Entrevista Renato Augusto

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Leandro #6.074 @lekko em 04/03/2016 às 09:24

Li a entrevista que o Renato Augusto deu ao jornal o Lance.

'...quem vai poder garantir isso? Mas acredito que nenhuma proposta da Europa chegaria perto do que me ofereceram aqui. Até tive uma oferta boa do Schalke, já fiquei um pouco balançado. Do outro lado, eu tinha o Tite e um outro fator que pesou também'

Isso mostra que jogador de futebol só corre em campo por duas coisas.

A primeira claramente é o dinheiro!

A segunda, é pelos próprios jogadores e comissão técnica.

Ano passado quando alguns jogadores ficaram com seus salários, muitos acharam que eles iriam fazer corpo mole, mas todos correram em lutaram por um só objetivo. O elenco!

Antes de ficar mandando recadinhos pra jogadores voltarem para o Corinthians ou pra sempre contratados, vamos levar isso em conta. Eles são profissionais, não amam o clube!

9.400 visualizações e 125 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

O Maior Do Mundo #591 @julio.cesar48 em 04/03/2016 às 09:31

Quem ama o clube é os torcedores, jogador só vai lá para levar dinheiro...

Vitor Silva #825 @escrib em 04/03/2016 às 09:55

Amor a camisa ficou nos anos 70, depois tudo virou um grande negócio cheio de negociatas. Hoje nem os dirigentes amam os clubes que dirigem, tudo é apenas e somente DINHEIRO E PODER.

Últimas respostas

Inha Flavio B. Souza #1.417 @inha.flavio.b.souza em 06/03/2016 às 11:17

Enquanto tah no Timão ótimo, depois que sai pra mim jah era, nem acompanho mais,

Publicidade

O Maior Do Mundo #591 @julio.cesar48 em 06/03/2016 às 10:10

Dúvido...

Cyntia #3 @cyncy em 05/03/2016 às 13:03

" "

O Romero recusou propostas milionárias pra ficar no Corinthians.

O Maior Do Mundo #591 @julio.cesar48 em 06/03/2016 às 10:09

E o que eu falei de diferente de você? Quem ama o clube é os torcedores, jogador vai lá para levar dinheiro ou seja trabalhar...

GHIO #4456 @ghiosilva em 05/03/2016 às 09:18

" "

Concordo com a primeira parte do seu comentário... A segunda parte eu acho jogadores vão lá pra trabalhar, todo o trabalho tem que ser renumerado...

Vitor Silva #825 @escrib em 06/03/2016 às 00:03

Por isso que nossa seleção é uma grande piada hoje em dia, um time recheado de mercenários com uma direção de corruptos.

Rodrigo #447 @rodrigo.rhhr em 05/03/2016 às 23:15

" "

Isso é capitalismo, patriotismo e sentimentalismo social são ideologias comunistas

Rodrigo Rhhr #447 @rodrigo.rhhr em 05/03/2016 às 23:15

Isso é capitalismo, patriotismo e sentimentalismo social são ideologias comunistas

Vitor #825 @escrib em 04/03/2016 às 09:55

" "

Amor a camisa ficou nos anos 70, depois tudo virou um grande negócio cheio de negociatas. Hoje nem os dirigentes amam os clubes que dirigem, tudo é apenas e somente DINHEIRO E PODER.

Lucas Palomo #498 @luqinhas em 05/03/2016 às 20:41

Concordo, na alemanhã tem o Marco Reus, Beyern já fez de tudo pra levar ele e ele recusa porque ama o Borussia, seria bom se o futebol tivesse mais atletas com o mesmo pensamento, Admiravel..

Paulo #1400 @paulo.edson1 em 05/03/2016 às 19:31

" "

Ceni e Marcos foram os últimos que amavam e ficaram por amor a camisa

Julio Cézar #322 @julioblack em 05/03/2016 às 20:16

Eu sei...

Paulo Edson #1.400 @paulo.edson1 em 05/03/2016 às 19:34

Quem ama o clube somos nós, eles são funcionários e jogam pelo salário, isso é fato. Desde que tais funcionários rendam e honrem o manto corinthiano pra mim tá bom. Não adianta se iludir com promessa de jogador

Paulo Edson #1.400 @paulo.edson1 em 05/03/2016 às 19:31

Ceni e Marcos foram os últimos que amavam e ficaram por amor a camisa

Lucas #498 @luqinhas em 05/03/2016 às 13:08

" "

Não sou Anti, mas em relação a amor a camisa eu admiro o Rogerio Ceni, sem clubismo..

Paulo Edson #1.400 @paulo.edson1 em 05/03/2016 às 19:30

Amor à camisa já era, infelizmente

Vitor #825 @escrib em 04/03/2016 às 09:55

" "

Amor a camisa ficou nos anos 70, depois tudo virou um grande negócio cheio de negociatas. Hoje nem os dirigentes amam os clubes que dirigem, tudo é apenas e somente DINHEIRO E PODER.