(Péssima) Entrevista do Andrés Sanchez à ESPN

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Thiago #126 @thiago.silva133 em 17/11/2017 às 11:09

ESPN – Por que você decidiu voltar para o Corinthians?
Andrés – Como todo mundo sabe, houve uma dissidência no nosso grupo nos últimos dois anos. Eu realmente não queria sair como candidato novamente, mas, pelo que nós discutimos e falamos, se eu não fosse candidato, talvez ele saísse muito mais dividido. Então me convenceram, insistiram bastante – era para a gente ter lançado a candidatura há uns 40 dias –, eu relutei, mas, graças a Deus, é uma paixão, também, e temos que procurar fazer o melhor pelo Corinthians.

ESPN – Você vai pedir licença do mandato de deputado?
Andrés – Principalmente no começo. Vou me licenciar por um período, que tenho direito, e depois a gente continua vendo o que faz.

ESPN – O clube hoje está dividido? A possibilidade é de vários candidatos na eleição.
Andrés – Isso não é... A divisão não é essa no clube. A divisão dos candidatos não é isso. A divisão é que foi aprovado no ano passado, no estatuto, chapinhas para o conselho, e isso realmente dividiu bastante o clube. O eleitorado é pequeno, só tem 500 candidatos ao conselho.


ESPN – Hoje já existem 18 chapinhas. Como você está...
Andrés – (interrompe)... 21.

ESPN – Isso vai ser benéfico para o clube?
Andrés – Não. Chapão já era uma coisa ultrapassada. Nós temos que ir ou proporcional ou individual. A chapinha é o pior meio para o clube. Divide muito o clube, sai muita discussão, cada departamento faz uma chapa, cada grupo faz uma chapa, e isso divide muito o clube e é ruim para o clube. É ruim para a instituição.

ESPN – E essa divisão dentro da própria chapa de vocês? Tem o Ezebella, que saiu...
Andrés – (interrompe)... Não, não, não. Não tem divisão na chapa. Quem saiu, saiu.

ESPN – O diretor de finanças que era seu também saiu.
Andrés – Que seja feliz.

ESPN – Mas por que teve essa divisão?
Andrés – Pergunta para ele.

ESPN – Teve alguma briga interna?
Andrés – Briga pelo poder. Eles acham que estão no direito de tentar ter o poder com o projeto novo deles, que tenham boa sorte. O importante é frequentar o clube.

ESPN – E a sua relação com o Roberto, hoje? Como é?
Andrés – Excelente.

ESPN – Você vai ser o sucessor dele, se vencer, e ele não está aqui.
Andrés – Ele estará no jogo à noite. Ele está no CT do Corinthians.

ESPN – Mas o jogo é só às 22h (eram 17 horas).
Andrés – Mas ele tem que estar no CT desde manhã. Espero que ele tenha ido almoçar lá, tomado café lá e ter ficado lá. E com certeza foi. Todo mundo sabe que o Roberto está me apoiando, é do nosso grupo, é parceiro, e não está aqui por um obséquio.

ESPN – E vocês são amigos? Se falam diariamente?
Andrés – Não, diariamente não. Tem amizade. Eu não briguei com o Roberto, nunca. Nunca estive rachado com o Roberto. Quando ele precisou, ele me ligou. Quando eu precisei, eu liguei. Se ele não precisou, não me ligou e, se eu não precisei, não liguei.

ESPN – Quando você decidiu que ia voltar, ele te deu algum telefonema, uma palavra de apoio?
Andrés – Ele participou de várias reuniões para decidir meu nome. Aliás, em algumas eu nem estava presente. Ele estava presente e foi um dos que bateu que tinha que ser meu nome.

ESPN – E como você vê a gestão do Roberto? Que nota você daria de 0 a 10?
Andrés – Dois Campeonatos Brasileiros e um Paulista? Nove.

ESPN – No mês passado, teve uma reunião do conselho no fim do mês passado para falar das contas da Arena. Por que você não foi?
Andrés – Porque eu estava em Brasília e não podia estar presente. Mas todos os conselheiros, todo mundo sabe das contas da Arena.

ESPN – Falaram que a dívida estava em 1 bilhão e 700. Um bilhão e 300, sem contar as CIDs.
Andrés – Não, na reunião foi passado R$ 980 milhões, que é o que custou a Arena.

ESPN – R$ 1,3 bilhão, sem as CIDs dá R$ 1,7 bilhão.
Andrés – Você vai perguntar e responder ou vai deixar eu responder?

ESPN – Pode responder, por favor.
Andrés – Então tá bom. É R$ 1,3 bilhão hoje, se você contar os juros que têm até 2028. Mas o estádio custou R$ 980 milhões.

ESPN – Mas os juros contam, também.
Andrés – É isso aí.

ESPN – Então a conta está em R$ 1,7 bilhão, não é isso?
Andrés – Não está em R$ 1,7 bilhão, quem falou que está em R$ 1,7 bilhão?

ESPN – Foi dito na reunião. Porque também tem os cerca de R$ 400 milhões das CIDs.
Andrés – A CIDs não é despesa, a CIDs é lucro.

ESPN – Lucro? Quanto foi vendido até agora?
Andrés – Uns R$ 40,50 milhões.

ESPN – Mas a maioria foi para a Odebrecht, né?
Andrés – Uma grande parte. E qual o problema disso?

ESPN – Mas qual você...
Andrés – (interrompe) A tua Folha, a UOL comprou, também.

ESPN – Mas eu sou da ESPN.
Andrés – Comprou, também. Se não comprou é porque não tem crédito.

ESPN – Eram R$ 490 milhões de CIDs. Porque só vendeu R$ 40 ou 50 milhões?
Andrés – Porque o Ministério Público questionou na Justiça e, hoje, realmente há uma insegurança para quem vai comprar.

ESPN – O tema 'Lava Jato' também atrapalhou?
Andrés – Que? Não está na Lava-Jato.

ESPN – O ministro Teori Zavascki autorizou uma abertura de inquérito contra você?
Andrés – Comigo, não. Isso é mentira. Isso é mentira. Eu não estou em Lava-Jato nenhuma, cara.

ESPN – No fim do ano passado, isso foi divulgado nos principais jornais e...
Andrés – (interrompe)... É mentiroso quem divulgou. Eu não estou em Lava-Jato nenhuma, cara. Se você é jornalista, vai lá e vê no STF.

ESPN – Por ser jornalista, eu estou te perguntando.
Andrés – Perguntando, não. Você está afirmando. Eu estou te falando que eu nunca estive na Lava-Jato. Isso é invenção da imprensa.
NOTA DA REPORTAGEM: A ESPN também procurou o STF, que informou existirem atualmente seis inquéritos abertos contra Andrés Sanchez. Além disso, podem existir outros que estejam em segredo de Justiça e não aparecem na busca comum por acompanhamento processual, o que, segundo noticiaram os portais do G1, do Globo, do Estadão, da Folha de SP, do Lance, entre outros, em 10 de novembro de 2016, é o caso do inquérito de Andrés na Lava Jato.

ESPN – Então, a culpa é da imprensa por ter publicado que um inquérito seria aberto contra você na Lava Jato?
Andrés – Tudo o que vocês escrevem de ruim, é ruim para a imprensa, é ruim para todo mundo. É ruim para o estádio, vocês não falam Arena Corinthians, falam outro nome. Tudo isso é ruim.

ESPN – A ESPN fala Arena Corinthians.
Andrés – Vamos ver depois. Vamos ver depois.

ESPN – Depois de quando?
Andrés - Depois que tiver um nome.

ESPN - Mas vai ter nome?
Andrés - Não sei, se você pagar R$ 400 milhões pode ter um nome.

ESPN - Por que não tem nome ainda, então?
Andrés - Por que ninguém paga R$ 400 milhões.

ESPN - A primeira vez que você falou que o estádio teria um nome 'nos próximos dias' foi em 2012 e...
Andrés - (interrompe)... Ninguém quis pagar R$ 400 milhões!

ESPN - Várias vezes você disse que estava próximo. O que aconteceu que não saiu?
Andrés - Ninguém quis pagar R$ 400 milhões!

ESPN - Você ainda tem esperança que vai sair?
Andrés - Um dia sai.

ESPN - Então, mesmo hoje você só fecha por R$ 400 milhões e...
Andrés - (interrompe)... Se você falar de novo, vai ser R$ 420 milhões.

ESPN - E se oferecerem menos que R$ 400 milhões?
Andrés - Se o cara pagar R$ 400 milhões, fechamos. Se não pagar, não.

ESPN - Você já chegou a dizer que tinham sete interessados e...
Andrés - (interrompe)... Eu não falei.

ESPN - Falou, sim. Em uma sabatina da Folha de São Paulo, no dia 6 de fevereiro de 2012, no shopping Pátio Higienópolis.
Andrés - (interrompe)... Falei há quatro, cinco anos atrás!

ESPN - E hoje, tem alguma empresa negociando?
Andrés - Hoje, quem está negociando é o Roberto.

ESPN - Hoje, então, você não participa de mais nada com relação ao estádio?
Andrés - Só quando o presidente pergunta.

ESPN - E você sendo presidente de novo, como trata a questão dos naming rights?
Andrés - Como?

ESPN - Se você vencer a eleição, como vai resolver os naming rights?
Andrés - Isso é problema da diretoria do Corinthians

ESPN - Se você vencer, você será da diretoria.
Andrés - Mas não vou te falar. Tenho a minha estratégia. Vocês vão saber lá na frente.

ESPN - A economia como está hoje atrapalha?
Andrés - Tudo atrapalha.

ESPN - O Palmeiras fechou bem antes de inaugurar.
Andrés - Eles são mais competentes que nós.

ESPN - Você acha isso?
Andrés - Acho. O Palmeiras é enorme de competente.

ESPN - O faturamento do Palmeiras, no ano passado, foi R$ 477 milhões.
Andrés - Parabéns ao Palmeiras.

ESPN - E o do Corinthians foi R$ 352 milhões. Enquanto o do São Paulo foi R$ 374 milhões, e o do Flamengo, R$ 379 milhões.
Andrés - Parabéns ao Palmeiras, parabéns ao São Paulo e parabéns ao Flamengo. Foram competentes.

ESPN - Por que o Corinthians teve apenas o quarto maior faturamento do futebol brasileiro, ficando atrás destes clubes?
Andrés - Nós já chegamos a ser o 15º.

ESPN - Ok, mas hoje é o quarto.
Andrés - Tá bom, e amanhã vai ser o segundo. E depois vai ser o primeiro, depois o quarto de novo. Cada um tem uma estratégia para os seus anos de clube.

ESPN - Lembro que, uma vez, em 2011, você disse que...
Andrés - (interrompe)... Você pega a renda da Arena que vai para o fundo e coloca no faturamento do Corinthians. É que para vocês (da imprensa) não interessa.
NOTA DA REPORTAGEM - Explica-se: as rendas de jogos do Corinthians vão 100% para o Fundo que administra a Arena, visando quitar a dívida que ficou por conta da construção do estádio. O clube, hoje, não leva nada do que arrecada com as bilheterias das arquibancadas dos jogos como mandante.

ESPN - Continuando a pergunta que eu ia fazer e...
Andrés - Acabou (a entrevista)?

ESPN - Não. Sobre essa história do faturamento, você disse uma vez que o Corinthians seria o time mais rico e estruturado do mundo.
Andrés - Eu não falei isso. Falei que o Corinthians ia chegar entre os cinco, seis maiores do mundo.

ESPN - Ah, você não falou uma vez que o Corinthians seria um dos três times mais ricos e estruturados do mundo?
Andrés - Não. Falei dos cinco.
NOTA DA REPORTAGEM: Em entrevista de 2011 ao Sportv, Andrés disse a seguinte frase: 'Nos próximos três anos, o Corinthians será o time mais rico e estruturado do mundo'.


ESPN - Ok. O que deu errado, então?
Andrés - Não deu certo.

ESPN - Por que?
Andrés - Não deu certo.

ESPN - Por que não deu certo?
Andrés - Se eu soubesse, não tinha acontecido. Você faz umas perguntinhas também que é brincadeira.

ESPN - Estou te perguntando porque você é candidato a presidente do Corinthians.
Andrés - Quando eu for presidente do clube então você pergunta.

ESPN - Você vencendo, então, é que você responde, só?
Andrés - Não sei. Eu quero ser o primeiro de tudo.

ESPN - Ok. Você vencendo, então, vai colocar o Ronaldo onde?
Andrés - Isso é problema do Corinthians, cara. Eu não vou falar a estratégia que eu tenho para você.

ESPN - Você não está falando para mim, está falando para o torcedor que ler a entrevista.
Andrés - O torcedor que tem que saber, o sócio que tem que saber, o conselheiro que tem que saber. Eles que sabem.

ESPN - Ah, então todo mundo já sabe o que você vai fazer com o Ronaldo se vencer?
Andrés - Vamos ver.

ESPN - E o Rosenberg, vai fazer parte?
Andrés - Vai estar na gestão.

ESPN - E o Duílio?
Andrés - Vai estar na gestão.

ESPN - Como diretor?
Andrés - Pode voltar a ser diretor cultural.

ESPN - Não tem nenhum cargo definido para a diretoria, se você vencer?
Andrés - Não.

ESPN - Alguma coisa está definida? Reforços, por exemplo?
Andrés - Quando eu for presidente, você pergunta.

ESPN - Eu estou te perguntando porque você é candidato.
Andrés - Isso aí você tem que perguntar para o Roberto, cara.

ESPN - Mas você é o candidato do Roberto...
Andrés - (interrompe)... Beleza. (Levanta da cadeira e vai embora).

//////////

5.485 visualizações e 256 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Willian Duarte #436 @willian.duarte.morai em 17/11/2017 às 11:25

Mal educado e não explicou nada.

Douglas Cardoso #218 @cardoso2 em 17/11/2017 às 11:40

Péssima entrevista.

Péssimo candidato por Corinthians.

Precisamos de renovação. Uma gestão profissional, que foque o clube e não o próprio umbigo.

Andrés é o retrato de um Brasil que já mudou... Não tem porque olharmos para trás, para o retrocesso.

Últimas respostas

Freddy Krueger "mito" #2 @kruege em 26/11/2017 às 08:37

O que a lava jato tem contra o cara?

Nada.

Só indicios de coisinhas mau explicada que nem a lava jato sabe quem é.

Condinome Timão

A lava jato quer saber quem é

Caixa c2 citado na delação por aquele vagabundo é só pra diminuir a pena de prisão dele.

Nada provado e nem comprovado

Renata #261 @renata93 em 25/11/2017 às 23:11

" "

Espero que a Lava Jato, leve esse vagabundo pra Curitiba, antes disso.

Publicidade

Renata Ravaneli #261 @renata93 em 25/11/2017 às 23:11

Espero que a Lava Jato, leve esse vagabundo pra Curitiba, antes disso.

Freddy #2 @kruege em 25/11/2017 às 20:53

" "

Legal mesmo é quando chegar 2018.

Aí diminuir, quando o homem voltar

Vai arrebentar a bagaça

Freddy Krueger "mito" #2 @kruege em 25/11/2017 às 20:53

Legal mesmo é quando chegar 2018.

Aí diminuir, quando o homem voltar

Vai arrebentar a bagaça

Renata #261 @renata93 em 22/11/2017 às 16:40

" "

Andrés Ladrão pra Presidente, Presidente Bernardes.

Essa não rimou, mas seria bem legal se acontecesse.

Renata Ravaneli #261 @renata93 em 22/11/2017 às 16:40

Andrés Ladrão pra Presidente, Presidente Bernardes.

Essa não rimou, mas seria bem legal se acontecesse.

Freddy #2 @kruege em 22/11/2017 às 15:08

" "

Tome sua mamadeira que Andrés Presidente não é brincadeira

Isso sim rimou kkkkkkkkkkkkkkk

Thiago Balzary #126 @thiago.silva133 em 22/11/2017 às 15:32

Kkkkkkkkkkkkk

Freddy #2 @kruege em 22/11/2017 às 15:08

" "

Tome sua mamadeira que Andrés Presidente não é brincadeira

Isso sim rimou kkkkkkkkkkkkkkk

Freddy Krueger "mito" #2 @kruege em 22/11/2017 às 12:03

Mais uma maria vai coma s outras

Aff!

Nem sabe o que tá falando

Renata #261 @renata93 em 17/11/2017 às 14:29

" "

Deus te ouça, para o bem do Corinthians, precisamos nos livrar desse câncer, esse Eurico Miranda do Parque São Jorge.

Thiago Balzary #126 @thiago.silva133 em 21/11/2017 às 08:10

Concordo!

Gustavo #6122 @guga77 em 20/11/2017 às 17:30

" "

Pois eu volto a repetir, fazer sem responsabilidade e superfaturando tudo, é muito fácil mesmo.

Talvez os outros presidentes não quiseram fazer dessa maneira, pra não arrumar uma dívida impagável e jogar o Clube num fundo de poço Financeiro.

Mas o desonesto Sanchez, se aliou ao PT e á corrupta Odebrecht e deu esse presente de grego para Nação corinthiana.

Detalhe, é que o próprio presenteado, terá que arcar com essa trolha bilionária, arquitetada por esse bando de picaretas.

Bira Deodato #258 @deodato em 20/11/2017 às 23:19

Beleza Gustavo, eu penso diferente de você, faz parte da vida. Fica na paz aí, abraço.

Gustavo #6122 @guga77 em 20/11/2017 às 17:30

" "

Pois eu volto a repetir, fazer sem responsabilidade e superfaturando tudo, é muito fácil mesmo.

Talvez os outros presidentes não quiseram fazer dessa maneira, pra não arrumar uma dívida impagável e jogar o Clube num fundo de poço Financeiro.

Mas o desonesto Sanchez, se aliou ao PT e á corrupta Odebrecht e deu esse presente de grego para Nação corinthiana.

Detalhe, é que o próprio presenteado, terá que arcar com essa trolha bilionária, arquitetada por esse bando de picaretas.

Gustavo Costadelli #6.122 @guga77 em 20/11/2017 às 17:30

Pois eu volto a repetir, fazer sem responsabilidade e superfaturando tudo, é muito fácil mesmo.

Talvez os outros presidentes não quiseram fazer dessa maneira, pra não arrumar uma dívida impagável e jogar o Clube num fundo de poço Financeiro.

Mas o desonesto Sanchez, se aliou ao PT e á corrupta Odebrecht e deu esse presente de grego para Nação corinthiana.

Detalhe, é que o próprio presenteado, terá que arcar com essa trolha bilionária, arquitetada por esse bando de picaretas.

Bira #258 @deodato em 18/11/2017 às 02:06

" "

Gustavo essa mesma galera que fala mal, mudou o estatuto pra melhor, estruturou o CT e implantou o CIFUT, aumentou as entradas, tirou o Corinthians do bolo que o clube dos 13 dava uma grana baixa pra gente, estamos há uma década colhendo frutos pela estruturação que fizeram de 2008 pra cá. Falam mal sempre, mas quase todo ano ganhamos um título, não é comemoração de título que diz que o trabalho é bem feito, tudo isso é fruto de estruturação dessa galera que está há 10 anos.

Tirar do papel o estádio mesmo que questione, não é nada fácil como fala, senão Dualib teria tirado, Citadini que passou antes, Vicente Matheus e muitos outros. Requer alinhar com muita gente pra se fazer uma obra de porte grande. Falar é fácil, difícil é fazer.

Willian Duarte #436 @willian.duarte.morai em 19/11/2017 às 17:42

E o torcedor que lê a matéria?