Escalação estranha, jogo estranho

Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria, Bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito aos irmãos

ver detalhes

Escalação estranha, jogo estranho

4.6 mil visualizações 65 comentários Comunicar erro

Escalação estranha, jogo estranho

Carlos Eduardo: Pênalti bisonho e atuação fraca.

Foto: Daniel Augusto Jr. Agência Corinthians

Daí você ouve a escalação do Corinthians contra o Vasco e fica preocupado.

Muito preocupado.

Daí o jogo começa morno e, ora vejam, Vital faz um golaço.

“Lei do ex” em estado puro.

Daí, para variar, o time de Carille liga o modo sofrimento, que dá moral a qualquer adversário.

Daí o Vasco nos sufoca.

Daí o Carlos Augusto, em noite pavorosa, faz um pênalti besta.

Esse time só resolve tentar alguma coisa quando toma gol.

O jogo ficou aberto no segundo tempo, os times com as linhas espaçadas.

Toma lá dá cá.

Noves fora o time reserva, era jogo para ganhar 3 pontos.

O já citado Carlos, Jadson, André Luiz, Michel e Richard tiveram atuação pavorosa,

Esse time precisa aprender a sustentar a vantagem quando joga fora de casa.

Campeonato é longo, mas não dá para perder pontos de bobeira.

Veja mais em: Elenco do Corinthians.

Coluna do Roberto Gomes Zanin

Por Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria de imprensa, bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito.

O que você achou do post do Roberto Zanin?