Mano elogia Petros, mas avisa: 'Não adianta chorar'

Mano elogia Petros, mas avisa: 'Não adianta chorar'

Por Larissa Emanuelle

Mano Menezes quer mais uma vitória do Timão na Arena e afirma que não adianta chorar por Petros

Mano Menezes quer mais uma vitória do Timão na Arena e afirma que não adianta chorar por Petros

Reconhecendo a chance do meia Petros ser punido pelo STJD, o técnico Mano Menezes elogiou o jogador, mas acredita que outros atletas podem assumir a vaga do mesmo na equipe titular. Para o jogo conta o Bahia, no entanto, o camisa 40 deve estar presente.

"O Petros é fundamental quando está. Se não estiver, deixará de ser, e outro jogador vai desempenhar a função, fazendo com que a equipe produza dentro de campo. Futebol é assim. A presença dele nos fez crescer muito, o time só perdeu uma vez com ele em campo. Isso mostra a importância dele. Temos de solucionar o problema, não adianta chorar. Não vamos procurar solução para algo que ainda não temos".

O comandante alvinegro falou com naturalidade quando perguntando sobre a possível punição ao mesmo. O professor ainda brincou com o papel do jogador em campo, fazendo uma relação com os árbitros.

"A combatividade será mantida. Mas aos jogadores do time adversário. Com o árbitro a gente tem de dar uma moderada. Não podemos misturar as coisas", falou sorrindo.

Mano chegou à testar Renato Augusto no lugar de Petros, mas outro que pode disputar a vaga é Lodeiro, que ainda não estreou pelo clube. O Timão entra em campo neste sábado, contra o Bahia, às 21h.

Veja Mais:

  • Filha dá resposta sensacional ao pai palmeirense: 'Vai, Corinthians'

    Pai força garotinha a cantar música do Palmeiras, e ela surpreende com um 'Vai, Corinthians!'

    ver detalhes
  • Gaviões da Fiel se unirá as outras torcidas organizadas paulitas neste domingo

    Organizadas rivais de São Paulo se unem em evento no Pacaembu em homenagem à Chape

    ver detalhes
  • Arana pode se transferir para a Inter de Milão nos próximos dias

    Com oferta na mão, Corinthians espera retorno de presidente para definir venda de Arana

    ver detalhes
  • Corinthians optou por não utilizar redes sociais em respeito ao momento

    Corinthians suspende redes sociais em dia de velório coletivo da Chapecoense

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes