Na saída do gramado, jogadores corinthianos lamentam empate

Na saída do gramado, jogadores corinthianos lamentam empate

Por Meu Timão

Danilo saiu de campo bastante irritado

Danilo saiu de campo bastante irritado

Após mais uma decepção, dessa vez ao tomar o gol de empate depois dos 40 minutos do segundo tempo, a torcida perdeu a paciência com a equipe do Corinthians. Entre vaias, gritos ofensivos ao treinador Mano Menezes e ao presidente Mario Gobbi e os tradicionais pedidos por raça e coração, o corinthiano presente esbravejou para cima da equipe.

Os jogadores também demonstraram descontentamento com o resultado e reprovaram o vacilo no final:

- Resultado na mão, era para segurar a bola porque o jogo tinha acabado. Dois lances que eles tiveram no final, o primeiro ele errou e o segundo fez. Era para segurar - disse Danilo, um dos mais experientes do grupo.

Dois jogadores de defesa, apesar de usar poucas palavras, também falaram:

- Levantar a cabeça agora e buscar o melhor - resumiu Gil.

- Time que quer ser campeão não pode vacilar assim em casa - concluiu Cássio.

Veja Mais:

  • Guilherme pode perder clássico em Itaquera

    Opção no sábado, Guilherme vira preocupação para Dérbi; goleiro retorna

    ver detalhes
  • Camacho vai ficar com a família no Rio de Janeiro

    Após perder o pai, Camacho é liberado e está fora do clássico contra o Palmeiras

    ver detalhes
  • Jadson atuou por cerca de 45 minutos e tem chances de pegar o Palmeiras

    Jadson é titular em jogo-treino do Corinthians, mostra desenvoltura e pode ser opção no clássico

    ver detalhes
  • Camacho e o pai Anizio Camacho

    Acidente em casa tira vida de pai de Camacho; mãe e irmão do jogador são hospitalizados

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes