[Walter Falceta] A mídia irresponsável que incita a violência

Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

ver detalhes

A mídia irresponsável que incita a violência

A mídia irresponsável que incita a violência

Sampaio: quando o Brasil dá um passo atrás

Foto: Denis Ninzoli e Twitter

Fernando Sampaio é figura conhecida no meio jornalístico. Não esconde sua repugnância pelo que é popular. Tampouco logra ocultar seu inconformismo, o mesmo da elite bandeirante, com a presença do clube dos carroceiros do Bom Retiro na principal liga do ludopédio.

Em seu delirante anticorinthianismo, Sampaio exagerou mais uma vez, fazendo prosperar a mágoa pessoal acima do dever profissional, incitando a violência e oferecendo prova inequívoca da irresponsabilidade de parte da grande mídia.

Em seu Twitter, exibiu um discurso contraditório, incompatível com a profissão que exerce. Disse ser contra a violência mas que gostaria de ver a torcida (a dele?) dar uma surra nos reservas do Corinthians.

Em um momento de luta pelo rito civilizatório, em que o cidadãos realmente de bem lutam pelo entendimento, pela conciliação e pela cultura de paz, é estarrecedor que uma figura pública se empenhe justamente para promover a violência.

Sampaio é o típico indignado seletivo que ocupa a mídia hegemônica, alheio aos valores da cidadania, ao bom senso e à justiça.

Não viu, por exemplo, que os torcedores do clube da nata quatrocentona investiram contra o ônibus que conduzia os atletas mosqueteiros ao Morumbi. Vidros quebrados, porém, não o sensibilizam.

Por quê? Porque Sampaio tem lado.

Assim como não exercitou suas supostas virtudes de comunicador para cobrar o atleta tricolor que, em outra ocasião, imitou uma galinha, provocando a coletividade alvinegra.

Por quê? Porque Sampaio tem lado.

Ele vê no detalhe qualquer suposto favorecimento ao clube nascido no Bom Retiro. E faz estardalhaço do que supõe e fantasia.

Ao mesmo tempo, entretanto, seus olhos ignoram as traquinagens e benefícios ilícitos colecionados por seus preferidos.

Sampaio é o tipo de jornalista que empurra o Brasil para trás. É o elemento que, por meio de seus atos e omissões, colabora para difundir e consolidar a cultura da violência.

Mesmo assim, que receba sempre tratamento digno, respeitoso e solidário. Porque somos diferentes. E merecemos tratá-lo com decência e civilidade.

Veja mais em: Majestoso.

Coluna do Walter Falceta

Por Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

O que você achou do post do Walter Falceta?

  • 1000 caracteres restantes