William Morais morre ao reagir a um assalto em Belo Horizonte

William Morais morre ao reagir a um assalto em Belo Horizonte

Por Meu Timão

William Moraes comemorando um dos seus gols pelo Corinthians

William Moraes comemorando um dos seus gols pelo Corinthians

O meia William Morais, do Corinthians, que estava emprestado ao América-MG, foi morto na madrugada deste domingo, na região da Pampulha, em Belo Horizonte. O jogador, de apenas 19 anos, ao sair de uma festa, teria reagido a um assalto, levado um tiro no tórax e falecido imediatamente.

O corpo do atleta foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames de rotina. A ocorrência foi encaminha à Seccional Noroeste, no bairro Alípio de Melo, na região norte da capital mineira. A diretoria do clube está no local para tomar as medidas necessárias.

William Morais era um dos reforços contratados pela diretoria do América-MG para a disputa do Campeonato Mineiro e, principalmente, do Brasileirão de 2011. O meia atuou na partida de estreia no estadual, diante do Uberaba, em Varginha. Neste fim de semana, o Coelho está de folga na tabela e só voltará a jogar no próximo domingo, contra o Ipatinga, às 17h (de Brasília), na Arena do Jacaré.

Três suspeitos já foram detidos e econhecidos por uma testemunha. Todos eles já tinham passagens anteriores pela polícia.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • E o Jô? Tem ou não tem motivo para sorrir?

    Corinthians cutuca adversários e ironiza choradeira pelo calendário: 'Aqui não tem mimimi'

    ver detalhes
  • Meia Jadson pode voltar ao Corinthians no sábado; Pablo segue fora

    DM do Corinthians esvazia após 'semana light'; veja quem ainda se recupera

    ver detalhes
  • Balbuena segue como xerife do Corinthians

    Representante de Balbuena revela valor de oferta italiana recusada pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Fiel Torcedor está cada vez mais perto de voltar a ser o maior do país

    Em uma semana, mais de mil novos sócios aproximam Corinthians de primeiro lugar no Torcedômetro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes