Gobbi descarta volta de Nilmar devido ao 'salário astronômico'

Gobbi descarta volta de Nilmar devido ao 'salário astronômico'

Por Meu Timão

Gobbi sobre Nilmar: distante do Timão

Gobbi sobre Nilmar: distante do Timão

Ex-corintiano, Nilmar estava sendo falado como o novo reforço para o Parque São Jorge - mas pelas palavras do próprio presidente do Timão, a ideia é remota. Mário Gobbi concedeu uma entrevista à rádio neste domingo que desanimou até os mais otimistas.

Segundo o Gobbi, o grande entrave para o Nilmar voltar ao clube é financeiro. O jogador recebe um salário "astronômico", e a menos que aceite diminuir a pedida - pelas palavras do próprio presidente, "não terá espaço no futebol brasileiro".

Apesar da declaração, o dirigente elogiou o atacante e afirmou que ele não precisa se provar. Mas afirmou que a questão o impediu de iniciar as conversas dessa vez, embora reconheceu ter procurado o jogador em seu primeiro ano como presidente do clube.

Sobre o prejuízo que envolveu Nilmar e a MSI, de quase R$25 milhões, Gobbi afirmou que não culpa o jogador. A gestão desorganizada do Corinthians à época é a responsável pelo problema, garante Gobbi "Tinhamos que pagar oito milhões de euros para o Villarreal para trazê-lo. O Corinthians perdeu dinheiro, e muito, mas por culpa do Corinthians".

Veja Mais:

  • Carille ganhou desfalque de última hora para compromisso frente ao Linense: Maycon

    Cheio de desfalques, Carille faz mistério antes de duelo contra Linense; veja quem pode entrar

    ver detalhes
  • Tite aplaudido pela torcida na Arena Corinthians

    Seleção dá show na Arena Corinthians e fica perto de vaga para a Copa do Mundo

    ver detalhes
  • Seleção realizou o último treino nesta segunda-feira na Arena Corinthians

    Arena Corinthians será palco da segunda maior renda da história do futebol brasileiro; confira

    ver detalhes
  • Arana foi relacionado para duelo na Arena, mas deve iniciar no banco

    Carille leva Arana para jogo diante do Linense; confira lista de relacionados

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes