Um alerta palmeirense ao Corinthians

Lucas Faraldo

Setorista do Corinthians desde 2014

ver detalhes

Um alerta palmeirense ao Corinthians

Um alerta palmeirense ao Corinthians

Nem Ralf, nem Henrique e nem ninguém vêm resolvendo situação corinthiana no Brasileiro-2018

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

90 mil visualizações 176 comentários Comunicar erro

Um breve e importante alerta ao Corinthians: campeão da Copa do Brasil também está suscetível ao rebaixamento no Brasileirão. O Palmeiras de seis anos atrás que o diga.

Quando conquistou o título da Copa do Brasil de 2012, o rival alviverde, passadas apenas oito rodadas do Brasileirão, ocupava a 18ª posição com cinco pontos conquistados em 24 disputados. Apesar de a situação ser pior do que a enfrentada hoje pelo Corinthians, havia mais tempo para se recuperar. E mesmo assim seu segundo rebaixamento se concretizaria.

E pasmem: o Timão de 2018 corre agora o mesmo risco. Exagero? Mostro abaixo que não.

O Corinthians disputa nesta próxima quarta-feira, contra o Cruzeiro, a finalíssima da Copa do Brasil. Independentemente do resultado, o último mês e meio da equipe na temporada tem de ser levado muito a sério. A depender do resultado de Ceará x Botafogo, nesta segunda-feira à noite, o Timão pode encerrar a 29ª rodada do Brasileirão a três pontos da zona de degola.

Passada a final da Copa do Brasil, o Corinthians disputará nove rodadas no Brasileirão. A equipe precisa de mais dez pontos para chegar ao mágico número de 45 - conta quase infalível dos que lutam contra o rebaixamento. O problema? O Corinthians precisou de 13 (TREZE!!!) rodadas para somar seus últimos dez pontos na competição.

Em outras palavras: o Corinthians precisará se superar a partir da próxima quarta. Superar uma péssima campanha na atual edição do Brasileirão. E superar ou uma ressaca de campeão ou um choque de realidade do vice-campeão que sabe-se lá como chegou à final.

Ah! Já que o intuito aqui é alertar, não custa lembrar: o último jogo do Corinthians no ano é contra o Grêmio, fora de casa, assim como em 2007. Para bom entendedor, o recado é claro: que o Timão não deixe para tentar resolver sua vida no campeonato na rodada final...

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Por Lucas Faraldo Knopf

Jornalista pela ECA-USP e ex-Esporte Interativo, Jovem Pan e Lance!. Hoje trabalha no Meu Timão. Autor do livro 'Impedimento - Machismo, racismo, homofobia e elitização como opressões no futebol'.

O que você achou do post do Lucas Faraldo?

  • 1000 caracteres restantes