Corinthians x Ferro Carril

Pela Liga Sul-Americana de Basquete, o Corinthians enfrenta agora o Ferro Carril

Acompanhe ao vivo
O que está acontecendo no Corinthians é repugnante

Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria, Bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito aos irmãos

ver detalhes

O que está acontecendo no Corinthians é repugnante

12 mil visualizações 113 comentários Comunicar erro

O que está acontecendo no Corinthians é repugnante

Diretoria, acreditem, está satisfeita com o trabalho de Carille

Foto: Rodrigo Gazzanel / Agência Corinthians

Desculpem. O termo é forte mas não encontrei hoje.

O que vi contra o Cruzeiro me deu nojo.

Repugnante a perseguição descarada de Carille contra Boselli.

Antes que algum desavisado venha dizer que estou comparando o argentino ao Ronaldo Fenômeno, vou desenhar: temos três centroavantes: Boselli, Gustavo e Love.

Desses três, o que está em melhor fase é o gringo.

O elenco sabe disso e da panela do Carille.

E isso acaba com o grupo.

Sabia que ele colocaria o Clayson no segundo tempo. Não acredito que Fabinho tenha tomado essa decisão. E tirou outro perseguido, Pedrinho, como que sinalizando que pode fazer o que quer.

E o pior é que ele pode fazer o que quer mesmo.

É onde entra a coroação da farsa.

O cara vem fazendo e falando bobagem atrás de bobagem, o time parece um catadão em campo, joga mal, ele é expulso, e eis que o Duílio vai para coletiva bancando o cidadão.

Minha tradução de todas as asneiras que o brother do Andrés falou na coletiva.

'Que se dane a torcida, o Carille vai ficar porque ele aceita as contratações e põe para jogar todos os perebas indicados por procuradores com quem temos relação.

E não conversamos com Tiago Nunes ou outro técnico sério, porque ele não seria dócil como Carille é.

E do jeito que eles são, se Carille saísse não seria surpresa trazerem um Sylvinho da vida, um mal agradecido que esnobou o Corinthians. Mas que deve ser dócil também.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Coluna do Roberto Gomes Zanin

Por Roberto Gomes Zanin

Jornalista, diretor da RZ Assessoria de imprensa, bicampeão do mundo. Não sou ligado a nenhuma corrente política do clube. Quero apenas o melhor para o Timão. Discorde à vontade, mas com o respeito.

O que você achou do post do Roberto Zanin?