Em negociação, volante é 'sacado' e não participa do treinamento

Em negociação, volante é 'sacado' e não participa do treinamento

Por Larissa Emanuelle

Guilherme pode estar saindo do Timão

Guilherme pode estar saindo do Timão

Nesta quinta-feira (03), o elenco Corinthiano retornou aos treinamentos em preparação para a volta dos campeonatos com a ausência do volante Guilherme, que está próximo de sair do clube. Em negociação, o jogador não realizou os trabalhos com os seus companheiros.

Ainda hoje, o Corinthians se reunirá com o investidor do atleta para decidir uma possível negociação do mesmo com a Udinese. A negociação acabou atingindo a rotina de Guilherme no clube, que mesmo em condições normais de treinamento, foi sacado pelo técnico Mano Menezes.

Durante os trabalhos específicos, o treinador alvinegro ainda testou Romero entre os titulares, assim como o meia atacante Luciano. Mano continua testando as melhores peças disponíveis no elenco para decidir qual time enfrentará o Internacional, no dia 17 deste mês.

Fora da rotina pelo menos durante a negociação, Guilherme segue esperando um acordo entre os dois clubes. Caso o mesmo seja vendido, o valor recebido pelo Timão poderá ser utilizado na contratação de Marcelo, atual atacante do Atlético-PR.

Veja Mais:

  • Zagueiro Pablo está recuperado e deve reforçar Timão no domingo

    Titular retorna, e Carille esboça escalação do Corinthians para duelo com Atlético-GO

    ver detalhes
  • Mendoza segue a rotina de treinos durante a semana e folga aos finais de semana

    Clube colombiano demonstra interesse em Mendoza; Corinthians já tem decisão tomada

    ver detalhes
  • Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    Fiel 'invade' redes sociais de Paulinho e pede volta do volante ao Corinthians

    ver detalhes
  • Felipe está em alta no Porto, mas Corinthians ainda não viu a cor de boa parte da grana da venda

    Porto atrasa pagamento da compra de Felipe, e Corinthians teme calote milionário

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes