Sonhar não custa nada...

Andrew Sousa

22 anos, acadêmico de Jornalismo na Univali e fiel desde o primeiro de seus dias.

ver detalhes

Sonhar não custa nada...

Coluna do Andrew Sousa

Opinião de Andrew Sousa

4.7 mil visualizações 66 comentários Comunicar erro

Sonhar não custa nada...

Matheus Jesus pode alterar forma do Corinthians jogar se emplacar em Itaquera

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em suas últimas entrevistas, tanto o Fábio Carille quanto os jogadores projetam um Corinthians mais ofensivo na sequência da temporada - sobretudo após a pausa para a Copa América. Mesmo acompanhando tal discurso há tanto tempo, sem muita alteração na postura, sigo sonhando com um time de mais imposição.

Neste sentido, uma boa notícia foi confirmada nesta quinta-feira: a chegada do talentoso Matheus Jesus, destaque do Paulistão com cinco gols marcados mesmo atuando como volante - o próprio Carille lembrou de Paulinho ao falar do recém-chegado.

Imaginando um cenário ideal em que o jovem jogador não sinta o peso da camisa, sonhar não custa nada. Com todo respeito ao que representa Ralf e aos ótimos jogos que vem fazendo, gostaria de vê-lo no banco, indo a campo apenas em situações ou partidas específicas.

Com força física, capacidade técnica para sair jogando e chegada eficiente ao ataque, Jesus pode formar uma grande dupla com Júnior Urso, que tem as mesmas características. Contar com dois jogadores deste tipo renderia uma enorme melhora em nossa maior deficiência: a saída de jogo para construir jogadas.

Se Matheus e Urso atuarem juntos, por exemplo, Sornoza pode enfim atuar onde mais gosta: perto do gol - pela deficiência de Ralf com a bola no pé, o equatoriano tem de recuar muito para fazer ligação defesa-ataque.

Não há como saber se o novo reforço vai repetir o desempenho que teve no Oeste, mas dá para sonhar. Espero um time mais ofensivo e capaz tecnicamente depois da Copa América. Neste cenário, Jesus pode ser peça chave - como já é Urso. Torçamos!

Veja mais em: Elenco do Corinthians.

Coluna do Andrew Sousa

Por Andrew Sousa

21 anos, acadêmico de Jornalismo na Univali e fiel desde o primeiro de seus dias.

O que você achou do post do Andrew Sousa?