Revezamento tático e Pato pela direita

Revezamento tático e Pato pela direita

O ataque corintiano teve uma movimentação tática diferente e interessante no jogo de ontem. No mesmo 4-2-3-1 costumeiro, o detalhe ficou por conta do constante revezamento de Danilo e Emerson Sheik, que se alternavam entre o meio e a ponta esquerda.

O gol marcado por Paulinho, por exemplo, teve início de uma bola de calcanhar tocada por Danilo, aberto na ponta, para Sheik, mais ao meio, que se aproximou e carregou a bola até a área. O entrosamento do setor ficou claro.

No intervalo, o próprio atacante destacou sua nova função:

– O Tite deu um pouco mais de liberdade para poder fazer essa troca com Danilo. E fazendo isso, me sinto melhor – explicou ele.

Nos dois primeiros gols, o time mostrou a força da jogada aérea com Guerrero, um cabeceador nato e mortal. Os cruzamentos dos laterais, arma que dificilmente acaba em gol no Timão, acabaram beneficiados pelo espaço lateral no esquema 3-5-2 do rival.

Com placar estabelecido, Tite aproveitou para testar Pato na vaga de Guerrero, já que o peruano não enfrenta o Botafogo, quarta-feira, por conta da seleção do Peru. Aberto pela direita, Tite manteve Jorge Henrique aberto do outro lado e colocou Douglas ao centro. Sheik, agora sem revezamentos com meia, ficou como um camisa 9. A tendência é que esse seja o desenho tático do próximo jogo, mas com Danilo de volta à meia.

Cheio de opções, com força na marcação e eficiência ofensiva, o Timão atropelou o fraco Oeste.

Fonte: lancenet

Veja Mais:

  • Arena Corinthians ganhará grama nova a partir deste domingo

    Lições em Old Trafford e tapete da Premier League: especialista explica troca da grama da Arena

    ver detalhes
  • Carille acredita em crescimento de Marquinhos Gabriel na próxima temporada

    Após sondagens, Corinthians e Marquinhos Gabriel negam possibilidade de empréstimo para 2018

    ver detalhes
  • Alan Mineiro tem contrato com o Corinthians até o fim de 2018

    Após impasse, meia do Corinthians é anunciado como reforço do Fortaleza

    ver detalhes
  • Corinthians foi bicampeão mundial em 2012, diante do Chelsea, no Japão

    Grêmio cai, e Corinthians segue sendo último sul-americano campeão do Mundial da Fifa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes