Com pessimismo, Timão estabelece prazo para fechar ou não com Marcelo

Com pessimismo, Timão estabelece prazo para fechar ou não com Marcelo

Por Larissa Emanuelle

Marcelo pode estar mais distante do Timão

Marcelo pode estar mais distante do Timão

Tentando trazer o último reforço para fechar o elenco de vez e colocá-lo nas mãos de Mano Menezes, o Corinthians demonstra mais pessimismo com o desfecho da negociação com o Atlético-PR. O clube ainda não conseguiu definir a vinda ou não do atacante Marcelo.

A novela foi gerada graças à um entrave na forma de pagamento, já que os salários e outras pendências já estariam acertadas. A esperança alvinegra estava baseada na venda de Guilherme e Ramon, mas até o momento, não pôde utilizar o dinheiro para fechar o negócio para ter o atacante. O Timão mantém a expectativa agora com a ajuda de investidores.

O clube paranaense 'bateu o pé' e não diminui o valor pedido pelo jogador, que seriam 5 milhões de euros. Assim como não aceita a ideia de pagamento do Corinthians, que seria de forma parcelada. Com isso, a negociação acaba esfriando.

Mesmo com o pessimismo claro, o clube alvinegro já definiu um prazo para trazer ou não o atacante: a próxima segunda-feira. Marcelo seria o quinto reforço alvinegro, mas para isso, o clube precisa fechar de vez o acordo o mais rápido possível.

Veja Mais:

  • Carille viu seu time tropeçar de novo no segundo turno do Campeonato Brasileiro

    Chances de título do Corinthians seguem caindo; matemáticos colocam arquirrival de vez na briga

    ver detalhes
  • Fotos marcantes da Arena Corinthians com Bruno Teixeira

    SAUDAÇÕES CORINTHIANAS: Fotos marcantes da Arena Corinthians com Bruno Teixeira

    ver detalhes
  • Livro dá chance para torcedores participarem de aula de fotografia na Arena Corinthians

    Workshop de fotografia na Arena é uma das recompensas para quem apoiar o livro do estádio

    ver detalhes
  • Cássio foi mais uma vez chamado por Tite

    Cássio é convocado por Tite e desfalca Corinthians em até três jogos no Brasileirão

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes