'Desmanche'

Teleco

@Teleco1910 é um torcedor comum que gosta de conversar sobre o Corinthians. Ele não conseguirá responder aos comentários aqui, mas está sempre cornetando em 140 caracteres no Twitter.

ver detalhes

'Desmanche'

Coluna do Teleco 1910

Opinião de Teleco

11 mil visualizações 86 comentários Comunicar erro

'Desmanche'

Desmanche pero no mucho

Foto: https://www.flickr.com/photos/dwonderwall/6999873646

Foi propagado aos quatro ventos que o Corinthians venderia muitos jogadores e brigaria para não cair este ano. Mas não foi bem o que aconteceu.

Vamos dar uma olhada nos inscritos para a Libertadores 2015:

Goleiros: Cássio, Walter e Matheus Vidotto

Laterais: Fágner, Edílson, Uendel, Guilherme Arana e Fábio Santos

Zagueiros: Yago, Rodrigo Sam, Gil, Felipe e Edu Dracena

Meio: Ralf, Bruno Henrique, Cristian, Elias, Renato Augusto, Marciel, Danilo, Petros, Jadson

Ataque: Paolo Guerrero, Émerson, Romero, Mendoza, Luciano, Gustavo Tocantins, Vágner Love

Defesa

Goleiros e zagueiros são os mesmos. Edílson e Rodrigo Sam estenderam seus contratos.

Na lateral-esquerda, Fábio Santos foi para o Cruz Azul por R$ 1,5 milhão. Apesar de ser uma das lideranças da equipe e querido no grupo, estava sendo bastante criticado. Uendel entrou em seu lugar e tem dado conta do recado. Arana é o nome para o futuro; trazido de volta do Atlético Paranaense, não comprometeu quando entrou (sim, eu lembro do passe para o gol do Sport, mas se redimiu).

Meio Campo

O Corinthians vendeu metade da participação que tinha dos direitos de Petros ao Real Bétis. Os 25% renderam R$ 2,3 milhões. Para repor sua saída veio Rildo por empréstimo até o fim de 2016.

Para o ano que vem, até agora se indica que Danilo deve se aposentar e Ralf teria que reduzir sensivelmente seu salário para ficar. Tentaram segurar Cassini, mas ele preferiu ser vendido ao Palermo.

Ataque

Entre luvas e salários, Guerrero queria um milhão de reais mensais. Na minha opinião, ótimo jogador que sempre foi muito profissional, mas um milhão era dinheiro mensal por ele, ainda mais para um jogador que fica muito tempo longe do clube servindo à seleção (a culpa não é dele, mas do ridículo calendário brasileiro). Seu substituto foi primeiro Luciano, depois Vágner Love.

Gustavo Tocantins acabou sendo emprestado ao Bragantino, devolvido e agora está na sub-20.

Mendoza era simpático mas não se dava muito bem com a bola. Está de volta ao seu time de origem na Índia, por empréstimo até o fim do ano; o clube recebeu R$ 365 mil. Sua saída abre espaço para que Léo Jabá suba para o profissional.

Émerson ganhava uma bala: R$ 520 mil mensais. Alternando grandes partidas com deixar o clube na mão, a diretoria não quis renovar seu contrato. Seu lugar é ocupado por Malcom.

Noves Fora

De nota saíram dois titulares, Fábio Santos e Guerrero; um reserva que entrava frequentemente (Petros) e um atacante que estava em baixa (Émerson). Bem longe de ser um desmanche. Chances de alguém sair agora se reduzem a aparecer algum time do Oriente Médio, já que lá as janelas vão até o começo de outubro.

O time deu liga e joga de modo muito organizado, o que faz subir o rendimento de qualquer jogador. Para ajudar, foi beneficiado por um mercado fraco no futebol brasileiro, com times em formação e poucos nomes de destaque. Então, sem desespero: estamos bem e 2016 parece que será um ano bem melhor. Vai Corinthians!

Twitter: @Teleco1910 Podcast: Podcastimão

Coluna do Teleco 1910

Por Teleco 1910

@Teleco1910 é um torcedor comum que gosta de conversar sobre o Corinthians. Ele não conseguirá responder aos comentários aqui, mas está sempre cornetando em 140 caracteres no Twitter.

O que você achou do post do Teleco?