Eu sou mais corinthiano que você!

Luis Fabiani

Estudante de Jornalismo no Mackenzie. Desde janeiro de 2020, estagiário do Meu Timão. Faço jornalismo há 1 ano pois sou Corinthiano há 19. Estou também diariamente na Rádio Mackenzie.

ver detalhes

Eu sou mais corinthiano que você!

Coluna do Luis Fabiani

Opinião de Luis Fabiani

13 mil visualizações 56 comentários Comunicar erro

Eu sou mais corinthiano que você!

Acima de ideologias ou partidos políticos, o Sport Club Corinthians Paulista é o clube da pluralidade

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Não, não sou. Não sei, na verdade. Posso até ser, mas não cabe a mim dizer se sou ou não. Confuso, né? Se leu e entendeu, pare por aqui. A coluna vertebral dessa coluna segue o mesmo raciocínio.

Em tempos de redes sociais, comunicação rápida e bipolaridade constante, é normal vermos os hábitos das pessoas mudarem. No futebol não é diferente. O preço do ingresso aumentou, a TV aberta pouco transmite partidas e cada vez mais buscamos nos equiparar com os padrões europeus de conduta. Normal. Seguir os bem-sucedidos é uma tendência.

É cada vez mais comum nos depararmos com situações onde um torcedor desmerece a torcida do outro, sendo que muitas vezes, torcem para o mesmo clube. Discursos iniciados por "se diz corinthiano, mas..." são normalmente o prefixo desse pensamento ridículo.

"Se diz corinthiano(a), mas só vai na Arena se for de Setor Oeste".

E daí? A cadeira suga o "corinthianismo" dele(a)?

Isolando a frase como fiz talvez seja a melhor maneira de mostrar o quão rasa é essa ideia. É um desserviço à história do clube e aquilo que ele sempre defendeu. Acima de ideologias ou partidos políticos, o Sport Club Corinthians Paulista é o clube da pluralidade.

Somos o clube que pioneiro na adesão de negros ao futebol. Somos o clube que não se intimidou perante a ditadura sangrenta que tomou conta do país. Somos referência em futebol feminino. Temos ídolos paraguaios, argentinos, colombiano e peruano. Até chinês jogou aqui. E também foi idolatrado pela torcida.

"Ah, Luis. Mas torcedor que vaia no estádio nem tem que sair de casa".

Eu também não gosto da vaia. Acho desestimulante para o atleta. Mas em um clube tão plural e diversificado, por que o seu jeito de torcer é mais legítimo que o dele?

"Pô, eu vou pra Arena em todos os jogos e não posso dizer que sou mais corinthiano que os outros?".

Pô, legal que você vai. Mas no Brasil tá cheio de gente sem condição de frequentar as partidas, seja por questão financeira ou geográfica. Um torcedor que mesmo morando fora do estado e ainda acompanha o clube tem uma torcida menos valiosa que a sua?

Tudo que não está nas aspas condiz com aquilo que penso.

Desde criança, me identifico com um perfil muito mais analítico do que passional. Talvez por isso tenha buscado seguir a carreira jornalística. Apesar de apaixonado pelo clube, nunca deixei que o fanatismo tomasse conta das minhas críticas. E foram incontáveis as vezes que recebi o titulo de "corneteiro".

Cada um torce do seu jeito. Cada um tem sua crença ou superstição. E não cabe a X ou a Y julgar aquilo que o torna mais ou menos corinthiano. Vai contra aquilo que nosso amado clube tanto defende.

Veja mais em: Torcida do Corinthians.

Coluna do Luis Fabiani

Por Luis Fabiani

Estudante de Jornalismo no Mackenzie. Desde janeiro de 2020, estagiário do Meu Timão. Faço jornalismo há 1 ano pois sou Corinthiano há 19. Estou também diariamente na Rádio Mackenzie.

O que você achou do post do Luis Fabiani?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Sargento

    Ranking: 334º

    Sargento 2815 comentários

    por @ninguem

    "Acima de ideologias ou partidos políticos, o Sport Club Corinthians Paulista é o clube da pluralidade"...
    ORA, ORA MEU CARO...por favor, diga isso aos demais "redatores" do site, principalmente ao "jornalista" Faraldo!

  • Foto do perfil de Wilson

    Wilson 43 comentários

    por @wilson.bueno1

    Eu vou te falar o porque eu sou mais do que alguns.

    Porque NUNCA torci e nem desejei a derrota do SCCP (NÃO IMPORTANDO A QUEM FOSSE PREJUDICAR A DERROTA DO MEU TIME).

    Já uma galerinha aí...

    Teve nego dizendo que queria que perdesse pra rebaixar um clube de outro estado kkkkkkk se eu não sou mais Coringão que esse tipo de pessoa, eu paro com tudo.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Claudinei

    Ranking: 2633º

    Claudinei 525 comentários

    66º. por @claudinei.pedrosa

    Sejamos todos iguais sem divisões, apenas com as nossas qualidades e diferenças porém unidos!Tem muita gente que inveja nós dos outros times, até gente que não torce pra ninguém.

  • Publicidade

  • Foto do perfil de Eduardo

    Ranking: 789º

    Eduardo 1451 comentários

    65º. por @eduardo.maisao

    Luiz Fabiani desculpe a sinceridade mas pela foto vi que é um jornalista novo e pelo texto que tem talento.

    Fui torcedor de arquibancada no Pacaembu. Conheci a Camisa 12 e foi a torcida a qual me identifiquei. Era uma torcida que não houve igual, com propriedade digo isso porque milhares de bandeiras eram agitadas por uma bateria entusiasmada que soava a cada movimento dos 11 maestros em campo, um Show à parte. Após a proibição das bandeiras ficamos aparte e com a Gaviões vivi e aprendi um amor irrevogável a nossa FAMÍLIA Corinthians. As duas torcidas se completam e quando faltava algo surpreendentemente havia na pavilhão, chopp, esquina... E tantas outras que ADMIRÁVAMO-NOS! Muitos dizem religião eu entendo como FAMÍLIA de 35 milhões de irmãos. Muitos tem um time, nós uma família. Que guarda, protege, doa... Aceita, perdoa, redime. Seja na injúria racial, segregação, doença, credo, democracia e proteção à mulher e ao menor.
    Acontece que...O perfil do torcedor que consegue ter acesso ao estádio não é o mesmo daquele que havia no Pacaembu. Que não conheceste. Por quê? Fomos muitos que crescemos na ditadura sem títulos. Hipocrisia de lado, O clube da inserção social, segrega os mais pobres no valor dos ingressos do estádio...! Criamos um dilema...! Porém a família se perdoa e perdoamo-nos... Diria até que em algumas vezes redimimo-nos, nos treinos abertos. Quem viveu aqueles tempos sabe da diferença do humilde que frequentou o Pacaembu e da maioria Arrogante que frequenta a arena e fico feliz que mais uma vez a torcida dah aula de vivência, perseverança e superação.Amamo-nos, sejamos nós quem formos, aqui é CORINTHIANS!

    Muitos tem um time eu tenho CORINTHIANS!

  • Foto do perfil de Mario

    Ranking: 3993º

    Mario 331 comentários

    64º. por @mario.silva1

    Seres humanos, entenda-os se fores capaz. Eu já vi, não em tempos recentes, mas a décadas atrás, na arquibancada torcedor corinthiano sair na #[email protected]% da com outro por discordarem suas opiniões a respeito da atuação de um jogador em campo, em plena partida em andamento.

  • Foto do perfil de Affonso

    Affonso 16 comentários

    63º. por @affonso.holanda

    Estou esperando aqui no MT um artigo sobre a chegada de jornalistas cariocas a rádio Bandeirantes, que nunca fizeram questão nenhuma de esconder a antipatia pelo Corinthians. Como a rádio Bandeirantes contrata um um mal profissional como Mauro César Pereira que é execrado por todas as torcidas paulistas? Qual a explicação por trás disso? Gostaria de alguma opinião da página sobre isso.

  • Foto do perfil de Paredes

    Ranking: 837º

    Paredes 1399 comentários

    62º. por @paredes

    Só não concordo com os modinhas. Aqueles que só assistem em momentos bons. Esses daí não dá pra respeitar.

  • Foto do perfil de Luis Viana

    Luis 46 comentários

    61º. por @luis.viana2

    Acredito que a paixão pelo Corinthians é algo a ser estudado pela NASA. Ela beira a loucura! Me esforço pra respeitar todas as opiniões (algumas absurdas) em relação ao clube que eu tanto amo. Mas é difícil, porque cada um tem sua própria forma de pensar e torcer.

  • Foto do perfil de Marcio

    Ranking: 303º

    Marcio 3023 comentários

    60º. por @marcio.jr

    Eu não concordo com o torcedor que não respeita a história e as tradições do clube. Já vi nesse site torcedores torcendo para o Corinthians perder porque não concordava com o técnico.

  • Foto do perfil de Jéssica

    Jéssica 11 comentários

    59º. por @jessica.lhp1

    Um cara que vai embora antes do jogo acabar porque o time tá perdendo é menos Corinthiano sim. Esse é apenas um exemplo.