Após boa participação no clássico, Renato Augusto quer aumentar a dor de cabeça de Mano

Após boa participação no clássico, Renato Augusto quer aumentar a dor de cabeça de Mano

Por Larissa Emanuelle

Renato participou bem do jogo

Renato participou bem do jogo

Foto: Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians

Substituindo o meia Jadson, que estava suspenso por receber o terceiro cartão amarelo, o meia Renato Augusto acredita que teve boa atuação na vitória do Timão por 2 à 0. Agora, adquirindo mais ritmo de jogo, o meia quer seguir aumentando a dor de cabeça de Mano Menezes.

"Achei que fui muito bem. Há muito tempo eu não tinha uma partida inteira para jogar. O importante é que me senti bem, participei do jogo. O Mano sabe, agora, que vou estar bem sempre que ele precisar".

Em entrevista coletiva após o fim da partida, o técnico Mano Menezes fez questão de exaltar a participação de Renato Augusto no jogo e afirmou que ganhou mais um titular.

"Ganhamos mais um titular, recuperamos mais um titular no Renato, e isso também é o trabalho do técnico no grupo. Você não pode ganhar o campeonato com poucos titulares. Se for uma dor de cabeça, é uma dor de cabeça que eu quero ter".

Cheio de boas opções, o comandante alvinegro escolherá a equipe que atuará diante do Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira.

Veja Mais:

  • Carille não confirmou a equipe titular que enfrenta o São Paulo

    Rodriguinho não treina e Balbuena volta: veja provável escalação do Corinthians para o Majestoso

    ver detalhes
  • Recuperado de lesão, Balbuena foi relacionado para o Majestoso

    Com retornos confirmados, Corinthians relaciona 21 jogadores para Majestoso

    ver detalhes
  • Gabriel não escondeu seu lado corinthiano em entrevista

    Gabriel diz torcer pelo Corinthians desde criança e explica sensação de ter jogado pelo Palmeiras

    ver detalhes
  • Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    Marquinhos abre o coração, comemora volta à Arena e dá palpite sobre Majestoso

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes