Sabe quem não foi a Itaquera neste sábado?

Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

ver detalhes

Sabe quem não foi a Itaquera neste sábado?

Coluna do Walter Falceta

Opinião de Walter Falceta

268 mil visualizações 186 comentários Comunicar erro

Sabe quem não foi a Itaquera neste sábado?

Sem entusiasmo pelos 32 jogos de invencibilidade

Foto: Walter F. Jr.

Um) Bom ouvir o torcedor. Um disse que o nosso meio-campo é caranguejo. Só avança de lado. Outro disse que praticamos rúgbi. A bola só é passada para trás. O povo tem sabedoria.

Dois) Mas a turma também gosta de uma maledicência. Um assegurava que o Timão desandou depois da reincorporação de Pato. Não acredito.

Três) Saudade dos lances verticalizados de Jadson e Renato Augusto. O Corinthians anda copiando o handebol na lida ofensiva. Vertical é Fagner, que hoje estava de castigo.

Quatro) O que ocorreu com Marquinhos Gabriel? Foi desarmado com facilidade por seus marcadores, errou passes e parecia desconcentrado. Num desses vacilos, iniciou a jogada que resultou no gol de Dodô, para o Figueira.

Cinco) Não foi o único a protagonizar lances bizarros. Balbuena, no primeiro tempo, ofereceu um presentão aos catarinenses, que não aproveitaram a oportunidade.

Seis) O time de Argel Fucks atuou com uma linha tradicional de quatro e duas de três, uma enfiada na outra, compondo uma espécie de sexteto de trava no meio de campo. Chatos demais. Abusaram da cera.

Sete) Giovanni Augusto, nosso algoz na inauguração da Arena, não compensou a "desfeita". De lado, sempre de lado, parece desperdiçar seu talento. Ou não?

Oito) Não, a gente não quer pegar no pé dele. Mas André mal viu a cor da bola. Falta muito, muito mesmo, para se tornar um homem de referência no ataque.

Nove) A bola pulou muito hoje em Itaquera. Gorduchinha inflada demais? O gramado anda duro? Ou a redonda foge dos marmanjos que a maltratam?

Dez) O Corinthians está estranho. A comunicação entre os jogadores, na cancha, tem momentos de pane. Amargamos dois empates em casa. Quatro pontos que farão falta. Ninguém comemorou o jogo 32 da invencibilidade em casa.

Onze) Responsáveis pela Arena: por que não construir um escadão no barranco que liga o estacionamento Leste à entrada da estação de metrô Itaquera? Poupar-nos-ia tempo e bundas raladas.

Doze) Ah, o título desta crônica! Espetáculo sofrível. Eu fui a Itaquera. Você foi. Ele e ela também. Nós. Sabe quem não foi? O futebol não foi a Itaquera.

Coluna do Walter Falceta

Por Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

O que você achou do post do Walter Falceta?