Tite teria gritado com Alexandre Pato na frente dos outros jogadores

Tite teria gritado com Alexandre Pato na frente dos outros jogadores

5.9 mil visualizações 117 comentários Comunicar erro

Pato teria sido cobrado duramente por Tite

Pato teria sido cobrado duramente por Tite

Nessa sexta-feira, o portal Globo Esporte publicou que Tite teria perdido a paciência com Alexandre Pato no vestiário após a cobrança do último pênalto em que o atacante tentou dar uma cavadinha na frente do Dida que resultou na eliminação do Corinthians na Copa do Brasil 2013.

Mesmo com Danilo e Edenílson que também não converteram os pênaltis, o técnico só teria cobrado o camisa 7 e teria chamado o atacante de “moleque irresponsável” na frente de todos os outros jogadores, no vestiário, após o final da partida.

Já na entrevista coletiva, o técnico, mais calmo, tentou não culpar ninguém, aliviou pro Pato mas disse que não gostaria de falar sobre o assunto:

- Todos nós perdemos. Isso fica do vestiário para dentro. Não quero responder – disse o treinador.

Pato que não voltou pra São Paulo junto com a delegação corinthiana na quinta-feira, irá se reapresentar nessa sexta-feira para o treino da tarde com os demais jogadores, segundo seu empresário, Gilmar Veloz.

O próximo jogo do Corinthians será o clássico contra o Santos. Com Guerrero suspenso, Pato não deverá ser preservado para a partida.

Veja Mais:

  • Jogadores foram apresentados juntos pelo Jiangsu Suning, em 2016

    Jô comemora possível contratação e revela conselhos sobre o Corinthians para Alex Teixeira

    ver detalhes
  • Rodriguinho comemora golaço na Arena Corinthians

    Com golaço e até 'nó tático', Corinthians detona Palmeiras e vence primeiro Dérbi de 2018

    ver detalhes
  • Mosaico contra o Palmeiras, pela primeira fase do Paulistão 2018

    Arena Corinthians já teve 12 mosaicos desde a inauguração; relembre os temas e as fotos

    ver detalhes
  • Alex Teixeira tem acordo verbal com o Timão até o final do ano

    Corinthians pode inscrever Alex Teixeira na Libertadores mesmo sem fechar acordo; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes