O que a prisão de Lula tem a ver com Corinthians x Palmeiras?

Lucas Faraldo

Escrevendo sobre o Corinthians desde 2014

ver detalhes

O que a prisão de Lula tem a ver com Corinthians x Palmeiras?

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Opinião de Lucas Faraldo

16 mil visualizações 245 comentários Comunicar erro

O que a prisão de Lula tem a ver com Corinthians x Palmeiras?

Corinthians campeão dos últimos anos por diversas vezes promoveu encontros com Lula

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Por conta do tema, vale já destacar de início: o texto não tem qualquer objetivo político muito menos ilustra posicionamento do Meu Timão a respeito da prisão de Lula. E quem estiver disposto pode debater civilizadamente sobre o assunto nos comentários. Dito isso, vamos lá!

Luiz Inácio Lula da Silva foi preso no dia 7 de abril de 2018. Torcedores mais atentos já se ligaram: véspera do bicampeonato paulista do Corinthians, conquistado com vitória de 1 a 0 sobre o Palmeiras em Dérbi disputado no Allianz Parque. Para quem não se lembra, o ex-presidente da República inclusive assistiu à final pela televisão na sua cela em Curitiba.

Quis o destino que Lula seja possivelmente solto nesta sexta-feira. Pois este 8 de novembro é véspera de, pasmem, outro clássico entre Corinthians e Palmeiras, novamente de mando alviverde, mas desta vez agendado para o estádio do Pacaembu e válido pelo Brasileirão.

Há pouco mais de um ano e meio, boa parte da mídia e da população brasileira comemorava o enjaulamento de Lula como se fosse um gol numa partida de futebol. Nos últimos meses, mensagens vazadas de Sergio Moro e procuradores da Lava Jato sugeriram se tratar de uma prisão relativamente arquitetada – e portanto consequente e possivelmente de cunho político.

Goste ou não, se faça de desentendido ou não, qualquer brasileiro (corinthiano ou não) há de concordar que houve certa inversão neste cenário todo – que ironicamente quase nada tem a ver com o motivo da possível soltura de Lula (decisão do STF sobre prisão em 2ª instância).

Lula durante visita ao CT do Corinthians em 2010

Lula durante visita ao CT do Corinthians em 2010

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O cenário de Corinthians x Palmeiras também se inverteu consideravelmente nesse período. Campeão paulista no dia seguinte à prisão do ex-presidente, o Corinthians iniciaria ali uma queda ladeira abaixo em 2018 principalmente após a saída de Fábio Carille para a Arábia Saudita. Nem mesmo o título paulista da atual temporada aliviou muito o cenário cabisbaixo no qual o Timão se encontrava até a recente demissão do novo/antigo treinador.

Paralelamente, o Palmeiras saiu do choro de um Paulistinha para se consolidar primeiro como campeão brasileiro do ano passado e depois como principal candidato a fazer frente ao tão badalado Flamengo de Jorge Jesus. É inegável que, mesmo misticamente não havendo favorito em Dérbis, o arquirrival chega mais forte diante do Corinthians de Dyego Coelho.

Mas é aquilo: o mundo gira como uma bola de futebol. O que hoje está ruim amanhã pode melhorar – e vice-versa, claro. Se Lula pode enfim se ver livre depois de tanta coisa que esse país viveu, vive e certamente viverá com ou sem relação direta a ele, por que o Corinthians não pode reassumir o domínio do futebol paulista e brasileiro? Diria ser moralmente possível!

A questão que fica é: onde Lula assistirá a esse novo clássico entre Corinthians e Palmeiras?

Veja mais em: Dérbi.

Coluna do Lucas Faraldo Knopf

Por Lucas Faraldo Knopf

Jornalista pela ECA-USP e ex-Esporte Interativo, Jovem Pan e Lance!. Hoje trabalha no Meu Timão. Autor do livro 'Impedimento - Machismo, racismo, homofobia e elitização como opressões no futebol'.

O que você achou do post do Lucas Faraldo?