Jogador do Timão é o líder de desarmes do Campeonato Brasileiro

Jogador do Timão é o líder de desarmes do Campeonato Brasileiro

Por Larissa Emanuelle

Petros se mantém líder nos desarmes do campeonato

Petros se mantém líder nos desarmes do campeonato

Contratado recentemente e hoje titular, o volante Petros tem sido peça fundamental no meio campo de Mano Menezes. Mesmo com o nome pouco citado durante os jogos, o volante mantém um recorde de desarmes desde que iniciou o Campeonato Brasileiro: É o jogador que mais desarma na competição.

Quando o Corinthians estava a três rodadas sem vencer, o 'ladrão de bolas' era constantemente criticado, mas foi a partir da goleada em cima do Sport que tudo voltou ao normal. Hoje, Petros lidera ' o campeonato' com 33 desarmes, com uma roubada de bola à frente de Deivid, jogador do Atlético-PR. Além do volante, o zagueiro Cléber também tem sido importante neste quesito: são 13 roubadas de bola.

As cobranças que atingiram o time nos últimos dias afetaram o volante, que tenta provar a sua importância tática na equipe.

"Eu tenho uma função tática muito importante, e, às vezes, o torcedor não percebe isso. Tenho uma forma muito agressiva de marcar. Por isso, sou o maior roubador de bolas. Pouca gente sabe disso. Às vezes, as pessoas cobram muito para que eu chegue ao ataque, mas estou roubando a bola e entregando aos armadores. Conseguir roubar a bola e ir ao ataque com a mesma consciência ninguém vai conseguir fazer", afirmou o jogador.

Em um dos jogos mais fracos do Corinthians no campeonato, a partida contra o Figueirense, Petros sequer entrou em campo. Os números desta partida provam a 'falta' que o volante faz: o time só conseguiu desarmar cinco vezes. Quando voltou ao time contra o Atlético-PR, a estatística evoluiu, chegando à dez bolas roubadas. Agora contra o Sport, este quesito chegou à 12.

Sobre fazer uma função parecida com as dos volantes que passaram e ficaram na lembrança do torcedor como o próprio Paulinho, Petros não se vê chegando bem ao ataque.

"As pessoas têm cobrado um pouco de mim para fazer a função do Paulinho ou do Elias, mas cada um tem a sua forma de jogar. Eu não jogo da maneira como eles jogam. Não tenho nada a ver com a função do Elias." completou Petros.

Com a possível saída de Ralf, o volante ainda pode continuar como titular da equipe, mesmo com a entrada do próprio Elias, tão idolatrado pelo torcedor.

*Estatísticas: footstats

Veja Mais:

  • Rodriguinho marcou o gol da vitória do Corinthians contra o Atlético-GO

    Corinthians se impõe fora de casa, vence Atlético-GO e assume liderança do Brasileirão

    ver detalhes
  • Mulherada do Corinthians goleou por 22 a 0 neste domingo

    Rival inicia jogo com nove jogadoras, e mulherada do Corinthians/Audax aplica goleada histórica

    ver detalhes
  • Arana foi eleito o melhor corinthiano em campo pela Fiel

    Nem mesmo gol garante melhor nota para Rodriguinho; lateral rouba a cena no Corinthians

    ver detalhes
  • Rodriguinho comemora gol da vitória em Goiânia

    Corinthians fecha domingo como líder do Brasileiro; cartões amarelos colocam Timão no topo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes