo

Opinião de Ana Paula Araújo

2.5 mil visualizações 68 comentários Comunicar erro

Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

O torcedor de arquibancada é o novo torcedor de sofá

Foto: Daniel Augusto Jr/ Ag Corinthians

Se há algo que me irrita profundamente é essa mania que o ser humano tem de rotular um ao outro. O futebol não foge à essa regra e é repleto de estereótipos: torcedor de sofá, de arquibancada, de organizada, modinha, nutella e por aí vai.

A maioria dessas designações vem com o intuito de diminuir o outro. De torná-lo menos apaixonado pelo clube.

Hoje, eu quero falar, especialmente, do torcedor de sofá, pois me enquadro nele.

Moro em Minas Gerais e fui à Arena exatas quatro vezes e só. 99% dos jogos eu assisto pela TV. E isso quer dizer, então, que sou menos torcedora do que aqueles que vão ao estádio?

Pura besteira!

Em uma torcida com mais de 30 milhões de pessoas é impossível que todos torçam da mesma forma, ainda mais no Brasil, um país continental e com diferenças sociais gritantes.

Me responde uma coisa, há quanto tempo não tem jogo do Corinthians no seu estado? Me diga outra, você tem grana para bancar os ingressos? Ou Fiel Torcedor?

Onde eu quero chegar é que me impressiona demais o fato de tantos se unirem para amar um clube de futebol, mas se dividirem em uma guerra civil por causa desse mesmo clube. E isso se aplica a todas as equipes. TODAS. Não é algo especialmente praticado pela torcida do Corinthians.

Vira e mexe, aqui no Meu Timão, têm torcedores se ofendendo por conta disso. "Ah, eu vou ao estádio e você não tem moral para debater comigo".

Parabéns para você que vai ao estádio, que me faz bater no peito e me orgulhar de ter sempre a casa cheia. De se deslocar até o Japão e me proporcionar momentos históricos como o de 2012. Vocês, torcedores de estádio, promovem uma festa linda. Isso eu não nego e digo que fazem muita falta.

Mas não nos diminua! A gente (torcida do sofá) ama tanto o Corinthians quanto vocês. Não temos que comparar nosso amor. Não estamos em combate.

Eu amo o Corinthians, nem mais, nem menos do que quem vai ao estádio. Eu torço pelo Corinthians e não há jeito certo ou errado de torcer. Todos podemos cobrar melhorias. Temos direito. Mesmo quem não injeta dinheiro no clube.

Mas pera aí! O torcedor do sofá injeta. Eis que ele injeta, sim, dinheiro no clube! Ele dá audiência. Você acha que a Globo paga ao Corinthians um dos maiores valores de direitos de transmissão por conta do estádio lotado? Não, é por conta da audiência mesmo e da aquisição de produtos - PPV.

Hoje, a receita oriunda dos direitos de transmissão é uma doas maiores mantenedoras do Corinthians. O balanço de 2019 - último divulgado pelo clube - mostra um valor de R$ 188,8 milhões. Veja mais aqui.

O torcedor de sofá veste a camisa quando ganha e quando perde também. A camisa pode ser de camelô ou até desenhada no corpo, não importa, ele veste a camisa. É contando com ele que se orgulham de ser uma das maiores torcidas do mundo.

Cada um contribuindo com seu pedacinho, no fim, nos tornamos o gigante que somos.

A pandemia nos trouxe novas experiências em todos os espectros da vida e acredito que no futebol isso será parecido. O Corinthians não é o mesmo sem vocês lá dando força, dentro da nossa casa, ou nos domínios adversários. Porém, essa chance de você - que ia ao estádio todos os jogos - ficar em casa, possa fazer com veja pelos nossos olhos e entender que somos tão apaixonados quanto vocês.

Há magia também ficando em casa. Há mística. Nós mandamos vibrações e sentimos a de vocês. Juntos somos mais fortes. Vamos ser aquela torcida, especial, ímpar, inigualável. A única, primeira e incomparável Fiel.

E agora me diz se você ama menos o Corinthians só porque se tornou torcedor de sofá, como eu?

Bem-vindo ao meu mundo!

Pelo Corinthians, com muito amor, até o fim. Não foi você quem disse?

Veja mais em: Torcida do Corinthians.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna da Ana Paula Araújo

Por Ana Paula Araújo

Engenheira de formação, mas corinthiana de alma. Deixei a profissão para fazer parte dessa família desde 2013.

O que você achou do post da Ana Paula Araújo?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Daniel

    Ranking: 2646º

    Daniel 616 comentários

    por @daniel.nakama

    TODOS TORCEDORES! Simples assim.

    Não importa local, cor, raça, tamanho, opção sexual, cabelo, peso, idade, etc.

    O que importa é ser fiel, sempre acreditar e querer bem do time, instituição e do próximo.

    Cresci em Itaquera, fui muito em todos os estádios de SP (exceto chiqueiro..rs); Hoje em SC, com filhos pequenos continuo sendo Corinthians: Sócio torcedor, payperview. Camisas, canecas, cuecas, toalhas, broche, medalha, mobile, artesanato do Corinthians.

    E o principal... Foco em passar essa paixão pros meus filhos!

    E vai Corinthians!

  • Foto do perfil de Félix

    Ranking: 11006º

    Félix 101 comentários

    por @felix.rodrigues.de.l

    Viva nóis! Torcedor de sofá não é menos torcedor que os que vão ao estádio! Etnocentrismo aqui não!

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Guilherme

    Ranking: 1005º

    Guilherme 1399 comentários

    68º. por @guilherme.brito10

    Querer dividir a Torcida em Torcidas é tão besteira quanto Organizadas

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Wilson

    Ranking: 118º

    Wilson 5893 comentários

    67º. por @wawawa

    Parabéns Ana! ótimo post!

    Atualmente sou torcedor de sofá, mas sou da época que podíamos ir aos estádios, com amigos torcedores de outros times, sem ter nenhum problema.

    Deixei de ir aos estádios, após ter tido dois problemas com a torcida organizada, por isso resolvi ser torcedor de sofá.

    Como torcedor de sofá, tenho mais tempo para bolar, e através do M.T, expor o que penso.

    Faz um bom tempo que o Corinthians não faz uma pré-temporada decente. Notei, que nos meses de seguintes o número de lesões foi grande... Por isso venho sugerindo, que a diretoria planeje um time alternativo, para iniciar o Campeonato Paulista, enquanto isso o time principal termina a participação do Brasileiro e inicie a pré-temporada.

  • Foto do perfil de Matheus

    Ranking: 4166º

    Matheus 374 comentários

    66º. por @m.liberatoo

    Geralmente quem faz isso é porque não tem compromisso com nada, típico de gente que mesmo passando dificuldade abre mão da família toda semana pra ir acompanhar o time. Aí quando vê alguém que crítica alguma coisa e não vai para o estádio quer taxar de Nutella

  • Foto do perfil de Bernardo

    Ranking: 29º

    Bernardo 18898 comentários

    65º. por @bernardo.sa

    Barbaridade que texto inteligente
    Ana Show

  • Foto do perfil de Mario

    Ranking: 4049º

    Mario 385 comentários

    64º. por @mario.silva1

    Complementando meu comentário anterior.

    Só uso e dou presentes de objetos e camisas com o tema Corinthians com produtos licenciados pelo clube.

    A última vez que vi o Corinthians no estádio foi na Arena, aproveitando para conhecer a nova casa do Timão em 2017.

  • Foto do perfil de Mario

    Ranking: 4049º

    Mario 385 comentários

    63º. por @mario.silva1

    Ótimo post, o me mudar para o Ceará a quase trinta e cinco ano passei a ser torcedor de sofá.

    Embora, quando em São Paulo, não ia a todos os jogos do Corinthian por falta de grana e compromisso com o trabalho, mas estive por exemplo na invasão do Maracanã em 76. Mas naquela época eu era solteiro e sem compromissos com a vida. Ao contrário de um amigo, que quando trabalhavamos em um bando, das 00:00hs às 6:00hs Ele foi a um jogo em Jáu do Corinhians contra o XV de lá, se envolveu na briga da torcida e no dia seguinte apáreceu no trabalho todo quebrado, além disso perdeu o emprego porque faltava muito as quartas-feira.

  • Foto do perfil de washington

    Ranking: 1474º

    Washington 1042 comentários

    62º. por @washingtonlgsp

    Não moro tão longe de São Paulo, mas ainda nunca fui ao estádio, ainda é um sonho, não foi por falta de dinheiro, mas sim de tempo e de vontade de levar meus filhos comigo.

    Mas raramente perco um jogo do Corinthians, na TV, na Internet, onde for.

    Me considero mais Corintiano que muitos, tanto que já fui embaixador do Corinthians pela republica.

    Então o importante é cada um fazer sua parte e de vez enquanto conhecer o outro lado. Vai Corinthians!

  • Foto do perfil de FLAVIO

    Ranking: 1312º

    Flavio 1135 comentários

    61º. por @flavinho10

    Ótimo post. Que bom ver isso. Fazem 39 anos que vou a estádios e nunca achei ou falei para alguém que sou mais Corinthiano que ele. Falo que tenho mais experiência de estádios, enxergar ao jogo ver o que pode ser mudado na forma de jogar ou substituição a ser feita. Mas nunca diminui outro torcedor. Juntos somos mais fortes. Estou até escrevendo minhas histórias de estádio kkkk Comecei a pouco tempo e tem cada uma kkkkkk

x