Paulista 2018 - Corinthians 1 x 0 Mirassol

Paulista 2018 - Corinthians 1 x 0 Mirassol

https://www.meutimao.com.br/jogo/07-03-2018/paulista_2018/corinthians-1-x-0-mirassol

02:00

2018-03-07T21:45:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Mirassol Mirassol

Paulista 2018

Sobre a Partida

Sheik marcou seu primeiro gol no retorno ao Corinthians

Sheik faz golaço no finzinho, Corinthians vence Mirassol e se classifica às quartas do Paulistão

Após engatar sequência de três boas atuações contra Palmeiras, Millonarios (COL) e Santos, o Corinthians voltou a jogar mal, é bem verdade. Mas um golaço salvador de Emerson Sheik - o primeiro dele no retorno ao clube - garantiu ao Timão uma suada vitória de 1 a 0 sobre o Mirassol, na Arena, em Itaquera, na noite desta quarta-feira, pela penúltima rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. A equipe do interior luta contra o rebaixamento.

Leia também:
De Cássio a Kazim: primeiro gol no retorno rende homenagens de Emerson Sheik
Corinthians perde dupla de titulares para compromisso final antes do mata-mata

Com a vitória, o Corinthians assumiu a liderança geral do Campeonato Paulista. Com 20 pontos e um gol a mais de saldo em relação ao arquirrival Palmeiras, o Timão agora tem a melhor campanha pelos critérios de desempate. O rival, porém, entra em campo nesta quinta-feira.

De quebra, o Corinthians garantiu com uma rodada de antecedência vaga nas quartas de final do Estadual. Nesta quinta-feira, o Bragantino, terceiro colocado do Grupo A, joga no encerramento da penúltima rodada. Se a equipe de Bragança Paulista perder ou empatar da Ferroviária, o Timão já assegura até mesmo a primeira colocação da chave - veja a classificação atualizada.

Vale destacar que a partida desta noite promoveu a (re)estreia de dois jogadores no Corinthians: o lateral-esquerdo Sidcley e o já velho conhecido volante Ralf. Defensivamente, ambos desempenharam bem seus papeis. Em relação aos 11 iniciais considerados ideais por Carille, Lucca foi a outra novidade - e jogou mal.

A escalação do Corinthians lançada nesta quarta-feira foi a seguinte, na já rotineira formação 4-2-4, sem centroavante: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Lucca, Jadson, Rodriguinho e Clayson.

Em tempo: o Corinthians volta a campo já neste fim de semana naquela que é a última partida válida pela fase de grupos do Estadual. Os comandados de Carille visitam o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto, às 17h de domingo.

Primeiro tempo

Se a missão deste que vos escreve fosse descrever com detalhes tudo de bom que aconteceu nos primeiros 45 minutos de jogo, o espaço aqui ficaria em branco, verdade seja dita. Mas vamos lá!

Os 15 minutos iniciais foram marcados por um futebol paciente (até demais) tanto de Corinthians quanto Mirassol. As equipes trocavam muitos passes e pouco criavam efetivamente. A impressão passada pelos jogadores era de que não queriam se desgastar.

A primeira (e única) chance do Corinthians surgiu aos 16 minutos. Jadson cobrou falta da esquerda mirando o segundo pau. A zaga do Mirassol perdeu o tempo da bola, e Rodriguinho apareceu livre para escorar. O meia alvinegro, porém, estufou as redes do goleiro Fernando Leal pelo lado de fora.

O Mirassol, a exemplo do Timão, também chegou ao gol de Cássio uma vez apenas. Douglas Baggio, já nos instantes que antecederam o intervalo, arriscou chute de fora da área e obrigou o arqueiro corinthiano a fazer grande defesa.

Segundo tempo

Logo no primeiro lance, o Mirassol é quem voltou a assustar. Após cobrança de escanteio, Cássio titubeou na saída do gol, ficou no meio do caminho, e viu o zagueiro Edson Silva cabecear bola rente a sua trave direita. Por pouco, o Corinthians não saiu atrás no placar.

E por mais que a equipe visitante fosse de fato a que iniciou melhor a etapa complementar, foi o Corinthians quem criou a chance seguinte de gol. Aos 12 minutos, aproveitando bola espirrada de dividida protagonizada por Rodriguinho, Lucca dominou no peito e, sem deixar a pelota cair, soltou uma bomba de peito de pé, mandando à direita da meta

Ciente de que o Corinthians precisaria jogar mais para vencer, Carille decidiu fazer a primeira alteração: tirou o meia Jadson e pôs em campo o atacante Emerson Sheik. Não demorou para o treinador já lançar mão de sua segunda mexida: Pedrinho no lugar de Lucca.

Quem já estava em campo desde o início, contudo, é que mais tentava incomodar a zaga do Mirassol: Clayson. O veloz atacante, por diversas vezes, arriscou dribles para tentar se livrar dos marcadores. Em ao menos duas vezes, finalizou e fez Fernando Leal trabalhar.

Mas coube ao veterano Emerson Sheik, que havia saído do banco de reservas, garantir o triunfo corinthiano. Já nos 42 minutos, Sidcley arriscou chute de fora da área e viu a defesa do Mirassol bater cabeça com o rebote. Na sobra, o veterano de 39 anos de idade ajeitou no peito e soltou o foguete no ângulo esquerdo de Fernando Leal. Golaço! Indefensável!

Foi assim, no clássico estilo Corinthians, com a cara de Emerson Sheik, na raça, que o Corinthians arrancou suada vitória para cima do Mirassol!

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 0 Mirassol

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes