Internacional desiste de contratar Nilmar, diz rádio

Internacional desiste de contratar Nilmar, diz rádio

Por Larissa Emanuelle

74 mil visualizações 190 comentários Comunicar erro

Nilmar estava jogando no Qatar

Nilmar estava jogando no Qatar

Durante a programação da Rádio Globo, o apresentador e narrador Oscar Ulisses repassou a informação do repórter Raphael Prates de que o Internacional não está mais interessado em contratar o atacante Nilmar.

Em busca de um novo clube após a rescisão de contrato com o clube do Catar, o atacante está na mira do Timão e o clube enxergava o time do Rio Grande do Sul como possível concorrente na negociação. Caso realmente o Internacional tenha desistido de contar com o atleta, o Corinthians deve ter caminho livre para negociar, sem temer o 'leilão'.

Os dirigentes alvinegros acreditam que trazer Nilmar de volta pode ser uma boa opção, já que o técnico Mano Menezes insiste na contratação de mais um jogador ofensivo, tendo em vista que o ataque atual é composto por estrangeiros, que podem desfalcar a equipe à qualquer momento.

O Timão já sondou a situação do jogador e está aguardando o empresário do atacante para iniciar de vez a negociação. Confira a informação repassada por Oscar Ulisses, da Rádio Globo:

Veja Mais:

  • Pedrinho comemora gol da classificação corinthiana à decisão da Copa do Brasil, diante do Flamengo

    Corinthians deve receber oferta de europeu por Pedrinho, diz agente

    ver detalhes
  • 'Quase herói' contra Cruzeiro, Pedrinho pode ganhar chance como titular diante do Vitória

    Corinthians se reapresenta com reservas e pode ter três mudanças para jogo contra Vitória

    ver detalhes
  • Will Dantas (à dir.) ao lado de Pedrinho, jogador do Corinthians

    Agente volta atrás e nega divergência com Corinthians sobre Pedrinho

    ver detalhes
  • Corinthians terá nove 'finais' no Brasileiro para terminar temporada de forma digna

    Análise: Corinthians demonstra limitações e é vice na Copa do Brasil; equipe liga sinal de alerta

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes