Ramírez está de volta no Corinthians

Ramírez está de volta no Corinthians

Ramírez está de volta no Corinthians

Ramírez está de volta no Corinthians

O peruano Ramírez se desligou da Ponte Preta nesta terça-feira. O volante será devolvido ao Corinthians, seu contrato com a Ponte iria só até dezembro mas um desentendimento com a diretoria do time de Campinas, fez Ramírez retornar mais cedo.

Contratado no início do ano para o time tentar o inédito título paulista, o peruano até que começou bem sua trajetória na Ponte. Com um gol no dérbi logo em sua estreia, já caiu nas graças da torcida, mas o peruano não manteve o nível. A queda de desempenho, aliado aos períodos de ausência devido à seleção peruana, fez Ramírez gastar os créditos aos poucos e perder o rótulo de intocável.

A gota d´água foi a rota de colisão que as partes entraram em setembro. De um lado, o presidente Márcio Della Volpe e o então executivo de futebol Ocimar Bolicenho criticaram a postura do jogador, que rebateu descartando falta de comprometimento e dizendo que não foi procurado por ninguém para ‘discutir a relação’ internamente. Pela qualidade técnica do atleta, o técnico Jorginho até tentou contornar a crise, mas a cúpula da Ponte já havia decidido que Ramírez, depois daquele episódio, não defenderia mais a Macaca.

Desde então, o meia passou a apenas treinar no clube.

Veja Mais:

  • Carille teve problemas para testar elenco nesta quarta; Arana e Léo Santos se ausentaram

    Bruxa solta! Treino do Corinthians é marcado por ausências, sustos e dúvidas

    ver detalhes
  • Dono de cinco gols em 2017, Romero está convocado pela seleção paraguaia

    Noiva de Romero vaza convocação de paraguaios do Corinthians; veja documento

    ver detalhes
  • Emerson Santos assinou pré-contrato com o Palmeiras

    Emerson Santos custaria R$ 20 milhões ao Corinthians em cinco anos; entenda o valor

    ver detalhes
  • Jadson treinou de colete, como coringa, na terça-feira

    Corinthians pode deixar Jadson fora contra o Vitória; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes