Guilherme: ‘Jogo contra o Tijuana será uma final’

Guilherme: ‘Jogo contra o Tijuana será uma final’

'Jogo contra o Tijuana será uma final'

'Jogo contra o Tijuana será uma final'

Foto: Marcos Ribolli / Globoesporte.com

No último sábado (9), o Corinthians recebeu o Ituano no Pacaembu e venceu por 3 a 2, pelo Campeonato Paulista. O volante Guilherme marcou um dos gols do Timão, em lindo chute de fora da área após bola rolada em cobrança de falta. Nesta quarta, a equipe do Parque São Jorge volta ao Pacaembu, dessa vez pela Copa Bridgestone Libertadores, contra o Tijuana. Em entrevista ao FOX Sports Rádio desta segunda, o volante Guilherme comentou sobre a “decisão” na competição continental.

“Agora será mais uma final para nós. Temos que tentar, na quarta-feira, conseguir três pontos. Estamos trabalhando para isso”, afirmou Guilherme.

Caso o Corinthians não vença, a sua situação no Grupo 5 pode se complicar: a equipe ainda enfrenta o Millonarios em Bogotá, na altitude colombiana. Pensando nisso, o volante reiterou o empenho da equipe corintiana para vencer o time mexicano no Pacaembu.

“Sabemos que é um jogo muito difícil, por isso pensamos muito na quarta-feira, de sair com os três pontos. Temos a obrigação de ganhar para chegar contra o Millonarios e tentar sair com pelo menos um empate. O time deles é muito bom e a altitude dificulta”.

Veja também: Assista à cobrança de escanteio mais difícil do mundo

Bruno César marca dois golaços em vitória do Al Ahli pela Liga Árabe

Dennis Rodman deveria ser diplomata na Coreia do Norte, diz revista

Confira as principais declarações de Guilherme ao FOX Sports Rádio:

“(Gol contra o Ituano) Foi bem treinado e acertei um belo chute. Não sei, mas acho que foi meio difícil, foi muito forte. Quando a bola pega a curva, fica meio difícil para o goleiro. Não foi falha dele (goleiro), foi mérito meu.”

“Eu trabalho para isso, para jogar como titular do Corinthians. Meu pensamento é esse com ou sem Paulinho. Mas isso depende do Tite. Eu tenho que trabalhar todos os dias para tentar ter meu espaço. Meu objetivo é ser titular.”

“São times diferentes, o estilo de jogar é diferente. Na Portuguesa eu jogava de um jeito, e no Corinthians de outro. A diferença é muito grande.”

“Eu acho que mudaram poucas peças (Corinthians de 2012 para o Corinthians de 2013). O que mudou foi do meio para frente. Do meio para trás é quase o mesmo time. O time busca a mesma coisa. Acho que não mudou muita coisa. O ritmo e o posicionamento dos atletas são os mesmos.”

“O campeonato (Libertadores) é difícil. Espero que, na quarta-feira, consigamos fazer um bom resultado e com o Pacaembu cheio, vai ser uma grande festa.”

“Não perdemos por causa do gramado, mas atrapalha. Você não joga e não treina nesse tipo de gramado. A culpa não foi só do gramado, não fizemos um grande jogo.”

“A bola é mais rápida, pinga bastante porque o gramado é duro. Você tenta dominar de um jeito e você não consegue.”

“Não é outro esporte, mas é diferente. É questão de costume. Eles (jogadores do Tijuana) já têm toda a malandragem e nós não tínhamos.”

“É bom jogador (o ‘Neymar’ do Tijuana). O cabelo parece mesmo. A maneira de cair é igual também. Tem que tomar cuidado com ele. Pelos vídeos que vimos, é um pouco cai-cai também.”

“No outro jogo nós já sabíamos da maneira que tínhamos que jogar, mas, infelizmente, não saímos com a vitória. No Pacaembu vamos com o mesmo pensamento, mas teremos a pressão da nossa torcida, o jogo será diferente.”

“Eles virão aqui como fomos lá, um pouco atrás da linha da bola. Contaremos com a pressão da torcida que vai nos apoiar o jogo inteiro.”

“É uma fase ruim pela qual todo jogador passa. O Sheik já tem 34 anos e tem muita experiência. Daqui a pouco essa fase passa. Ele sabe que tem o apoio de todos. Todos abraçamos ele depois da perda do pênalti. É uma fase e isso passa.”

“Jogar sem torcida não dá, é muito ruim. Ainda mais com a torcida do Corinthians, que é diferente de todas. Tenho certeza que quarta-feira será uma grande festa.”

Fonte: Fox Sports

Veja Mais:

  • Patch de homenagem a Chapecoense na camisa do Corinthians

    Veja imagens da camisa do Corinthians com o patch da homenagem a Chapecoense

    ver detalhes
  • Marinho vem sendo pedido por torcedores do Corinthians para 2017

    Pedido pela torcida do Corinthians, Marinho admite deixar Vitória em 2017

    ver detalhes
  • Simi passou sete anos no Corinthians

    Simi reclama de saída do Corinthians e projeta 'final às avessas' da LNF no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes