É mesmo leite de pedra?

Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

ver detalhes

É mesmo leite de pedra?

Coluna do Walter Falceta

Opinião de Walter Falceta

4.0 mil visualizações 126 comentários Comunicar erro

É mesmo leite de pedra?

Carille: torcedores divergem sobre qualidade dos atletas à disposição

Foto: Agência Corinthians

Peço ao leitor o gentil auxílio nesta reflexão. Será que a comissão técnica corinthiana realmente tira leite de pedra?

Por que surge a dúvida? Depois da brutal queda de rendimento no segundo turno, parte da torcida se pôs a afirmar que “essa é a realidade do limitado time corinthiano”.

Muitos disseram ou escreveram que o desempenho atual é perfeitamente compreensível. A surpresa estaria no aproveitamento do primeiro turno, este sim surpreendente.

Cabe neste caso, no entanto, um brevíssimo exame do time titular de Parque São Jorge.

Cassio: sagrou-se campeão de tudo pelo Corinthians; tem sido convocado para compor a Seleção Brasileira.

Fagner: tido até recentemente como o melhor lateral-direito em atividade no Brasil, também frequentou as listas da Seleção Brasileira.

Balbuena: aguerrido, eficiente na defesa e também no ataque, é provavelmente o melhor zagueiro do campeonato.

Pablo: zagueiro com ótima presença de área; com ele, o Corinthians raramente tem sua meta vazada.

Arana: considerado uma das revelações deste Campeonato Brasileiro; cobiçado por clubes europeus, parte da crônica esportiva considera que será o futuro lateral-esquerdo da seleção nacional.

Maycon: tido como mais uma jóia da base corinthiana, firmou-se no time pela atenção à marcação e a efetividade no apoio à ação ofensiva.

Gabriel: para muitos, outro jogador de destaque na equipe; foi líder em desarmes no Paulistão e se converteu em um dos mais eficientes passadores do atual Brasileiro.

Jadson: atleta já convocado para a Seleção Brasileira, foi considerado um dos artífices da conquista nacional de 2015.

Rodriguinho: destacou-se como o cérebro criativo da equipe neste ano; acabou também convocado para compor a Seleção Brasileira.

Romero: o raçudo paraguaio, atleta da seleção de seu país, encantou parte da torcida com seu voluntarismo; tornou-se o artilheiro da Arena em Itaquera.

Jô: atleta identificado com o clube, atuou por grandes agremiações europeias, conquistou uma Libertadores de América e também atuou na Seleção Brasileira.

Com este time, o Corinthians triunfou com folga no primeiro turno do Brasileirão 2017, conquistando 47 de 57 pontos possíveis, estabelecendo aproveitamento de 82,5%.

Será mesmo que se trata de um time limitado? E será que é natural ter a quinta pior campanha do returno?

Coluna do Walter Falceta

Por Walter Falceta

Walter Falceta Jr. é paulistano, jornalista, neto de Michelle Antonio Falcetta, pintor e músico do Bom Retiro que aderiu ao Time do Povo em 1910. É membro do Núcleo de Estudos do Corinthians (NECO).

O que você achou do post do Walter Falceta?

  • Comentários mais curtidos

    Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 263º

    Rafael 3007 comentários

    por @rafablack

    Problema do Corinthians é desgastar os homens de criação marcando lateral adversário, Carille só se preoculpa com a defesa, não é atoa que usa 2 volantes
    Corinthians sem bola: Jô atrás da linha da bola
    Corinthians com bola, Jadson e Rodriguinho quase na grande área

    A gente entende que o time precisa voltar pra marcar, fechar espaço, mas ver o Jadson indo até a linha de fundo marcando o lateral adversário? Rodriguinho vindo quase na entrada da área? Ai quando precsia que os 2 tenham pique pra voltar e criar o jogo tá os 2 sem folego porque estão marcando

    Corinthians hoje joga no 4-2-3-1 mas está mais pra um 4-5-0-1 os meias são marcadores não armadores por mais que seja a característica armar estão mais focados em marcar, esse é o esquema do Carille que vinha dando certo até então, porém já deu, ninguém mais vem pra cima do Corinthians babando como vinham no começo do ano
    tá na hora do time começar a jogar no ataque

  • Foto do perfil de Juliao

    Ranking: 221º

    Juliao 3271 comentários

    por @juliao.petruquio

    Não jogamos bem em 2017 quando fomos os favoritos. Como zebras ganhamos o paulista e fizemos a campanha surpreendente na primeira fase. Jogando como o time a ser batido o rendimento caiu. Carille se acomodou. Arana sumiu, não avança e deixou de marcar. Assim como o Fagner que além de não apresentar um futebol decente ainda esta procurando o porque da não convocação. Rodriguinho acha que pode resolver um jogo sozinho. Perde muita bola porque prende o jogo e erra 10 de 9 passes. Jadson esta da mesma forma que o Vagner Love eateve no início no Timão em 2015. Porém tivemos um técnico de saco roxo que o deixou treinando finalizações, e nível técnico. O Jadson poderia se tocar e pedir para não ser escalado. O Romero nunca foi um jogador que pudesse decidir. Antigamente corria, voltava, marcava e roubava bolas. Hoje corre menos, reclama mais, faz faltas bobas e erra chutes e passes. Outro que deveria treinar mais e pegar banco. O Maicon está abaixo da critica. Me recuso a comentar.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de aparecido

    Aparecido 23 comentários

    126º. por @cido1

    Todas a vezes que tivemos pressão empatamos com o medo na mão é hora de segurar o time e fazer crscer a auto estima desses atletas muito bons.

  • Foto do perfil de aparecido

    Aparecido 23 comentários

    125º. por @cido1

    O time e bom o problema e que agora e hora de separar os homens das crianças, um técnico experiente seria bem melhor, foi assim com Tite e mano Menezes na hora do aperto deu tudo certo.

  • Foto do perfil de William

    Ranking: 6786º

    William 143 comentários

    124º. por @de.barros

    O time não é ruim, claro que os jogadores tem sua parcela de culpa mas a maior parte é do Carille que insiste nos mesmos jogadores que vivem momentos ruins enquanto tem outros em bom momento no banco, além de não ter nenhuma variação tática em mente.

  • Foto do perfil de Mario

    Ranking: 2067º

    Mario 596 comentários

    123º. por @mario.carranza

    Leite de pedra? Nao, acho que botaram uma pedra no leite!de todos os que nombrou, só no concordo com um, por uma questão de gosto, e não e o Romero.mas esqueceu da personagem principal do time :o auxliar.quem era o auxiliar mesmo? No começo do ano quiais eram os comentários neste mesmo blog? Esta e a realidade do que tinha o Corinthians, de resto concordo com você.o único que voltou a realidade do que era foi o auxiliar, um eterno milton cruz, mortuosa, o.o, ...

  • Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 263º

    Rafael 3007 comentários

    122º. por @rafablack

    Sorte não, técnica, coisa que muitos atletas não tem na hora de finalizar
    são ótimos no passe, no cruzamento algumas vezes erram, mas na finalização muitas vezes acertam a arquibancada

    Foto do perfil de Jose

    Jose 18 comentários

    28/10/2017 às 17h49 por @ecletico

    Correto. A bola tem que chegar no jô e no Romero o resto é com eles e a sorte

  • Foto do perfil de Jose

    Jose 18 comentários

    121º. por @ecletico

    Correto. A bola tem que chegar no jô e no Romero o resto é com eles e a sorte

    Foto do perfil de Rafael

    Rafael 3007 comentários

    27/10/2017 às 18h19 por @rafablack

    O ruim do Rodriguinho é que ele joga apenas pra ele, se ele pegar essa bola no meio campo é mais fácil ele querer resolver sozinho do que tocar a bola, quantos lances ele não tenta finalizar tendo o colega melhor posicionado do lado pedindo a bola, é foda enquanto ele não perder isso vai continuar sempre na mesmisse

    Única coisa que eu espero é que eles calem minha boca e joguem bem nos próximos jogos porque do jeito que estão não vão conseguir o título

  • Foto do perfil de Jose

    Jose 18 comentários

    120º. por @ecletico

    Discordo. O Carille es´ta fazendo com esse elenco (se é podemos dizer assim) limitadíssimo muitos técnicos de renome gostariam de fazer tirar leite de pedra mesmo e como se fosse pouco as paralizações inclusive da seleção brasileira é compreensível que os atletas perderam o pique. Mas nem tudo está perdido vamos retomar o caminho das vitórias e chegaremos. Sou louco? E daí sou corithiano meu. Vai Corinthians!

  • Foto do perfil de Rafael

    Ranking: 263º

    Rafael 3007 comentários

    119º. por @rafablack

    O ruim do Rodriguinho é que ele joga apenas pra ele, se ele pegar essa bola no meio campo é mais fácil ele querer resolver sozinho do que tocar a bola, quantos lances ele não tenta finalizar tendo o colega melhor posicionado do lado pedindo a bola, é foda enquanto ele não perder isso vai continuar sempre na mesmisse

    Única coisa que eu espero é que eles calem minha boca e joguem bem nos próximos jogos porque do jeito que estão não vão conseguir o título

    Foto do perfil de William

    William 650 comentários

    27/10/2017 às 09h15 por @william.pereira1

    Sim, o que me assustou no jogo passado foi o Gabriel ser o camisa 10, ele pegava a bola dos zagueiros e estava aparecendo para dar o último passe, ou seja, não íamos fazer gol mesmo! Lógico, admiro a vontade dele, mas quem tem que fazer isso é o Jadson e o Rodriguinho que um está fora de forma técnica sem acerta um passe e o outro se sentindo o Zidane, é foda.

  • Foto do perfil de William

    Ranking: 1875º

    William 650 comentários

    118º. por @william.pereira1

    Sim, o que me assustou no jogo passado foi o Gabriel ser o camisa 10, ele pegava a bola dos zagueiros e estava aparecendo para dar o último passe, ou seja, não íamos fazer gol mesmo! Lógico, admiro a vontade dele, mas quem tem que fazer isso é o Jadson e o Rodriguinho que um está fora de forma técnica sem acerta um passe e o outro se sentindo o Zidane, é foda.

    Foto do perfil de Rafael

    Rafael 3007 comentários

    25/10/2017 às 21h52 por @rafablack

    Famoso 'chutao'

    Não sei se reparou nisso, Jadson quase na intermediária, e Rodriguinho voltando, bola para o Rodriguinho e volta pra zaga
    quando inverte tem a possibilidade de dar ligação no ataque (quando é o Jadson que vem buscar) pra mim Jadson deveria jogar exatamente ali naquele lugar, dali ele arma o time, se não render ali não vai render em nenhum lugar pode por direita esquerda que vai ser a mesma coisa

    Se a bola não vem para o armador o time não progride, fica nisso presa de um lado ou presa do outro até voltar pra trás e tentar ligar o ataque direto

  • Foto do perfil de Moises

    Ranking: 409º

    Moises 2237 comentários

    117º. por @moises.mitsuo.itaya

    Não entendo pessoal
    Era para nós estarmos voando em campo não entendo isso

    Foto do perfil de Juliao

    Juliao 3271 comentários

    24/10/2017 às 22h56 por @juliao.petruquio

    Não jogamos bem em 2017 quando fomos os favoritos. Como zebras ganhamos o paulista e fizemos a campanha surpreendente na primeira fase. Jogando como o time a ser batido o rendimento caiu. Carille se acomodou. Arana sumiu, não avança e deixou de marcar. Assim como o Fagner que além de não apresentar um futebol decente ainda esta procurando o porque da não convocação. Rodriguinho acha que pode resolver um jogo sozinho. Perde muita bola porque prende o jogo e erra 10 de 9 passes. Jadson esta da mesma forma que o Vagner Love eateve no início no Timão em 2015. Porém tivemos um técnico de saco roxo que o deixou treinando finalizações, e nível técnico. O Jadson poderia se tocar e pedir para não ser escalado. O Romero nunca foi um jogador que pudesse decidir. Antigamente corria, voltava, marcava e roubava bolas. Hoje corre menos, reclama mais, faz faltas bobas e erra chutes e passes. Outro que deveria treinar mais e pegar banco. O Maicon está abaixo da critica. Me recuso a comentar.