Após nova derrota, aproveitamento do Palmeiras é de time rebaixado

Após nova derrota, aproveitamento do Palmeiras é de time rebaixado

Por Meu Timão

Corinthians venceu o Palmeiras por 2x0

Corinthians venceu o Palmeiras por 2x0

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

[[BANNER]]

Pode não parecer, mas o Corinthians acabou empurrando o Palmeiras para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, não aquele Z4 que define os últimos quatro da tabela, mas sim no percentual de aproveitamento de pontos conquistados.

Com 7 derrotas em 12 jogos, o atual aproveitamento do maior rival do Timão é de 36% dos pontos que o time disputou. Se comparar o aproveitamento dos três últimos Campeonatos Brasileiros, tanto em 2011 quanto em 2012 o 17º colocado (primeiro dos times rebaixados) terminou a competição com os mesmos 36% de pontos conquistados. Já em 2013, ao final do campeonato, o primeiro rebaixado (Fluminense, que depois subiu no tapetão), terminou a competição com 40% de aproveitamento.

Do lado de cima da tabela, também dá pra projetar a situação do Corinthians. Hoje o Timão tem 64% dos pontos conquistados, o que daria o título no final da competição em 2011 e o vice-campeonato de 2012 e 2013.

Confira a tabela abaixo com o Z4 dos últimos anos após o final das 38 rodadas:

Palmeiras com aproveitamento de rebaixado

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Craque do futsal do Corinthians, Leandro Lino deve jogar pelo Sorocaba em 2017

    Quatro campeões do Corinthians recebem proposta do Sorocaba e devem 'virar casaca' em 2017

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes