Os empresarios pressionaram e...

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Kaique #2.752 @kaiquegavioes em 22/02/2015 às 18:01

E ai o sr Luciano entra em campo e erra mais passe que eu aqui no time da vila..

O petros não foi horroroso, mas também nada que justifique seu empresário ter chilique e vir a publico que ele tem que ter mais chances..

Por mim, que os dois saiam de mão dadas, tem vários jogadores na frente deles, fora nossa base que nem está sendo testada..

3.312 visualizações e 104 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Juan Marcus #3.549 @juan.marcus em 22/02/2015 às 18:21

Tem que tentar a vaga no grito, porque na bola ambos são fracos.

Unforgiven 27 #699 @unforgiven27 em 22/02/2015 às 19:23

Petros é voluntarioso e nada mais, não arma jogadas, marca com eficiencia e só, nada que justifique o descontentamento com a reserva, não é nenhum craque pra reclamar

Últimas respostas

Bruno Matheus F. E Silva #36 @brunomatheeus em 01/03/2015 às 17:54

Você que não teve discernimento. Você falou para comparar históricos e eu disse que isso é impossível. Não queira transferir pra mim suas contradições e faltas de argumentos.

E além disso, não comparei os jogadores, comparei as situações.

Mas já vi que não vamos chegar a lugar nenhum aqui. Parei com você.

Publicidade

Bruno Matheus F. E Silva #36 @brunomatheeus em 01/03/2015 às 13:24

Exatamente isso, contra fatos não há argumentos. E o fato é que você tem birra do jogador, mas não quer admitir, quem frequenta esse fórum sabe que isso existe muito aqui, a birra, exatamente seu caso. Não estou perdendo argumentos, também só disse verdades, tanto é que exemplifiquei o Fábio Santos e o lance do Diego Souza e você vem com 'o Petros não serve pra limpar chuteiras do Alessandro', baita argumento! 
E sinceramente, acho que você está perdido. Como vou comparar históricos de um jogador já aposentado, que jogou 5 temporadas aqui, com um que começou a carreira há pouco tempo e só agora está jogando num time grande, impossível.

Bruno Matheus F. E Silva #36 @brunomatheeus em 28/02/2015 às 20:29

Você não tá me entendendo. Não é só com o o Petros que isso acontece. Quantas vezes não vemos empresário tumultuar ambiente assim? É só aassistir programa esportivo duas vezes no mês que você vê uma situação assim.
Sobre o Alessandro, é exatamente a mesma situação do Petros, tem raça, da algumas assistências e faz gol de vez em quando. Eu duvido que você enxergaria todo esse mérito no Alessandro se o lancedo Diego Souza tivesse entrado É que ele estava naquele time campeão de tudo, isso 'maquiou' um pouco a falta de qualidade técnica dele. Mas assim como o Petros, não é mau jogador. Ambos compensam a falta de técnica com raça e disposição em campo.
E em relação ao Petros estar segundo você sempre envolvido com com a arbitragem, nada ver. A única polêmica foi aquela com o Claus. É birra sua sim.

Corinthianudo Da Silva #1.255 @corinthianudo em 26/02/2015 às 21:32

Se o Petros falou isto na matéria, então nem tenho doq reclamar. Ele está certo.

Vai, Corinthians!

Bruno #36 @brunomatheeus em 25/02/2015 às 23:33

" " Sim. Entendo seu ponto de vista, e claro que ninguém é santo. Mas se você mesmo disse que sabe como isso funciona, então sabe que esse tipo de situação não é nada incomum no futebol. Por isso eu tenho tanta certeza que é coisa do empresário.
Inclusive, eu li a matéria. E ele não fala nada sobre sair do Corinthians pra buscar o espaço dele. O Petros disse que independente do clube que ele estivesse, iria buscar seu espaço no time como está fazendo no Corinthians. Isso é óbvio, todo jogador que jogar. Ou seja, ele não falou nada demais. Se formos ver, é a mesma linha de raciocínio do Roberto de Andrade, quando disse que ninguém é inegociável.

Bruno Matheus F. E Silva #36 @brunomatheeus em 26/02/2015 às 18:49

Mas é exatamente o que eu disse. Tanto ele quanto o Alessandro não têm nem um pouco de técnica com a bola nos pés.
Mesmo assim é muito bom taticamente, é um jogador inteligente, que mantém uma regularidade. Todo mundo ano passado elogiava o cara, isso que acho ridículo. Era 'Van Petros' e etc...
O que realmente acontece é que o pessoal desse fórum tem que estar sempre cornetando alguém, senão, não são felizes.
Fábio Santos é um exemplo. É líder, é importante para o time, tem liderança, tem qualidade com a bola nos pés e ainda assim é perseguido. Acho que a história do empresário do Petros é só um pretexto para o pessoal daqui fazer o que faz de melhor: cornetagem!

Bruno Matheus F. E Silva #36 @brunomatheeus em 25/02/2015 às 23:37

Ridícula? Você não apresentou argumento pra me afrontar. Posso falar que você que está com birra do jogador e não consegue analisar racionalmente.
Falar que o Alessandro é um líder e que era posição diferente não significa nada. Líderes se formam com o tempo. O que é que impediria o Petros de ser um líder como o Alessandro foi? Sem se basear em achismo. Sobre a posição diferente, não preciso nem te explicar que tanto um lateral como um meio campista precisam ter qualidade com a bola nos pés. Coisa que nenhum dos dois exalam.
Sobre o empresário, não é questão de personalidade, é questão de negócios. O empresário vê seu atleta como uma mercadoria e o clube como uma vitrine. Se o jogador está jogando, está em evidência. Estando em evidência, existe maior chances de receber propostas boas, pelas quais o empresário leva uma boa porcentagem. Se o atleta não joga, o empresário planta esse tipo de notícias na mídia tendenciosa e busca outra vitrine para a sua mercadoria, e está feita a 'crise'.

Bruno Matheus F. E Silva #36 @brunomatheeus em 25/02/2015 às 23:33

Sim. Entendo seu ponto de vista, e claro que ninguém é santo. Mas se você mesmo disse que sabe como isso funciona, então sabe que esse tipo de situação não é nada incomum no futebol. Por isso eu tenho tanta certeza que é coisa do empresário.
Inclusive, eu li a matéria. E ele não fala nada sobre sair do Corinthians pra buscar o espaço dele. O Petros disse que independente do clube que ele estivesse, iria buscar seu espaço no time como está fazendo no Corinthians. Isso é óbvio, todo jogador que jogar. Ou seja, ele não falou nada demais. Se formos ver, é a mesma linha de raciocínio do Roberto de Andrade, quando disse que ninguém é inegociável.

Corinthianudo #1255 @corinthianudo em 23/02/2015 às 23:40

" "

Isso eu sei como funciona, mas eu não tenho certeza se o Petros é correto nos bastidores(nas conversas com seu empresários) e é santo...

Talvez eu tente ver a matéria que falava que Petros disse jogar por outro clube, se não tivesse chances no Corinthians. Coisa que não vejo em muitos jogadores europeus. Sei lá. Tem jogador que tem o pai como empresário(entendo que nem todos tem essa 'chance') e acho que o jogador tá acima do empresário, então... Fica esse negócio de empresário soltar groselha e o jogador negar, que eu estranho um pouco.

Louco Por Ti Corinthians #122 @rvidalmina em 23/02/2015 às 23:49

Um CONE tem mais vontade que esse Luciano.

Corinthianudo Da Silva #1.255 @corinthianudo em 23/02/2015 às 23:40

Isso eu sei como funciona, mas eu não tenho certeza se o Petros é correto nos bastidores(nas conversas com seu empresários) e é santo...

Talvez eu tente ver a matéria que falava que Petros disse jogar por outro clube, se não tivesse chances no Corinthians. Coisa que não vejo em muitos jogadores europeus. Sei lá. Tem jogador que tem o pai como empresário(entendo que nem todos tem essa 'chance') e acho que o jogador tá acima do empresário, então... Fica esse negócio de empresário soltar groselha e o jogador negar, que eu estranho um pouco.

Bruno #36 @brunomatheeus em 23/02/2015 às 23:33

" " E simples: o empresário enxerga o jogador como uma mercadoria e o clube como uma vitrine. Se o atleta tem chances, estará mais propenso a receber ofertas, pelas quais o empresário também leva uma bela porcentagem. Se atleta não joga, o empresário planta essas notícias na mídia pra ver se consegue outra vitrine pra exibir sua mercadoria novamente.

Bruno Matheus F. E Silva #36 @brunomatheeus em 23/02/2015 às 23:33

E simples: o empresário enxerga o jogador como uma mercadoria e o clube como uma vitrine. Se o atleta tem chances, estará mais propenso a receber ofertas, pelas quais o empresário também leva uma bela porcentagem. Se atleta não joga, o empresário planta essas notícias na mídia pra ver se consegue outra vitrine pra exibir sua mercadoria novamente.

Corinthianudo #1255 @corinthianudo em 23/02/2015 às 23:26

" "

Ví um título de matéria dizendo que Petros disse pensar em ir pra outro clube, ao invés de tentar ganhar na bola a sua vaga. Acabei não vendo a matéria, mas não sei, né? E outra, porque o jogador não prensa o empresário e deixa esse falar qualquer coisa? Jogador não tem personalidade? Fico com um pé atrás.