Após nova derrota, aproveitamento do Palmeiras é de time rebaixado

Após nova derrota, aproveitamento do Palmeiras é de time rebaixado

Por Meu Timão

Corinthians venceu o Palmeiras por 2x0

Corinthians venceu o Palmeiras por 2x0

Foto: Daniel Augusto/ Agência Corinthians

[[BANNER]]

Pode não parecer, mas o Corinthians acabou empurrando o Palmeiras para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, não aquele Z4 que define os últimos quatro da tabela, mas sim no percentual de aproveitamento de pontos conquistados.

Com 7 derrotas em 12 jogos, o atual aproveitamento do maior rival do Timão é de 36% dos pontos que o time disputou. Se comparar o aproveitamento dos três últimos Campeonatos Brasileiros, tanto em 2011 quanto em 2012 o 17º colocado (primeiro dos times rebaixados) terminou a competição com os mesmos 36% de pontos conquistados. Já em 2013, ao final do campeonato, o primeiro rebaixado (Fluminense, que depois subiu no tapetão), terminou a competição com 40% de aproveitamento.

Do lado de cima da tabela, também dá pra projetar a situação do Corinthians. Hoje o Timão tem 64% dos pontos conquistados, o que daria o título no final da competição em 2011 e o vice-campeonato de 2012 e 2013.

Confira a tabela abaixo com o Z4 dos últimos anos após o final das 38 rodadas:

Palmeiras com aproveitamento de rebaixado

Veja Mais:

  • Romero foi bastante participativo no primeiro tempo, mas 'sumiu' na etapa final

    Sem criar chance de gol, Corinthians cai na pilha do Racing e é eliminado da Sul-Americana

    ver detalhes
  • Rodriguinho foi expulso após dar solada no atleta adversário

    Fiel não perdoa, e Rodriguinho beira nota zero em eliminação do Corinthians na Argentina

    ver detalhes
  • Rodriguinho deixou El Cilindro sem conversar com a imprensa

    Rodriguinho pede desculpas ao elenco por expulsão, mas opta pelo silêncio na zona mista

    ver detalhes
  • Adauto falou com a imprensa na saída do estádio El Cilindro

    Diretor do Corinthians detona arbitragem na Argentina: 'Verdadeiros artistas'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes