Chapecoense 0 x 1 Corinthians - Brasileiro 2019

Brasileiro 2019 - Chapecoense 0 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/02-10-2019/brasileiro_2019/chapecoense-0-x-1-corinthians

02:00

2019-10-02T19:15:00

Arena Condá

Endereço: Rua Clevelândia, Centro, Chapecó, Santa Catarina, Brasil, Chapecó, SC, Brasil

Chapecoense 0 X 1 Corinthians

Brasileiro 2019
Chapecoense 0 x 1 Corinthians
Arena Condá

Sobre a Partida

Corinthians acha gol pelo alto e vence a Chapecoense em jogo atrasado do Brasileirão

Por conta da participação do Corinthians na Copa Sul-Americana, o embate contra a Chapecoense, pela 21ª rodada do Brasileirão, foi adiado. E nesta quarta-feira, a equipe alvinegra enfim "tirou o atraso" e visitou os catarinenses na Arena Condá. Para alegria da Fiel, o Timão venceu por 1 a 0, com gol marcado por Danilo Avelar.

Com o resultado, o time de Fábio Carille se manteve na quarta colocação do torneio, mas diminuiu a diferença para o líder Flamengo. Agora com 41 pontos, o Corinthians está a oito dos cariocas.

Agenda - o plantel alvinegro volta a campo pelo Brasileirão no sábado, quando enfrentam o Grêmio, às 19h, em Porto Alegre.

Escalação

Mesmo vindo de triunfo contra o Vasco, o técnico Fábio Carille resolveu mexer em sua equipe. Além da volta de Vagner Love, que estava suspenso, ele promoveu outras duas trocas: as entradas de Júnior Urso e Mateus Vital.

O Timão, então, começou o embate com Cássio, Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf, Júnior Urso, Pedrinho, Mateus Vital e Clayson; Vagner Love.

Urso, Vital e Love voltam ao time titular nesta quarta-feira

Meu Timão

Primeiro tempo

De baixo de muita chuva, o Corinthians começou a partida se lançando ao ataque. Pela direita, Love tocou bem de cabeça para sair da marcação e, na linha de fundo, cruzou com perigo para o meio da área. A zaga afastou para escanteio e, na sobra, Pedrinho bateu forte, mas a bola desviou e saiu por cima.

Em cima da Chapecoense, o Timão dominou os primeiros minutos, dificultando a saída de bola e ficando com a posse. Aos cinco, Mateus Vital puxou para dentro e chutou sem direção para o gol de Tiepo.

Dois minutos depois, porém, o time da casa conseguiu duas escapadas. Na primeira, a bola parou nas mãos de Cássio; já na segunda, escanteio perigoso afastado pela defesa alvinegra.

Passados 15 minutos de jogo, o ritmo do Corinthians para marcar a saída adversária caiu e os mandantes passaram a ter mais posse. Com campo molhado e pouco espaço, porém, as chances pararam de aparecer.

Aos 25, o Timão voltou a arriscar de fora da área. Novamente pela esquerda, Mateus Vital balançou para dentro e bateu forte por cima do travessão. No lance seguinte, foi a vez da Chapecoense chegar, mas com muito mais perigo: Everaldo ameaçou um cruzamento, mas bateu de longe e quase surpreendeu Cássio, que espalmou com a ponta dos dedos para fora.

O ritmo caiu ainda mais e o jogo ficou ruim. Sem muita criatividade, o Corinthians só voltou a criar aos 39, em fala sofrida por Love na entrada da área. Na cobrança, Avelar pegou forte e mandou a bola na arquibancada.

Segundo tempo

Com o time pouco criativo, o técnico Fábio Carille promoveu uma mudança já no intervalo. Titular no último jogo, Sornoza entrou na vaga de Júnior Urso, deixando a equipe mais ofensiva.

E em sua primeira participação, o equatoriano dominou na entrada da área e bateu com muito perigo, tirando tinta da trave de Tiepo.

Apesar da boa chance, a troca não teve grande impacto no panorama da partida. Com muita marcação e pouca inspiração, os dois times mantiveram o perde-ganha da bola, sem obrigar os goleiros a trabalhar.

Diante do cenário, Carille tentou mais uma cartada. Bastante apagado no jogo, Pedrinho deixou o campo para dar lugar ao centroavante Gustavo, mudando novamente o desenho da equipe. E o efeito foi imediato.

No lance seguinte, Clayson bateu escanteio e Danilo Avelar subiu mais alto que a defesa para cabecear para o fundo da rede e abrir o placar na Arena Condá. Depois do tento, a Chapecoense tentou se lançar ao ataque, colocando dois atacantes em campo.

Danilo Avelar subiu alto para marcar o gol alvinegro

Danilo Avelar subiu alto para marcar o gol alvinegro

Reprodução/TV

A tentativa até deu certo. Aos 26 minutos, a equipe da casa criou duas oportunidades em sequência, cara a cara com Cássio. O camisa 12, porém, operou dois milagres para evitar o empate.

Como em outros momentos do jogo, o ritmo caiu e a bola ficou sendo disputada no setor de meio de campo. Querendo o empate, a Chapecoense esbarrou no sistema defensivo alvinegro, que se postou bem para segurar o resultado.

Cinco minutos antes do apito final, o comandante corinthiano fez sua última substituição: tirou Vagner Love, muito participativo, e colocou o jovem Janderson. Descansado, o garoto entrou pelo lado direito como alternativa para contra-ataques.

Aos 45 minutos, um susto para a Fiel. De fora da área, Régis tentou finalização e a bola passou pouco acima do gol de Cássio. Foi a última chance do time da casa, que não conseguiu reverter o resultado. 1 a 0 para o Timão e mais três pontos importantes para a equipe de Carille.

Ficha técnica de Chapecoense 0 x 1 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Arena Condá, Chapecó, SC
Data: 02 de outubro de 2019 (quarta-feira)
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Nobre Bins
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor e Andre da Silva Bitencourt
Gol: Danilo Avelar (Corinthians)
Cartões amarelos: Eduardo, Amaral e Bruno Pacheco (Chapecoense); Fagner e Vagner Love (Corinthians)

CHAPECOENSE: Tiepo; Eduardo, Douglas, Rafael Pereira e Roberto; Márcio Araújo, Camilo (Vini Locatelli), Amaral (Régis) e Bruno Pacheco; Everaldo e Arthur Gomes (Renato Kayzer).
Técnico: Marquinhos Santos

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso (Sornoza); Pedrinho (Gustavo), Mateus Vital e Clayson; Vagner Love (Janderson).
Técnico: Fábio Carille

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Chapecoense 0 x 1 Corinthians