Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama - Brasileiro 2018

Brasileiro 2018 - Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama

https://www.meutimao.com.br/jogo/17-11-2018/brasileiro_2018/corinthians-1-x-0-vasco_da_gama

02:00

2018-11-17T19:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama Vasco da Gama

Brasileiro 2018

Sobre a Partida

Vital cumpre lei do ex, Corinthians vence Vasco e respira no Brasileirão

O Corinthians cumpriu seu dever de casa e venceu o Vasco por 1 a 0 num jogo tenso, digno de final de campeonato, na noite deste sábado, na Arena, em Itaquera, pela 35ª rodada do Brasileirão. O gol foi marcado por Mateus Vital, ex-vascaíno que fez valer a tal lei do ex!

Classificação - O Corinthians conseguiu o tão "vital" respiro na tabela do Brasileirão. Agora com 43 pontos, o Timão sobe ao menos temporariamente da 13ª para a 12ª posição, se beneficia de derrota do Vitória para o Atlético-PR e dobra para seis pontos a distância para a zona de rebaixamento. Cabe lembrar que, ao término da rodada, o Timão pode voltar a ficar apenas três pontos distante da degola. Restam mais três finais!

Escalação - Ainda que desfalcado, é possível dizer que o Corinthians entrou em campo com reforço de última hora: Jadson era dúvida por conta de dores no joelho direito, mas recebeu aval dos médicos para jogar e foi assim escalado como titular. Convocados, Carlos Augusto e Romero foram baixas (a ausência do paraguaio gerou a escalação de Vital, autor do gol da vitória); suspenso, Douglas também não estava à disposição de Jair Ventura.

Assim, no esquema 4-2-3-1, com manutenção de Danilo improvisado como centroavante, o Corinthians deu o pontapé inicial com: Cássio (capitão), Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Thiaguinho; Pedrinho, Jadson e Mateus Vital; Danilo.

Escalação - Corinthians x Vasco

Meu Timão

Agenda - Sem descanso, o Corinthians já tem compromisso quarta-feira que vem, às 21h45, contra o Atlético-PR, fora de casa, na Arena da Baixada. O elenco alvinegro já se reapresenta no CT Joaquim Grava neste domingo para atividades regenerativas. Jair Ventura planeja já iniciar na segunda-feira os trabalhos com bola voltados ao embate de Curitiba.

Primeiro tempo

Verdade seja dita: nem torcedores de Corinthians nem de Vasco imaginavam que o jogo seria vistoso tecnicamente. E não foi. O que pode ser valorizado é o clima de final de campeonato, já que jogadores de ambas as equipes entregavam bastante correria e disposição.

Ainda que jogando melhor nos primeiros 20 minutos, o Timão no máximo pressionava a saída de bola do Vasco. Os comandados de Jair Ventura ostentavam mais posse de bola e passes certos, mas praticamente nada produziam; aos poucos, ainda passaram a dar espaços para os cariocas "gostarem do jogo".

No fim das contas, o Vasco cresceu, o Corinthians se acomodou, e a etapa inicial acabou com equilíbrio entre as duas agremiações. Mas nada que incomodasse os goleiros Cássio e Fernando Miguel.

Cássio não fez nenhuma defesa difícil no primeiro tempo

Cássio não fez nenhuma defesa difícil no primeiro tempo

Reprodução/TV

Um destaque final ficou por conta da expulsão do técnico vascaíno logo após o apito final. Alberto Valentim se desentendeu ao longo de todo o primeiro tempo com o quarto árbitro e teve seu retorno ao gramado vetado para a etapa complementar por Wilton Pereira Sampaio.

Segundo tempo

Se antes o Corinthians se mostrou inoperante por 45 minutos, no segundo tempo bastaram cinco para a equipe não apenas chegar perigosamente como já abrir o placar. Fagner ganhou de Yago Pikachu em corrida travada na ala direita e acertou cruzamento preciso na entrada da pequena área. O pequeno Mateus Vital se antecipou ao zagueiro vascaíno, apareceu como um foguete e testou firme para estufar as redes de Fernando Miguel.

Quis o destino, contudo, que o ex-vascaíno e hoje corinthiano Vital sentisse dores na coxa direita pouco minutos depois. Jair Ventura não quis dar sorte ao azar e tratou de sacar o camisa 22 antes que um problema maior ocorresse. Clayson entrou aos 12 minutos.

Na teoria, o treinador corinthiano dava sinal de que não recuaria sua equipe mesmo com a vantagem no placar. Na prática, o Vasco se lançou para o ataque e, enfim, fez Cássio trabalhar. O goleiro fez boa defesa em cabeceio de Kelvin e tirou com o olhar uma bola cabeceada pelo ex-Timão Leandro Castán. Natural - mas incômoda - pressão carioca...

Buscando um novo gás para seu setor ofensivo, Jair Ventura trocou o veterano Danilo pelo contestado Roger, que horas antes de a bola rolar se envolveu em discussão com um torcedor no Instagram. Pouco depois, o treinador se viu forçado a mexer de novo: Thiaguinho sentiu câimbras e foi substituído por Ángelo Araos.

Foi com passe de Clayson e finalização de Roger que o Corinthians mais se aproximou de um segundo gol, quando, aos 38 minutos, o camisa 9 ficou cara a cara com Fernando Miguel mas mandou a bola rente à trave esquerda do goleiro vascaíno.

No minuto seguinte, o Timão correu risco de ser castigado. Marrony foi derrubado por Avelar na grande área, mas a arbitragem não sinalizou pênalti. Dez minutos depois, aos 49, no último lance do jogo, o zagueiro Oswaldo Henríquez acertou uma bomba na trave de Cássio. Foi com emoção. Mas foi Corinthians! Respira, Fiel!

Ficha técnica de Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Arena Corinthians, São Paulo, SP
Data: 17 de Novembro de 2018 (sábado)
Horário: 19h00 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires
Gol: Mateus Vital (Corinthians)
Cartões amarelos: Fagner e Jadson (Corinthians); Fernando Miguel e Leandro Castan (Vasco da Gama)
Público: 38.605 pagantes (público total: 38.835)
Renda: R$ 1.350.667,50

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Thiaguinho (Ángelo Araos); Pedrinho, Jadson e Mateus Vital (Clayson); Danilo (Roger).
Técnico: Jair Ventura

VASCO DA GAMA: Fernando Miguel; Raul (Caio Monteiro), Oswaldo Henriquez, Leandro Castan e Henrique; Leandro Desábato e Andrey (Dudu); Thiago Galhardo, Yago Pikachu e Kelvin (Marrony); Andrés Rios.
Técnico: Alberto Valentim

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 0 Vasco da Gama

  • 1000 caracteres restantes