Com atraso, Corinthians desembarca em Buenos Aires 'em silêncio'

Com atraso, Corinthians desembarca em Buenos Aires 'em silêncio'

A delegação do Corinthians desembarcou em Buenos Aires no início da noite desta segunda-feira, para a partida contra o Boca Juniors, na próxima quarta, às 21h50 (horário de Brasília), na Bombonera. O time chegou ao hotel onde ficará instalado na capital argentina com cerca de uma hora e meia de atraso, devido a complicações no caminho entre o aeroporto de Ezeiza e o local da hospedagem.
Um acidente, que causou um incêndio em um ponto do trajeto, prejudicou o trânsito, fazendo com que o ônibus que transportava jogadores, comissão técnica e diretoria do Corinthians se atrasasse. Não houve presença de torcedores, argentinos ou brasileiros, no desembarque no hotel.
O tempo perdido fez com que os jogadores se encaminhassem diretamente à área do jantar, e não dessem entrevistas. De acordo com a programação alvinegra, o Timão deverá treinar nesta terça, em um campo anexo da Bombonera, já que o palco do jogo não foi liberado pelo Boca Juniors para a atividade comandada pelo técnico Tite. A tendência é que o reconhecimento do gramado se limite a uma rápida passagem dos atletas.
Para o jogo de volta, agendado para o dia 15, o Boca também não poderá treinar no estádio do Pacaembu, já que no dia anterior à partida, o Palmeiras faz a segunda partida contra o Tijuana, do México, às 22h, no mesmo palco. De acordo com informações da assessoria de imprensa do clube argentino, o técnico Carlos Bianchi comandará os trabalhos nas dependências do Audax – clube recém-promovido à primeira divisão do futebol paulista, cuja sede fica na zona sul da capital paulista.

Apesar do atraso, corintianos chegaram ao hotel
tranquilamente (Foto: Rodrigo Faber)
A principal novidade do desembarque corintiano foi a presença do goleiro Cássio, que estava vetado por conta de uma lesão no punho esquerdo, e trabalhou intensamente nos últimos dias para poder entrar em campo pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América. Na última semana, o médico do clube, Júlio Stancati, havia destacado a evolução do titular da meta alvinegra, e há quase certeza absoluta em relação à sua escação. Tite ainda conta Danilo Fernandes e Matheus Caldeira como opções para a posição na capital argentina.
Pelo discurso adotado após a vitória por 4 a 0 sobre a Ponte Preta, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, o técnico do Corinthians deverá repetir a escalação utilizada no último domingo, trocando apenas o goleiro. Assim, a provável formação alvinegra na Bombonera é a seguinte: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Romarinho; Emerson Sheik e Paolo Guerrero.
Embora venha fechando os treinos do Boca nos últimos dias, o técnico Carlos Bianchi também já ensaiou a formação da equipe argentina, repleta de figuras já conhecidas pelos corintianos: Orión; Marín, Caruzzo, Burdisso e Clemente Rodríguez; Somoza, Erbes, Erviti e Riquelme; Martínez e Blandi.

Fonte: Globo Esporte

Veja Mais:

  • Oswaldo divulgou lista de relacionados do Corinthians

    Com apenas um desfalque, Corinthians divulga lista de relacionados para enfrentar Cruzeiro

    ver detalhes
  • Corinthians imagina que receberá propostas por Yago e Balbuena

    Corinthians estuda vender zagueiro e intensifica busca por contratação defensiva

    ver detalhes
  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Sub-20 comemorando título do Corinthians/UNIP no futsal

    Sub-20 conquista título estadual e Corinthians fica perto de fim de ano perfeito no futsal

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes