Timão receberá proposta européia por Cleber

Timão receberá proposta européia por Cleber

Por Meu Timão

Cleber pode deixar o Timão

Cleber pode deixar o Timão

O Corinthians foi avisado que uma proposta do futebol alemão pelo zagueiro Cleber chegará ao clube. O time europeu, ainda em sigilo, conversou com empresários e demonstraram enorme interesse pelo atleta. A janela europeia, para saída de jogadores, fecha apenas em 31 de agosto. As informações são do globoesporte.com.

Como o zagueiro não é do clube - o Timão não é dono de nenhuma parte dos direitos econômicos - não há como oferecer resistência. 80% dos direitos são do empresário Fernando Garcia, 10% de Beto Rappa e outros 10% do próprio jogador.

Titular absoluto de Mano Menezes, Cleber deverá, caso saia, abrir vaga para Anderson Martins, recém-contratado do Timão. O jogador, que se destacou pela boa atuação na Ponte Preta, durante o Paulistão de 2013, chegou ao time de forma após extensa negociação.

Desde a saída de Chicão, o zagueiro é titular na zaga ao lado de Gil. Com apenas 23 anos, o jogador chegou com destaque no time e chegou a marcar o gol de estreia. Por isso, Cleber conquistou a simpatia da torcida e tem o respaldo de Mano. Além disso, uma possível saída do jogador poderia prejudicar o Corinthians no Campeonato Brasileiro onde o time ainda tem tido atuação regular.

Veja Mais:

  • Corinthians volta a jogar nesta segunda pela Liga Nacional

    Corinthians encara 'reforçado' Sorocaba na primeira final da Liga Nacional

    ver detalhes
  • Craque do futsal do Corinthians, Leandro Lino deve jogar pelo Sorocaba em 2017

    Quatro campeões do Corinthians recebem proposta do Sorocaba e devem 'virar casaca' em 2017

    ver detalhes
  • Pelada registrada no Amapá, onde Caio presenciou o tradicional 'futilama'

    Do Amapá à Antártida: torcedor do Corinthians, fotógrafo percorre o mundo em busca de peladas

    ver detalhes
  • Cerca de 200 integrantes de organizadas foram ao Pacaembu neste domingo

    Ato de organizadas tem gritos de 'Vamo Chape' e pedido por liberdade nos estádios

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes