Com Mano Menezes, Corinthians vai abrir mão dos ‘veteranos’

Com Mano Menezes, Corinthians vai abrir mão dos ‘veteranos’

Por Meu Timão

Maldonado deve ser o primeiro a sair

Maldonado deve ser o primeiro a sair

Foto: Ari Ferreira/ LANCE!Press

Ibson e Maldonado, as contratações mais contestadas desta temporada, vão puxar a fila na reformulação do Corinthians para 2014. Outros ‘veteranos’, como Danilo e Alessandro, podem deixar o clube. Por outro lado, a diretoria, enquanto não oficializa a chegada do técnico Mano Menezes, discute a contratação de pelo menos quatro reforços.

O contrato do volante Maldonado termina em dezembro e não será renovado. Já o de Ibson só acaba no final de 2014, mas o jogador pode ser emprestado para outra equipe. A contratação desses dois jogadores ajudou na ‘fritura’ do técnico Tite, que deixa o clube ao final do ano.

O lateral-direito Alessandro, cujo contrato também termina em dezembro, deve se aposentar. E Danilo, que desperta interesse de outras equipes do País, pode antecipar a rescisão de seu contrato, que se encerra na metade de 2014 – o Goiás é um dos interessados.

A diretoria, já com o aval do novo treinador, trabalha para contratar quatro reforços: um lateral-esquerdo, um meia e dois atacantes, sendo um deles centroavante, para ser reserva de Guerrero. Alexandre Pato continua no clube (ele tem contrato até 2016) e a diretoria tem a esperança de que o atacante brilhe com a chegada de Mano Menezes.

Fonte: Jornal Pequeno

Veja Mais:

  • Michel (à esq.) e o sobrinho foram ao Maracanã naquele 23 de outubro

    Terceiro corinthiano solto no Rio desabafa: 'Fui pra ver o jogo, não pra brigar'

    ver detalhes
  • Torcedores na Arena poderão adicionar patch da Chapecoense em camisas

    Loja da Arena irá personalizar grátis camisas em homenagem à Chapecoense

    ver detalhes
  • Corinthians já definiu profissionais que devem permanecer e ser negociados

    Isaac, Mendoza, Oswaldo... Confira quem chega e quem sai do Corinthians

    ver detalhes
  • É tudo política, estúpido!

    [Marco Bello] É tudo política, estúpido!

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes