Obrigado por tudo, Walter! (e boa sorte!)

Gustavo Lima

Estudante de jornalismo de 18 anos. Desde agosto de 2020 cobrindo o dia a dia do Corinthians nas redes sociais do Meu Timão.

ver detalhes

Obrigado por tudo, Walter! (e boa sorte!)

Coluna do Gustavo Lima Torres de Oliveira

Opinião de Gustavo Lima

19 mil visualizações 79 comentários Comunicar erro

Obrigado por tudo, Walter! (e boa sorte!)

Walter no seu último jogo pelo Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Walter é uma raridade no futebol brasileiro. De cabeça, é quase impossível lembrar de um goleiro como ele, com a qualidade que tem, ser reserva por tanto tempo sem reclamar ou pedir para sair do clube. Era difícil ser titular tendo o Cássio no mesmo time.

O camisa 27 chegou ao Corinthians em maio de 2013, vindo do União Barbarense sendo até então um goleiro desconhecido no cenário do futebol brasileiro, tendo passado por outros clubes como XV de Jaú, Iraty, Rio Branco-PR, Londrina, J. Malucelli, Caxias, Novo Hamburgo e Noroeste. A contratação de Walter, na época, foi até um pouco questionada pelos corinthianos, tendo Julio Cesar (hoje no Red Bull Bragantino) e Danilo Fernandes (hoje no Internacional), ambos formados na base do clube.

Deu no que deu. Uma aposta da diretoria, que foi contratado para ser um dos reservas do Cássio saindo do clube com status de ídolo e com MUITO carinho da torcida.

Sempre me questionei muito sobre o Walter: Como um goleiro reserva pode ser tão bom? Por que não procura outro clube, já que tem qualidade suficiente para isso?

Apesar de eu gostar muito do jogador no Corinthians (mesmo nível do goleiro titular, dava conta do recado), também pensava na carreira do atleta: ele seria titular facilmente na maioria dos times do Brasil.

Então, fica aqui a minha homenagem ao Walter. Quase oito anos de Corinthians, 91 jogos disputados, 73 gols sofridos e seis títulos conquistados. Aos 33 anos e no auge de sua carreira, o goleiro deixou o Timão para assumir o protagonismo em outro time da Série A do Brasileirão.

Boa sorte, Waltão! Obrigado por tudo!

Veja mais em: Walter e Ex-jogadores do Corinthians.

Este texto é de responsabilidade do autor e não reflete, necessariamente, a opinião do Meu Timão.

Coluna do Gustavo Lima Torres de Oliveira

Por Gustavo Lima Torres de Oliveira

Estudante de jornalismo. Desde agosto de 2020 cobrindo o dia a dia do Corinthians nas redes sociais do Meu Timão.

O que você achou do post do Gustavo Lima?

x