A Arena foi um bom negócio?

Fórum do Corinthians
Tópico Lendário Entenda as regras

Filipe #4.171 @filipe.calasans em 08/06/2016 às 02:24

Hoje estava lendo uma matéria em que explicava o litígio entre Minas arenas e o Cruzeiro, onde ela explica o contrato em que o Cruzeiro acordou mandar os jogos lá enquanto que a concessionária receberia 25% e o time teria o 'privilégio' de ter prioridade nos jogos. Pois bem, segundo a reportagem tudo azedou quando o Kalil conseguiu uma brecha com o governo do estado para jogar de graça a final da Libertadores. Com isso o Cruzeiro, achou uma brecha no contrato em que a Minas Arenas teria que cobrir eventuais propostas melhores apresentadas à concorrência. Nesse caso, jogar de graça no estádio.

No bairro da zona oeste tem um time que cedeu o espaço do terreno de área valorizada para que uma construtora construisse um estádio e em troca poderia jogar lá. Porém, a construtora tem prioridade no agendamento de eventos caso o agendamento ocorra com atecedência mínima estipulada em contrato. Advogam eles que isso viabilizou a arena deles, porém o que podemos constatar é que a eficiência da construtora em capitalizar o local está fazendo o time jogar 1 vez no mês, chuto eu, fora do local.

No Rio, os times não conseguem tornar o estádio sob concessão privada em um equipamento rentável dado a falta de torcida, a má concepção da reformulação do estádio que retirou as gerais e a falta de futebol de bom nível dentro das quatro linhas.

Se somam a esses casos: o litígio do Grêmio com a construtora da sua arena para a sua compra em definitivo. Arenas públicas em cidades que não possuem time de expressão para encher as arquibancadas o ano todo.

Nesse ceário, me acabei me questionando: A Arena Corinthians foi um bom negócio?

Alerta: As considerações feitas nesse post correspondem a um torcedor com ensino superior longe das áreas de direito, economia, admnistração, Marketing ou área correlatas.

Do ponto de vista estratégico para o time de Futebol SCCP: A arena acertou em cheio as necessidades do time de futebol. Possui um campo impecável de nível igual ou superior as melhores arenas do mundo. O que permite um estilo de jogo bastante fluído, correspondente à nova tendência mundial de estilo de jogo. O comando técnico do time tem conseguido tirar proveito, principalmente em esfera nacional onde os campos tem por caracteríticas serem maiores e com gramas que propiciam jogos mais lentos e cadenciados, não quando o estilo desfavorece o jogo em favor do anti-jogo. Isso se reflete em belas campanhas e uma taxa de aproveitamente invejável.

Do ponto de vista do torcedor: A arena está localizada em um bairro tipicamente corinthiano. Permite que o time desenvolva uma política de sócio torcedor centrada na fidelização de quem vai aos jogos no estádio. Com a certeza de que sempre terá a sua casa a disposição, o time vem conseguindo uma média alta em decorrência da venda antecipada de jogos pela internet. A estrutura impecável, fácil aecsso por transporte público vêm permitindo torcedores comuns que haviam deixado de ir aos jogos voltarem a frequentar com suas famílias. Contata-se uma sinergia incrível entre arena + torcida + time.

Do ponto de vista financeiro para o clube: Ao meu ver, foi um bom negócio. Primeiro porque não envolve intermediários. Ou seja, terceiros não exploram a capacidade do time de trazer torcedores ao estádio (seja com percentagem sob bilheteria, seja por aluguel do mando, seja pela cessão de cadeiras e espaços de conveniências do estádio). Nesse caso, a renda está sendo convertida em patrimônio para o clube uma vez que o imóvel está sendo pago.

Comparando com outros casos, vemos que a falta capacidade de negociação dos clubes em imporem a suas vontades irão resultar em anos de prejuízo para os mesmos, literalmente venderam a alma ao diabo. É de se eleogiar que o Corinthians não ficou refém do lobby das contrutoras que assim do término da copa assumiram os estádios transvestidos de empresas concessionárias (certamente muita propina rolou para os agentes do estado). O Corinthians não cedeu nenhum bem em troca da construção, apenas apresentou-os como garantia.

Das considerações sobre benefícios físcais: A mídia e os anti insistem em teimar que houve dinheiro público e portanto o estádio foi doado. Como isso já foi largamente debatido aqui não irei entrar nos mesmos argumentos que refutam tal ideia. Porém gostaria de dizer: Incetivos fiscais são medidas protecionistas que deveriam em sua grande maioria ser usada para beneficiar negócios nacionais e estratégicos para o país. Os times de futebol se encaixam nesse caso de estratégico e de um elemento nacional que precisa ser preservado no país. Geram muitos empregos, renda e impostos no país. Estrategicamente o governo deveria incentivar e exigir contrapartidas, tais como: responsabilidade sociais, melhoria de gestão e geração de empregos. Pouco se fala que as mais belas arenas americanas recebem inceitvos das cidades para que se instalem na localidade.

Do ponto de vista do futebol nacional, acho que por um lado a copa modernizou os campos. Porém foram poucos os clubes que conseguiram tirar proveito maior do que um 'ter um campo moderno para jogar'. A Arena colocou o Corinthians em um novo patamar de clube aqui na América do Sul. Está mostrando que sim, nós brasileiros temos capacidade de organizar um evento de alta qualidade (não só 1 vez em nunca numa copa do mundo feita por gringos). E sim manter uma estrutura permanete de banheiros impecáveis, serviço de ajuda ao consumidor, loja do clube, lanchonetes, campos bem cuidados, iluminação, sonorização, ações promocionais no intervalo e no telão. Por fim, gostaria de dizer que escrevi esse post como uma forma de levantar a nossa autoestima como brasileiors e mostrar que sou um cara apaixonado pela arena. Pois ela mostra que sim, nós podemos! Clichê, sim! Mas quem se importa... Esses comentário vem de um cara que já assistiu jogo no paca, maracanã, barradão em salvador e até mesmo já visitei arenas modernas como a de basquete de Miami (American Airlines Arena) e posso afirmar categoricamente que a Arena Corinthians é a melhor em todos os aspectos!

Mal o texto, para aqueles que tiveram saco de ler value pela paciência. Sintam-se a vontade pra comentar, elogiar e criticar. (Afinal se até o Tite é criticado, quem sou eu neh...)

Abraços

8.903 visualizações e 185 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Odanil L #743 @daniellima em 08/06/2016 às 08:08

Quando abri o tópico achei que iria ler algum ponto de vista comum da maioria dos frequentadores do fórum. Mas me surpreendi. Parabéns pelo texto. Belos argumentos apresentados.

Particularmente também enxergo que o modelo de negócios do Corinthians é melhor que o demais, por outro lado ele é mal executado. O clube peca muito nessa gestão. Um exemplo: Faz 2 anos que o estádio esta pronto e a visita monitorada ainda não esta pronta. Não tem justificativa para isso não ter acontecido ainda.

Renato Longhi #4.115 @renato.ml em 08/06/2016 às 22:28

Artigo top de linha, melhor que dezenas de textos espalhados por especialistas de plantão.

Últimas respostas

Jorge Nadersssss #585 @jorgenadersss em 10/06/2016 às 16:42

Talvez o maior problema do Corinthians, sejam o montante de técnicos, presidentes, ou donos mesmo.

A mim como sou humilde, cabe torcer sem dar palpites, as minhas opiniões são baseadas nas informações que leio sobre os dirigentes que realmente tem o poder.

ODaniL #743 @daniellima em 10/06/2016 às 10:31

" "

Respeito sua opinião mas não concordo. A Arena teve mais de 2 anos de construção nesse tempo dava para ter sido planejado totalmente o tour para que nos meses seguintes a inauguração (ou logo após a Copa) que o tour tivesse sido iniciado.

Estamos falando do estádio que foi abertura da copa do mundo e que virou referência, inclusive na parte arquitetônica por seu design arrojado.

A própria loja da Arena Corinthians, que você citou, só foi inaugurada ano passado. Com mais de 1 ano de atraso da inauguração do estádio.

Não que eu esteja subestimando toda a dificuldade operacional mas 2 anos (após a inauguração) e + de 4 anos após início da construção é muito tempo.

Publicidade

Roger Vincoletto #9.428 @roger.vincoletto em 10/06/2016 às 11:32

Quanto ao luxo, sim, cara não tem nem comparação. Fui ao show do Iron Maiden no Allianz e cara, é bem rústico, estilo Morumbi. Muito simples, mas funcional. O nosso é maravilhoso, ar condicionado, os banheiros parecem de shopping, muito mais espetacular. Não sie o quanto isso representou no custo final, mas se o 'luxo' custou tipo 300 milhõe, s preferia ficar sem.

Quanto à Odebrecth, cara, eles construiram o estádio. O com apoio de bancos estatais e do Lula. Politica de lado, ficou bem claro que tudo que é obra que envolvia bancos publicos e Odebrecht pagava propina. Tenho certeza que dinheiro foi roubado nessa obra, e isso pode vir à tona a qualquer momento em uma investigação. E eu tenho certeza que os investidore spensam nisso. Imagina a Brahma compra o naming rights e um tempo depois aparece 'Arena Brahma pagou propina para politicos do partido X'..

EU acho que isso impacta sim tanto que não duvido vender os naming rights assim que encerrar a crise politica e Lava Jato.

ODaniL #743 @daniellima em 10/06/2016 às 10:21

" "

Não entendi seu ponto de vista de associar os NR com a Odebrecht. Particularmente não vejo nenhuma relação mas se puder detalhar.

Concordo com o que você comentou de a arena poderia ser mais barata. Mas o valor que você comparou com o estádio do Palmeiras esta equivocado. Esse valor de 600 MI gastos na reforma do Parque Antartica não consideram os juros. Cheguei a ler matérias que, com juros o estádio custa mais de R$ 720 MI. Detalhe é o nível de acabamento, material utilizado na obra, área construída.

De qualquer forma eu concordo que alguns ítens foram gastos de forma exagerada na Arena Corinthians.

Odanil L #743 @daniellima em 10/06/2016 às 10:38

No curto prazo sim. No longo prazo (considerando 30 anos por exemplo do contrato do Palmeiras) o do Corinthians aparenta ser melhor. No contrato deles que é progressivo eles aumentam um % a cada 5 anos se não estou enganado nos valores dos negócios realizados. A bilheteria é deles (dos jogos), mas tem a questão das cadeiras e do dinheiro do Avanti que estão discutidos na justiça (A WTorre tem uma interpretação do contrato e o Palmeiras outra). Hoje esse $ vai para o Palmeiras mas dependendo do parecer da justiça isso poderá mudar. Posso estar enganado mas acredito que o Palmeiras, nesse momento, esteja longe de ter 70% do estádio.

Leonardo #2128 @leonardo.schlickmann em 09/06/2016 às 21:10

" "

Do meu ponto de vista, alguém formado em administração e economia mas que não é o dono da verdade o modelo de gestão do Palmeiras é melhor economicamente. Não li afundo o contrato entre Palmeiras e WTorre mas pelo relato de amgs palmeirenses o clube já recebe o valor integral dos jogos e porcentagens pequenas dos shows mas que vão aumentando gradativamente. O Corinthians por outro lado terá 10 anos de bilheteria retida. O Palmeiras nesse momento tem vamos dizer 70% do estádio, o Corinthians tem 0%, pois td dinheiro que entra tem destino certo.

Odanil L #743 @daniellima em 10/06/2016 às 10:31

Respeito sua opinião mas não concordo. A Arena teve mais de 2 anos de construção nesse tempo dava para ter sido planejado totalmente o tour para que nos meses seguintes a inauguração (ou logo após a Copa) que o tour tivesse sido iniciado.

Estamos falando do estádio que foi abertura da copa do mundo e que virou referência, inclusive na parte arquitetônica por seu design arrojado.

A própria loja da Arena Corinthians, que você citou, só foi inaugurada ano passado. Com mais de 1 ano de atraso da inauguração do estádio.

Não que eu esteja subestimando toda a dificuldade operacional mas 2 anos (após a inauguração) e + de 4 anos após início da construção é muito tempo.

jorge #585 @jorgenadersss em 09/06/2016 às 19:03

" "

Odanil vejo esse tipo de critica injusta, pois ao meu ver, a critica deve ser feita quando embasada de dados suficientes para dizer, ******(O clube peca muito nessa gestão. Um exemplo: Faz 2 anos que o estádio esta pronto e a visita monitorada ainda não esta pronta).******

Quantas vezes vem um parente seu dizer, não fez isso, ou aquilo, e você sabe que por um motivo ou outro isso não foi viável.

Eu imagino o porque a diretoria não gostaria que essas visitas tivessem começado em 2014.

Minha mulher esteve em São Paulo em abril para uma feira de brinquedos e na volta pararam na arena em um sábado, eles tentaram visitar a arena e só conseguiram visitar a loja e ela gastou 830 reais e chegou na minha casa no interior e me intimou, quero ir assistir a um jogo com toda a família.

E precisou o rapaz da loja conseguir que usassem o banheiro pois o segurança não queria deixar.

Odanil L #743 @daniellima em 10/06/2016 às 10:21

Não entendi seu ponto de vista de associar os NR com a Odebrecht. Particularmente não vejo nenhuma relação mas se puder detalhar.

Concordo com o que você comentou de a arena poderia ser mais barata. Mas o valor que você comparou com o estádio do Palmeiras esta equivocado. Esse valor de 600 MI gastos na reforma do Parque Antartica não consideram os juros. Cheguei a ler matérias que, com juros o estádio custa mais de R$ 720 MI. Detalhe é o nível de acabamento, material utilizado na obra, área construída.

De qualquer forma eu concordo que alguns ítens foram gastos de forma exagerada na Arena Corinthians.

Roger #9428 @roger.vincoletto em 09/06/2016 às 15:15

" "

Excelente tópico, mas em minha opinião, não valeu a pena do ponto financeiro. O Corinthians terá muita, mas muita dificuldade para pagar o estádio. Se tivesse sido mais barato seria mais fácil. 1,2 bilhão é muito, muito para ser pago. Naming RIghts estão enrolados devido à Odebrecht, os CIDs enfrentam resistencia por parte dos compradores, e a renda não é tão grande quanto achavam que seria.

Acredito que se tivesse sido um estádio mais simples, menos luxo, com custo em torno de 600 milhões como foi o do Palmeiras seria mais fácil.

Odanil L #743 @daniellima em 10/06/2016 às 10:10

Esse era o objetivo inicial mas por questão política os vereadores não aceitaram essa proposta. Após a construção e consequentemente com o abandono do Pacaembu a prefeitura mudou de ideia e cogitou fazer esse arrendamento.

Bob #60 @felipemarley em 09/06/2016 às 11:34

" "

Gostei do conteúdo, me fez repensar em algumas convicções, mas honestamente ainda mantenho minha posição de que deveríamos ter arrendado e reformado o Pacaembu, que é meu estádio preferido.

Odanil L #743 @daniellima em 10/06/2016 às 10:02

Faz sentido o que você diz. Pode parecer que o negócio hoje seja desvantajoso ao comparar com o estádio da WTorre. Mas daqui a 29 anos quando o mesmo voltar para propriedade do rival será possível ter uma comparação completa do que cada arena arrecadou, dos lucros gerados, dos prejuízos, da depreciação, etc.

Marcelo #3562 @markmelo em 09/06/2016 às 10:20

" "

Caro Filipe, parabéns pela análise. Concordo com você em quase tudo, porém, do ponto de vista financeiro, falar agora qual é a melhor estratégia entre os times que tiveram suas casas modernizadas pode ser precipitado. Por enquanto, são apenas prognósticos. Apenas quando o pagamento de todas tiverem sido realizados poderemos analisar qual foi a melhor estratégia.

Diego B #4.248 @diegotimo em 10/06/2016 às 08:47

Parabéns ótimo tópico.

De fato foi um excelente negócio, acredito que três fatores na atualidade estão emperrando arrecadações maiores: Amadorismo dos dirigentes eles não são do ramo, crise política e econômica impede muitos investidores de ousarem em novos negócios e enfim o obscuro contrato com a OMINI que certamente é lavagem de dinheiro de 'antigos' dirigentes que fizeram esse contrato absurdo!

Certamente dias melhores estão por vir!

Flavio Torres #3.821 @flavinho10 em 10/06/2016 às 08:23

Belo texto, porém concordo que o atraso na visita monitorada esta deixando de ser arrecadado uma bela grana, quanto ao setor Oeste também acho que em alguns jogos o valor deveria ser igual ao setor leste para encher mais ainda, enfim quem coordena essa parte deveria como administrador viabilizar isso.

Guina Rp #1.638 @guina.rp em 10/06/2016 às 08:10

Pensamento pequeno quem diz que arena não foi bom negócio e sim mal administrada e situação atual do país