Alessandro e Paulo André convocam entrevista para dividir responsabilidade

Alessandro e Paulo André convocam entrevista para dividir responsabilidade

Por Meu Timão

141 visualizações 0 comentários Comunicar erro

Tite orienta Paulo André e Alessandro durante o jogo

Tite orienta Paulo André e Alessandro durante o jogo

Foto: Jarbas Oliveira

Depois da vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, em Fortaleza, nesta quarta-feira, que aumentou a vantagem do Corinthians na liderança do Brasileirão em dois pontos para o Vasco (64 a 62), Alessandro e Paulo André chamaram a responsabilidade. Em vez da tradicional entrevista coletiva pós-jogo do técnico Tite, dois dos líderes do elenco pediram para falar e blindaram o comandante, pressionado nesta reta final.

- É postura de um grupo campeão. E o Tite soube o momento certo de deixar isso acontecer. Tite vem sofrendo bastante pressão, a carga emocional é muito grande. Na hora do gol ele nem comemorou, virou para trás e descarregou. Ficamos felizes. O importante é a vitória. O grupo se desdobrou dentro de campo - declarou Paulo André.

O treinador mudou de postura no decorrer da competição. Ciente de que a sua permanência no Parque São Jorge em 2012 está condicionada ao título nacional, ele passou a se expor mais para defender o grupo.

- É um cara que se cobra muito, assiste futebol 24 horas por dia. E trabalhando no Corinthians estamos acostumados com a pressão. Até porque fica difícil aceitar que não ganhemos o título depois da campanha que fizemos. Temos de aproveitar essa vantagem para matarmos o campeonato antes do fim - completou o defensor.

Capitão do Timão desde que Chicão perdeu espaço, Alessandro endossou o discurso do companheiro. Além disso, fez questão de enaltecer a atuação de Luis Ramírez, que entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória.

- Geralmente é o Tite que fala, mas é importante que jogadores falem mais. (Fizemos isso) não por ser uma vitória. Se fosse negativo, não seria diferente. Temos de valorizar o fato de que muitos que não estavam jogando foram importantes, como foi o Cahchito.

Fonte: Lancenet

Veja Mais:

  • Corinthians de Jonathas não conseguiu vencer o Cruzeiro nesta quarta-feira

    VAR tem noite terrível, Corinthians é derrotado na Arena e perde título da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Emerson Sheik foi eleito pela Fiel o melhor em campo na derrota do Corinthians para o Cruzeiro

    Mais velho e mais novo do Corinthians são eleitos os melhores da final da Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians deu show à parte na finalíssima da Copa do Brasil

    Torcida do Corinthians dá novo show e 'se salva' em vice da Copa do Brasil; veja repercussão

    ver detalhes
  • Corinthians levou R$ 20 milhões pelo segundo lugar na Copa do Brasil

    Revés para o Cruzeiro na final da Copa do Brasil faz Corinthians perder quase R$ 40 milhões

    ver detalhes

Comente a notícia:

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!

  • 1000 caracteres restantes