Com a chegada de novos contratados, zagueiro e atacante tentam manter o foco

Com a chegada de novos contratados, zagueiro e atacante tentam manter o foco

Por Larissa Emanuelle

Cléber e Luciano treinando em Extrema

Cléber e Luciano treinando em Extrema

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Após a chegada de Ángel Romero e Anderson Martins no elenco alvinegro, a vaga ocupada por Cléber e as chances de Luciano na equipe titular, para muitos, teria diminuído. O zagueiro, no entanto, parece manter o foco em sua titularidade, sem medo de perdê-la. O atacante já aceita bem a disputa pela vaga.

"Difícil é chegar no Corinthians. O Marcelo, se vier, será bem recebido como foi o Ángel, nós estamos tranquilos, o professor que decide", afirmou Luciano.

O jogador já não conseguia uma boa sequência na equipe titular após o técnico Mano Menezes optar por mais oportunidades à Romarinho e Guerrero, mas agora também precisará mostrar serviço com a chegada dos novos reforços. Já Cleber, mantido como titular após as falhas de Felipe, não amargava a reserva há um certo tempo.

"O Corinthians contratou um excelente jogador, que é o Anderson. Ele chega para disputar a posição, e se for assim que seja uma disputa saudável, isso me dá mais força. Levanto minha cabeça, sei que posso e vou pra cima", disse Cléber.

Os jogadores se preparam em Extrema, com foco na volta do Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Bruno Alves se desligou do Figueirense na Justiça

    Zagueiro anunciado pelo rival foi oferecido antes ao Corinthians

    ver detalhes
  • Vantagem do Timão caiu um ponto em relação à 20ª rodada; equipe tem um jogo a menos

    Confira a distância do Corinthians para os principais concorrentes ao título brasileiro

    ver detalhes
  • Moisés, que deve ser titular contra a Chape, com Pedrinho durante treino no CT

    Liberação de Marciel no Corinthians não deve alterar substituto de Arana em Chapecó

    ver detalhes
  • Corinthians é líder mundial nas redes sociais

    Corinthians é a entidade esportiva com melhor performance nas redes sociais do mundo, diz estudo

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes